Armandinho, Chimarruts e Natiruts: Ingressos no segundo lote

Porto Alegre é a capital brasileira do reggae, isso todo mundo já sabe. O que ninguém imaginava era que a cidade iria reunir, em uma única noite, três dos maiores expoentes do gênero. Os ingressos para os shows de Natiruts, Armandinho e Chimarruts, marcados para o dia 12 de julho no Pepsi on Stage, acabaram de ir para o segundo lote. As entradas, que continuam à venda nas lojas Multisom e pelo site www.opiniaoingressos.com.br, custam agora R$ 110 (pista premium), R$ 95 (mezanino) e R$ 70 (pista). Sucesso inegável de público por onde passam, todas as bandas vão mostrar ao vivo o que têm de melhor em suas carreiras. O público, pelo que os números indicam, deve comparecer em peso.

NATIRUTS

Você coloca o “Acústico no Rio de Janeiro” para rodar e parece mentira. A câmera abre com uma tomada aérea da cidade mais bonita do mundo. Você flutua pela Baía de Guanabara e quando menos espera pousa no Mirante Dona Marta, onde os músicos estão posicionados, ao ar livre, para o segundo DVD e oitavo CD da banda em 16 anos de carreira.

Não dá para ser mais apropriado. Não dá para ser mais bonito. Quer dizer… Dá. Quando começa a música, tudo faz (ainda mais) sentido. O trabalho é uma carta de amor à cidade. Mais que isso, uma celebração de amor à música. Arranjos meticulosamente tratados embalam todos os hits e as canções novas do trabalho, que são três: “Supernova”, “Já Chorei Demais” e “Dentro da Música II”, que abre a apresentação.

Além delas, “Meu Reggae é Roots” tem o apoio gostoso de Mônica Agena na segunda voz, enquanto que em “Andei Só” o sertão encontra o mar no acordeão e na cadência do reggae. A mistura se faz presente mais vezes durante a apresentação – em “Pedras Escondidas” e “Você me Encantou Demais”. Mas o acústico pisa no acelerador ska em “Au de Cabeça”, enquanto que o piano conduz a balada praieira “Vento, Sol, Coração”.

A noite começa a cair no Rio de Janeiro, o céu começa a ficar rosa na linha do horizonte e “Quero Ser Feliz” embala com um reggae de levada contagiante. Além delas, o maior hit do grupo também ganhou um arranjo acústico, “Liberdade Pra Dentro da Cabeça”. Já reta final do “Acústico” reserva uma nova: “Natiruts Reggae Power” e “Esperar o Sol” em ritmo e poesia. Fim de noite, fim de show, mas a beleza ainda permanece no ar. Como sempre que aparece, deixa um perfume de quero mais.

ARMANDINHO

Armando Antônio Silveira da Silveira ou Armandinho, nascido em Porto Alegre, é um cantor popular que fez do reggae o seu ponto de partida para alcançar outros gêneros e públicos. Em 2002, lançou o seu primeiro CD, “Armandinho”, e atingiu o topo das paradas com as músicas “Folha de Bananeira”, “Balanço da Rede”, “Rosa Norte” e “Outra Noite que se Vai”. O álbum ganhou o disco de ouro pelas vendas superiores a 100 mil cópias.

No inicio de 2003, Armandinho participou pela primeira vez do Planeta Atlântida e, diante de 30 mil pessoas, fez um dos melhores shows do festival, o que se repetira muitas outras vezes. No ano de 2004, lançou “Casinha”, que trouxe o grande hit “Desenho de Deus”. Naquele ano, também fizeram sucesso músicas como “Pescador” e “Toca Uma Regueira Aí”.

Em 2006, saiu “Armandinho Ao Vivo”. O disco teve a versão ao vivo da música “Desenho de Deus”, que acabou sendo a mais executada do ano, no Rio Grande do Sul. No ano de 2008, Armandinho lançou “Semente”, que trazia a música de mesmo nome e que se tornou um hit instantâneo. No final do ano, Armandinho viajou a Buenos Aires para uma apresentação no clássico teatro portenho Grand Rex, que teve todos os seus ingressos vendidos.

