Alemão Ronaldo

Legal esta forma do Rock Gaúcho.com homenagear as pessoas importantes da cena musical do Sul do Brasil, aliás, muito legal, e fico contente em saber que o primeiro homenageado de todos é o Alemão Ronaldo.

Só o que ele fez, já vale todo nosso respeito:  Taranatiriça, Bandaliera, carreira Solo, o cara tocou em duas bandas muito boas, e em seu trabalho solo tá sempre com sons novos, shows ( pô, é um dos músicos que mais toca aqui no RS) e dvds, o cara começou em 1982, muitos dos que estão lendo isso não eram sequer nascidos, e ele lá, abrindo caminho a facão no meio da música, é um dos pioneiros do Rock aqui no RS que ainda está na ativa, ainda faz sucesso e ainda faz rock, o mais importante, não mudou o seu trabalho.

Uma vez já falei isso aqui, se morássemos na Argentina, Uruguay, Alguns países da América Latina que HONRAM seus artistas, Europa, América do Norte, enfim, países que levam a sério a arte, Alemão Ronaldo seria um clássico absoluto, respeitado e incentivado por meios de comunicação e governo, mas…. aqui no fim do mapa mundi, as coisas são um pouco diferente, Um amigo meu, Argentino, conta que seus artistas são apludidos quando vão a jogos, exposições, restaurantes, etc… pois são lembrados por sua importância na história da Música, aqui isso ainda não acontece, tive a felicidade de viajar já com Alemão Ronaldo,e conviver algumas vezes com ele, e sei que muitos tem um enorme carinho por ele, estávamos caminhando pelas ruas de Santa maria, perto da antiga estação de trem, e eu mostrando as construções e falando de que época alguns prédios e casas foram construídos (mania de estudante de história) e ao passar na frente de um destes prédios, duas pessoas gritam: – Olha lá o Alemão Ronaldo!!!!!

Desceram as escadas correndo e foram bater foto com ele, naquele fim de tarde em Sta Maria, a gente seguiu o passeio falando de shows, das épocas da Bandaliera, do taranatiriça, do Foguete Luz, dos músicos, dos lugares que rolavam shows, dos equipamentos, de tudo que era difícil  e complicadíssimo de se fazer em matéria de shows e gravações naqueles anos 80/90, de que quando alguém conseguia um instrumento importado a galera fazia procissão até a casa do felizardo pra ver uma Fender, uma Gibson, uma Rickenbacker, uma Ludwig, era um período muito difícil de importação, quando aparecia algo, era um verdadeiro evento, como eram as gravações, como era lançar em Vinil, como foi quando apareceu o cd, quando a gente voltou pro Hotel, eu fiquei pensando naquele nosso papo divertidíssimo, e me liguei, que,  mais que um passeio com um amigo muito bacana, lembrei que estava passeando com uma Lenda Viva da história da música do Rio Grande do Sul.

Compareçam aos shows do Alemão Ronaldo e Aplaudam muito, os Deuses do Rock irão ficar muito felizes e abençoarão vocês.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!