As novidades e os lançamentos que bandas e artistas gaúchos prometem para este ano

O Segundo Caderno, do jornal Zero Hora,  garimpou as novidades e os lançamentos que bandas e artistas gaúchos prometem para 2014:

Cachorro Grande

Depois de 15 anos bebendo do rock feito entre os anos 1960 e 1970, a Cachorro Grande promete pegar todo mundo de calça na mão em 2014. É o que garante o vocalista Beto Bruno:

– Na última turnê, demos a primeira olhada para trás e revivemos toda a nossa carreira. Mas foi também uma despedida daquela sonoridade, agora é hora de olhar para frente.

As gravações do sucessor de Baixo Augusta (2012) começam no dia 15 de janeiro, em São Paulo. A produção está a cargo de Edu K, o que por si só é um indicativo do quanto o som da Cachorro Grande irá mudar. O próprio Beto diz que nunca na história da banda um produtor teve tanta liberdade para mexer em um disco do grupo. O vocalista adianta que a ideia é trabalhar com um máximo de 10 faixas para entregar o novo trabalho logo após o Carnaval e sair em turnê.

– As músicas estão muito doidas, isso eu posso dizer. Queremos abrir o disco com uma faixa de 10 minutos, por exemplo. Tem blues meio baião e coisas eletrônicas que o Edu trouxe – conta Beto.

Fresno

Depois de um ano rodando o Brasil na turnê de divulgação de Infinito (2012), a banda – que completa 15 anos em 2014 – está reunida gravando um EP. Intitulado Eu Sou a Maré Viva, o novo trabalho está sendo poduzido no estúdio montado em um sítio em Igaratá, no interior de São Paulo, e terá cinco músicas. O disquinho, ainda sem previsão de lançamento, será o primeiro com a nova formação do grupo, atualmente composto por Lucas Silveira (guitarra e vocais), Gustavo Mantovani (guitarra), Mario Camelo (teclados) e Thiago Guerra (bateria).

De Falla

Depois de voltar com sua formação original em 2011 e provar que ainda tem muita lenha para queimar, o De Falla prepara um novo disco de inéditas. Inicialmente prevista para novembro, a bolacha que reúne composições inéditas de Castor, Flu, Edu K e Biba Meira ficou para o primeiro semestre deste ano. O álbum será um sucessor conceitual dos dois primeiros trabalhos da banda, lançados em 1987 e 1988.

– Tem umas coisas meio grunge no disco. E tem muito progressivo, que a gente adora e fez pouco. O processo é este: a gente lança a pedra fundamental e aí vai enchendo de coisas – explica Edu K.

Ian Ramil

Integrante da nova geração de cantautores gaúchos, Ian Ramil estreia pra valer em 2014. Depois de um aquece em 2013, quando testou em shows ao vivo algumas de suas composições, o rapaz prepara o lançamento do primeiro álbum, gravado no ano passado em Buenos Aires. Com produção de Matias Cella (que já trabalhou com Vitor Ramil, Jorge e Daniel Drexler) e participações de Marcos Suzano, Alexandre Kassin, Felipe Zancanaro, Luciano Mello e Kleiton Ramil, o disco terá 13 faixas com pegada folk-moderninha. Mas surpresas não podem ser descartadas.

– A gente sempre trabalhou muito intuitivamente, fosse na criação dos arranjos ou na mixagem – explica Ian.

No site oficial do artista (www.ianramil.com), é possível ouvir e baixar duas composições que estarão no disco.

Os Replicantes

O sucessor de Rock Star (2010), último disco de estúdio da banda, deve sair parcialmente no primeiro semestre, com o lançamento de um EP contendo quatro músicas inéditas. Em paralelo, Júlia Barth, Cláudio Heinz, Heron Heinz e Cléber Andrade seguem comemorando os 30 anos dos Replicantes: além de uma turnê nacional, o quarteto deve soltar até o final do ano um DVD com o registro do show de aniversário, realizado em dezembro de 2013.

Arthur de Faria

Acompanhado do Seu Conjunto, Arthur de Faria prepara repertório para o disco (provisória, mas deliciosamente) intitulado Música pra Bater de Carro. Segundo Faria, a escolha das canções segue o ritual de sempre: experimentam em torno de 25 músicas para chegar ao cabalístico número 13.

Além disso, o grupo está atrás de dinheiro para fazer um road movie – com ares de mockumentary – que narraria a busca pelo último ritmo inédito do planeta.

– Roteiro (maluco e divertido) do Daniel Dode, roteirista da BBC, direção do Renê Goya. Com um elenco da pesada (o André Abujamra, por exemplo, vai fazer o papel do nosso empresário) – explica Faria.

Walverdes

Depois de um 2013 dedicado exclusivamente a atividades paternas, o agora quarteto prepara o lançamento de seu sétimo disco de estúdio. O sucessor de Breakdance (2010) deve ser lançado ao longo de 2014, no formato de singles e vídeos gratuitos. Com produção de Julio Porto – incorporado à banda ao lado de Gustavo Mini, Marcos Rubenich e Patrick Magalhães –, o trabalho ainda não tem nome. Mas, segundo Mini, tem orientação artística bem definida:

– Rock bem rock.

Ana Lonardi

Cantora que se destacou na noite de Porto Alegre e impressionou os jurados no programa The Voice Brasil, Ana Lonardi estreia em disco em 2014. A previsão é para o primeiro semestre, com turnê pelo Rio Grande do Sul e restante do Brasil. Com composições de Ana e algumas parcerias, o trabalho deverá ser focado em jazz e samba, mas aberto a outras sonoridades.

– O disco será eclético, mas respeitando o contraste entre a leveza, a sensualidade e o poder que me caracterizam artística e vocalmente e também as minhas influências mais fortes – define Ana.

Identidade

A banda, que segue bebendo do rock dos anos 60 e 70, está em estúdio gravando Segundo Ato, continuação do seu quarto CD, Primeiro Ato – Minha Maldade, lançado no final de 2012. Os dois primeiros singles de Segundo… estão previstos para sair logo mais em março. O disco completo não deve passar do primeiro semestre.

Wannabe Jalva

Depois de abrirem para o Pearl Jam em 2011, rodarem o país em mais de 70 shows em 2012 e fazerem bonito no Lollapalooza em 2013, a banda indie porto-alegrense está finalizando seu primeiro disco. Produzido pelo próprio grupo, o álbum, ainda sem data ou formato definidos, terá a princípio 12 faixas, incluindo o single The Way.

Armandinho

O regueiro lança ainda em janeiro seu novo álbum, Sol Loiro, com edição em CD e vinil no Brasil, no Uruguai, na Argentina e em Portugal. Com uma proposta menos festiva, o trabalho mostra um Armandinho querendo diversificar seu repertório. Ainda no primeiro semestre, ele deve gravar um CD e um DVD acústico em sua casa na Praia Brava, em Itajaí (SC), com sucessos da carreira.

Papas da Língua

A banda pretende celebrar seus 20 anos de carreira gravando um CD e DVD ao vivo, com previsão de lançamento para abril. O projeto já foi aprovado via LIC (Lei de Incentivo à Cultura) e está em fase de captação de recursos. Com o projeto concretizado, a trupe do vocalista Serginho Moah planeja uma turnê pelo Brasil e Portugal.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!