Armandinho lançou, no final de 2009, “Vol. 5”, o primeiro disco da sua nova fase. O CD saiu com o sucesso “Amor de Primavera”, que foi largamente executada pelas rádios do Rio Grande do Sul. O ano de 2014, por outro lado, está sendo marcado por muitos shows e, especialmente, pelo mais novo CD de músicas inéditas do cantor, que se chama “Sol Loiro”.

CHIMARRUTS

É como um recomeço, cheio de novas possibilidades. Depois de rodar o país nos últimos três anos por conta do sucesso revelador do álbum “Ao Vivo”, a banda gaúcha Chimarruts lança agora “Só pra Brilhar”, quinto álbum em dez anos de carreira. Mais experiente, a Chima, como os fãs a chamam, ampliou seus horizontes, abraçou outras vertentes musicais e convocou o experiente produtor Paul Ralphes para temperar o novo trabalho com um acentuado refinamento pop. O resultado é um dos melhores discos de reggae lançados no Brasil nos últimos tempos.

“Roots dance”, o irresistível dancehall que abre o disco, já dá sinais de que outros elementos passaram a encorpar as melodias ganchudas da banda. “Dá para notar que o clima está mais urbano, menos praieiro”, compara Tati Portela, uma das oito cabeças do grupo. E era para ser assim mesmo. “O que não muda fica sempre igual. mudança é a nossa filosofia. Não temos medo de experimentar musicalmente. Isso está bem explicito no disco”, complementa Rafa Machado, que divide os vocais com Tati.

A evolução da banda é clara em músicas como “Novo começo”, de produção rica e ao mesmo tempo econômica, bom exemplo da parceria dos gaúchos com Ralphes, que tem mão boa tanto para o reggae como para o pop. Mais seguro, o grupo se sentiu livre para experimentar timbres e instrumentos no estúdio, onde as músicas foram gravadas nos intervalos das muitas turnês da banda.

A Chimarruts é formada por Rafa Machado (vocal), Tati Portela (vocal), Nê (vocal, flauta saxofone e harmônica), Diego Dutra (bateria), Vinícius Marques (percussão), Emerson Alemão (baixo), Sander Fróis (guitarra), Rodrigo Maciel (guitarra). Participam da banda, como convidados, Tuzinho (trompete), Boquinha (trombone) e Luquinha (teclados).  Gaúcha de Porto Alegre, a Chima foi criada em 2000, em ensaios ao ar livre nas praças da cidade.

NATIRUTS, ARMANDINHO E CHIMARRUTS
Onde: Pepsi on Stage (Avenida Severo Dulius, 1995)
Quando: 12 de julho, sábado, a partir das 22h
Classificação: 14 anos

Ingressos:
Pista Premium – 1º lote: R$ 90 [ESGOTADO]
Pista Premium – 2º lote: R$ 110
Pista Premium – 3º lote: R$ 120
Pista – 1º lote: R$ 60 [ESGOTADO]
Pista – 2º lote: R$ 70
Pista – 3º lote: R$ 80
Pista – 4º lote: R$ 90
Mezanino – 1º lote: R$ 80 [ESGOTADO]
Mezanino – 2º lote: R$ 95
 
Pontos de venda:
Lojas Multisom: Shoppings Iguatemi, Praia de Belas, Moinhos, Total, BarraShopping Sul, Bourbon Ipiranga, Andradas 1001, Canoas Shopping, Bourbon São Leopoldo, Bourbon Novo Hamburgo e Bourbon Wallig.
Online: www.opiniaoingressos.com.br

Informações:
www.pepsionstage.com.br
www.twitter.com/pepsionstage
(51) 3211-2838

Realização: Opinião Produtora e TW Carangacci

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!