Açorianos de Música 2012 será realizado na próxima terça-feira

Está chegando a hora. A cerimônia de entrega do Prêmio Açorianos de Música 2012, a maior premiação da música do Rio Grande do Sul, será realizada no dia 25 de junho, a partir das 20h30min, no Auditório Araújo Vianna, com entrada franca. A realização é da Coordenação de Música da Secretaria de Cultura 25 Anos.

O prêmio mapeia a produção fonográfica gaúcha referente ao ano de 2012.

Neste ano, foram inscritos 177 trabalhos em 10 categorias distribuídas em cinco gêneros musicais (Pop, MPB, Regional, Instrumental e Erudito), o maior número de inscrições dos últimos cinco anos.

Na edição deste ano, foram indicados como homenageados do Prêmio Açorianos de Música Telmo de Lima Freitas e Adelar Bertussi, pelos serviços prestados à comunidade musical gaúcha nestes 80 anos de vida.

Já as menções especiais serão dadas aos seguintes indicados:

– MUTUCA WEYRAUCH, pelos 45 anos de atuação no meio musical gaúcho, tanto nos palcos como nos meios de comunicação;

– OPINIÃO 30 ANOS, pela abertura de espaço às manifestações musicais locais, nacionais e internacionais ao longo deste período;

– ORQUESTRA VILLA-LOBOS, pelo trabalho realizado há 20 anos com crianças e jovens na Vila Mapa, promovendo a inclusão social através da música;

– PROJETO TAMBURILANDO CANÇÕES, de Felipe Azevedo, pelo trabalho de pesquisa realizado pelo músico e pelo seu caráter didático (A escolha desta menção especial foi feita pelo júri de MPB do Prêmio Açorianos em conjunto com a Coordenação de Música).

Para julgar os trabalhos inscritos, formou-se um júri composto por profissionais da imprensa, músicos e formadores de opinião distribuídos num primeiro momento em categorias temáticas para depois fazer a seleção final dos classificados e escolhidos.

Indicados:

HOMENAGEADOS DO ANO
– Adelar Bertussi – pelo conjunto da obra
– Telmo de Lima Freitas – pelo conjunto da obra

MENÇÕES ESPECIAIS
– Mutuca Weyrauch – 45 anos de carreira
– Opinião – 30 anos de atividade
– Orquestra Villa-Lobos – Projeto Social Musical
– Projeto Tamburilando Canções de Felipe Azevedo (A escolha desta menção especial foi feita pelo júri de MPB do Prêmio Açorianos em conjunto com a Coordenação de Música)

CATEGORIA DVD DO ANO
– “Cidade Baixa Ao Vivo” de Fausto Prado & Caetano Silveira
– “O Tropeiro Da Música Gaúcha” de Adelar Bertussi
– “Par Ou Ímpar Ao Vivo” de Kleiton & Kledir e Grupo Tholl     
– “Renato Borghetti Quarteto Europa” de Renato Borghetti Quarteto
– “São Chico” de Quiça, Se Fosse        

CATEGORIA ESPETÁCULO DO ANO
– “30 Anos de MPG” de Show Música Popular Gaúcha
– “Dido e Enéias” de Projeto Ópera na UFRGS
– “Memórias – Uma Homenagem a Carlinhos Hartlieb” de Marcelo Delacroix, Vivian Schäfer, Mateus Mapa, Nicola Spolidoro, Beto Chedid, Luciano Albo e Duda Guedes    
– “Redondas” de Alex Alano
– “Xaxados e Perdidos” de Simone Rasslan

CATEGORIA DISCO INFANTIL
– Musicalização de Escola de Música Tio Zequinha         
– “Par Ou Ímpar Ao Vivo” de Kleiton & Kledir e Grupo Tholl
– “Projeto Musical Lendas do Brasil” de Projeto Musical Lendas do Brasil
– “Queremos Uma Ciclovia” de Vanessa Longoni, Ana Prada, Queyi, Luke Faro, Gustavo Ferreira, Marcelo Corsetti, Veco Marques, Matheus Kleber, Angelo Primon          
– “Série Aprendiz – Primeiro Ano” de Flávio Adonis

