Apocalypse é destaque em coluna do site Omelete

A coluna Piolhices & afins, escrito por Rodrigo Monteiro, do site Omelete (integrante do iG), divulgou uma matéria com quatro bandas nacionais que você deveria conhecer. Uma das bandas citadas é a gaúcha Apocalypse. Confira o texto: Apocalypse O Apocalypse surgiu em 1983, em Caxias do Sul (RS), quando o tecladista Eloy Fritsch formou uma banda de rock com colegas de escola. Inspirado nos grupos Yes, Genesis, Rush, ELP e Marillion, eles fizeram a sua primeira apresentação no mesmo ano, durante um festival colegial em Caxias do Sul. Pouco depois, o baterista Chico Fasoli e o guitarrista Ruy Fritsch se juntaram ao grupo. Em 1984, o Apocalypse entrou em estúdio pela primeira vez e saiu com dois demos. Entre 1985 e 1990, a banda apenas se apresentava ao vivo, tocando nos mais importantes festivais gaúchos da década de 80 (Rock Festival, Circuito de Rock, Festpop, etc.) ao lado de nomes como Nenhum de Nós, Ira e De Falla. Em 1990, o Apocalypse entrou em estúdio para gravar seu primeiro álbum. Auto-intitulado, ele trazia 11 faixas, incluindo um cover de Lavender, do Marillion. O show de lançamento aconteceu em Caxias do Sul: a banda interrompeu o trânsito da mais movimentada avenida da cidade e tocou todo seu repertório para mais de 2 mil pessoas. Nessa época, a banda havia se transformado em um trio, com os já conhecidos Eloy Fritsch e Chico Fasoli e o novato vocalista Chico Casara. Em 1992, Ruy Fritsch retornou ao grupo consolidando a formação mais produtiva e que renderia vários álbuns e apresentações nacionais. Nessa época, a banda decidiu voltar suas forças para o mercado internacional e, para isso, passou a compor algumas músicas em inglês. Logo atraíram a atenção da gravadora francesa Musea, especializada em rock progressivo. Perto do Amanhecer, o segundo álbum, saiu em 1995 na França. No ano seguinte, iniciaram as gravações de Aurora dos Sonhos, seu terceiro disco, que tem como destaques faixas como Do Outro Lado da Vida e Vindo das Estrelas. Mais um ano se passou e o álbum de estréia ganhou um relançamento em CD, com três músicas inéditas e intitulado Lendas Encantadas. Em 1998, após se apresentar no Planeta Atlântida – o maior festival do Sul do país – a banda assinou com a gravadora paulista Atração para o lançamento de uma coletânea – The Best Of Apocalypse -, que compilou faixas de seus três CDs. Em 1999, se apresentaram no ProgDay 99, um dos maiores festivais internacionais de rock progressivo dos Estados Unidos. O show atraiu bastante atenção da mídia especializada na época e motivou o lançamento de Live In USA, com o registro dessa apresentação. Em 2003, a banda lança seu 4º álbum de estúdio, Refúgio. Apesar do sucesso do disco, Chico Casara, na época acumulando as funções de vocalista e baixista, deixa a banda. Gustavo Demarchi (vocal) e Magoo Wise (baixo) se juntam ao grupo, que decide então regravar antigas faixas e compor novas músicas em inglês. O primeiro resultado é o EP Magic – The Radio Edits. Lançado em caráter promocional para rádios, o trabalho é disponibilizado na íntegra como presente aos fãs no lançamento do site oficial da banda no final de 2004. Em setembro de 2005, o Apocalypse é convidado para fazer o show de lançamento do festival Rock Symphony For The Record, no Teatro Municipal de Niterói (RJ). A apresentação da banda é filmada e vira o DVD e CD ao vivo Live In Rio. No ano seguinte, o destaque foi a apresentação ao lado do Uriah Heep no Brazil Rock in Concert Festival. The Bridge Of Light é o título do mais recente álbum de inéditas. Este é o décimo trabalho da carreira e o primeiro lançamento por sua nova gravadora, Free Mind Records. O álbum é dividido em dois atos distintos: Act I com as faixas The Dance of Dawn, Next Revelation, Last Paradise, Dreamer, Meet Me e Ocean Soul; e Act II que traz a suíte conceitual The Bridge Of Light dividida em sete partes e que narra a história de um dia na vida de um garoto órfão chamado Jimmy e de seu fiel amigo Z14 – ambos procuram por respostas existenciais num velho parque abandonado. The Bridge Of Light está sendo distribuído em toda Europa e Ásia pela Musea Records. Para os apreciadores de um rock progressivo bem feito, o Apocalypse é uma banda que merece ser conhecida. Discografia: Apocalypse (1991); Perto do Amanhecer (1995); Aurora dos Sonhos (1996); Lendas Encantadas (1997); Best Of (1998); Live in USA (2000); Refúgio (2003); Live in Rio (2006); Bridge of Light (2008) Leia o restante da matéria clicando aqui.

Sobre Rock Gaúcho 13796 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!