CATEGORIA ARRANJADOR
– Alex Alano, Marisa Rotenberg e Gelson Oliveira por “Redondas” de Alex Alano          
– Álvaro RosaCosta, Simone Rasslan e Beto Chedid por “Xaxados e Perdidos” de Simone Rasslan         
– Diego Schissi, Cristóvão Bastos, Glauco Sagebin, Mozar Terra, Jota Moraes, Dudu Penz por “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto          
– Estado das Coisas e Hique Gomez por “Estado das Coisas” de Estado das Coisas
– Paulinho Fagundes por “O Pago Em Cada Canção” de Neto Fagundes

CATEGORIA PRODUTOR MUSICAL
– Fabio Mentz por “Fabio Mentz Album”          
– Luizinho Santos por “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto           
– Marisa Rotenberg e Gelson Oliveira por “Redondas” de Alex Alano          
– Oly Jr. e Otávio Moura por “Milonga em Blue (Notas Do Delta)” de Oly Jr & Os Tocaios
– Vagner Cunha e Leo Bracht por “Além” de Vagner Cunha

CATEGORIA PROJETO GRÁFICO
– Clô Barcellos/Libretos e Claudio Levitan por It’s A Clown Music! de Bandinha Di Da Dó          
– Fabio Zimbres por “Além” de Vagner Cunha          
– Indio San por “Aión” de Marcelo Fruet & Os Cozinheiros
– Juliano Ambrosini e Elton Manganelli por “Fabio Mentz Album” de Fabio Mentz
– Queyi por “Queremos Uma Ciclovia”

CATEGORIA REVELAÇÃO DO ANO
– Ale Vanzella por “Indie Bossa”
– Elias Barboza por “Puro Sentimento” de Elias Barboza & Regional Ponto a Ponto          
– Instituto de Artes da UFRGS (IA) por “Ópera na UFRGS – Dido e Enéias”          
– Quarto Sensorial por “A+B”          
– Quiça, Se Fosse por “São Chico”

CATEGORIA DISCO:

Gênero ERUDITO

Compositor Erudito
– Vagner Cunha por “Além”

Intérprete Erudito
– Coral Porto Alegre e Orquestra por “Responsórios Fúnebres”
– Orquestra Unisinos Anchieta por “Orquestra Unisinos Anchieta”
– Quinteto Persch por “Quinteto Persch – 10 anos”

Instrumentista Erudito
– Emmanuele Baldini por “Orquestra Unisinos Anchieta” de “Orquestra Unisinos Anchieta”

Disco Erudito
– “Além” de Vagner Cunha
– “Orquestra Unisinos Anchieta” de Orquestra Unisinos Anchieta
– “Quinteto Persch – 10 anos” de Quinteto Persch
– “Responsórios Fúnebres” de Coral Porto Alegre e Orquestra

Gênero INSTRUMENTAL

Compositor Instrumental
– Edu Martins por “Edu Martins & Dave Liebman” de Edu Martins Grupo
– Elias Barboza por “Puro Sentimento” de Elias Barboza & Regional Ponto a Ponto
– Eloy Fritsch   por “Exogenesis”
– Fabio Mentz por “Fabio Mentz Album”

Intérprete Instrumental
– Dave Liebman por “Edu Martins & Dave Liebman” de Edu Martins Grupo
– Luiz Cardoso por “Referência”
– Luizinho Santos por “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto

Instrumentista Instrumental
– Elias Barboza por “Puro Sentimento” de Elias Barboza & Regional Ponto a Ponto
– João Carlos Charão por “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto
– Luiz Mauro Filho por “Edu Martins & Dave Liebman” de Edu Martins Grupo
– Luizinho Santos por “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto
– Marquinhos Fê por “Edu Martins & Dave Liebman” de Edu Martins Grupo

Disco Instrumental
– “Almanaque Popular” de Luizinho Santos Octeto
– “Edu Martins & Dave Liebman” de Edu Martins Grupo
– “Fabio Mentz Album” de Fabio Mentz
– “Puro Sentimento” de Elias Barboza & Regional Ponto a Ponto

Gênero MPB

Compositor MPB
– Alex Alano por “Redondas”
– Fernanda Krüger por “Fernanda Krüger Trio”
– João Carlos Biernat por “Registro das Coisas” de Caio Martinez, João Vicente Macedo e João Carlos Biernat
– Luis Armando Guedes por “Primogênito”
– Marcelo Fruet por “Aión” de Marcelo Fruet & Os Cozinheiros  

Intérprete MPB
– Alex Alano por “Redondas”
– Caio Martinez por “Registro das Coisas” de Caio Martinez, João Vicente Macedo e João Carlos Biernat
– Chico Saratt por “Capital”
– Fernanda Krüger por “Fernanda Krüger Trio”
– Simone Rasslan por “Xaxados e Perdidos”

Instrumentista MPB
– Edu Martins por “Versos Dobrados” de Rodrigo Panassolo
– Jefferson Marx por Redondas de Alex Alano
– João Vicente Macedo por “Registro das Coisas” de Caio Martinez, João Vicente Macedo e João Carlos Biernat
– Leonardo Boff por “Primogênito” de Luis Armando Guedes
– Mano Gomes por “Redondas” de Alex Alano

Disco MPB
– “Aión” de Marcelo Fruet & Os Cozinheiros
– “Fernanda Krüger Trio” de Fernanda Krüger Trio
– “Redondas” de Alex Alano
– “Registro das Coisas” de João Carlos Biernat, Caio Martinez e João Vicente Macedo;
– “Xaxados e Perdidos” de Simone Rasslan

Gênero POP

Compositor POP
– Branco por “O Deus do Terceiro Milênio” de Grupo R.P.3     
– JJ por “Nômade” de Banda Stereosound
– Luciano Albo por “A Ordem Natural Das Coisas”
– Tiago Ferraz por “Estado Das Coisas” de Estado Das Coisas

Intérprete POP
– Beto Bruno por “Baixo Augusta” de Cachorro Grande
– Oly Jr por “Milonga em Blue (Notas Do Delta)” de Oly Jr & Os Tocaios
– Paulo Dionísio por “O Som do Bem” de Banda Negra Face
– Rodrigo Tavares por “Ádios Esteban” de Esteban
– Tiago Ferraz por “Estado Das Coisas” de Estado Das Coisas

Instrumentista POP
– DJ Anderson por “Esse É Meu Lugar” de Rafuagi
– Eduardo Dolzan por  “Primeiro Ato (Minha Maldade)” de Identidade
– Luciano Leães por “A Ordem Natural Das Coisas” de Luciano Albo
– Mauro Bruzza por It’s A Clown Music! de Bandinha Di Da Dó
– Rafa Schuler por “Estado Das Coisas” de Estado Das Coisas

Disco POP
– “Baixo Augusta” de Cachorro Grande
– “Eles São Assim. E Assim Por Diante de Bidê ou Balde
– “Estado Das Coisas” de Estado Das Coisas
– “It’s A Clown Music! de Bandinha Di Da Dó
– “Nômade” de Banda Stereosound

Gênero REGIONAL

Compositor Regional
– Beto Barros por “Interiorano Coração”
– Gujo Teixeira por “Cordeona-me” de Gujo Teixeira e Luciano Maia
– Leonel Gomez por “Um Canto De Fronteira Ao Continente”
– Luciano Maia por “Cordeona-me” de Gujo Teixeira e Luciano Maia
– Xirú Antunes por “Terra Adentro”

Intérprete Regional
– Clary Costa por “Amiga”
– Juliano Moreno por “Fronteira Da Alma”
– Leonel Gomez por “Um Canto De Fronteira Ao Continente”
– Nair Teresinha por “Interiorana”
– Neto Fagundes por “O Pago Em Cada Canção”

Instrumentista Regional
– Clarissa Ferreira por “Fronteira Da Alma” de Juliano Moreno
– Luciano Maia por “Cordeona-me” de Gujo Teixeira e Luciano Maia
– Marcio Rosado por “Cordeona-me” de Gujo Teixeira e Luciano Maia
– Silvério Barcellos por “Terra Adentro” de Xirú Antunes
– Yamandu Costa por “Amiga” de Clary Costa

Disco Regional
– “Amiga” de Clary Costa
– “Cordeona-me” de Gujo Teixeira e Luciano Maia
– “Interiorano Coração” de Beto Barros
– “O Pago Em Cada Canção” de Neto Fagundes
– “Um Canto De Fronteira Ao Continente” de Leonel Gomez

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!