Beto Bruno lança primeiro disco solo em show no Opinião

Beto Bruno / Fernanda Chemale

O carismático e intenso Beto Bruno, vocalista que por mais de duas décadas esteve à frente da Cachorro Grande, irá trazer ao Opinião, no dia 6 de dezembro, a turnê do seu primeiro disco solo. O cantor, que há pouco fez os últimos shows com o seu ex-grupo e soltou o álbum “Depois do Fim”, estará em Porto Alegre apresentando o seu novo repertório, que muito bem mistura influências do rock’n’roll clássico, do indie e do movimento psicodélico Madchester. Além do single “Depois do Fim” e de outras faixas inéditas, como “A Mais Linda do Verão”, “Marlon Brando, Beatles e Pelé”, “Não é Todo Mundo que Tá de Boa Contigo” e “Porco Garrafa”, o cantor também vai aproveitar o seu retorno à capital gaúcha para gravar o primeiro DVD da sua carreira, com mais algumas surpresas programadas para um show verdadeiramente especial. Na sua empreitada individual, tanto em estúdio como no palco, Beto Bruno está tendo a companhia de músicos muito gabaritados no cenário rock nacional, como Gustavo X (guitarra), Esteban Tavares (baixo), Pedro Pelotas (piano), Henry Cabreira (guitarra), Sebastião Reis (violão e mandolin) e Eduardo Schuler (bateria).

BETO BRUNO (POR LUIZ CESAR PIMENTEL)

O vocalista Beto Bruno poderia seguir o caminho simples de tocar a vida com o nome Cachorro Grande, banda que liderou durante 20 anos, e lançar mais um álbum com o grupo. Mas aceitou o risco de cunhar o seu nome próprio como assinatura de um novo trabalho e colocá-lo à prova do público. Algo (o disco) me diz que a história vai fazer justiça e o início desse capítulo principia uma trajetória longeva. Porque, resumindo, “Depois do Fim” – o seu primeiro CD solo – é uma lufada de ar fresco roqueiro em um período que cheira a retrocesso de 50 anos no país.

Não que o trabalho não traga referências da mesma época. Mas o flerte com os anos 60 e 70 remete ao insuperável momento criativo daquele tempo. “Depois do Fim” soa como se uma banda hard roqueira gravasse as composições de Brian Wilson da época de “Pet Sounds” e, principalmente, “Smile”. Ou o inverso disso. Tem os dois melhores lados de duas moedas que possuem ambas as faces virtuosas. Fora que funcionaria tranquilamente como uma sequência dos recentes trabalhos da Cachorro Grande, “Costa do Marfim” e “Electromod”.

“Depois do Fim” ainda é um upgrade nas duas décadas do grupo, que encerrou a sua carreira recentemente. Beto Bruno concebe o melhor da fusão que a Cachorro mostrou nos seus trabalhos mais recentes, quando incluiu na receita a cena de Madchester. “A Ruptura da Linearidade do Tempo” abre o trabalho como um mantra: “o tempo passando, o mundo girando, o vento soprando e o povo cantando”. Quase uma vinheta de um minuto e meio, que faz a ponte para “Por Isso o Meu Samba é Diferente”. Um riff gêmeo bivitelino setentista com uma guitarra emulando Keith Richards em um canal e a outra, de Pete Townshend. Já “Por Que Eu Te Amo Muito e Há Tanto Tempo” é encharcada de psicodelia.

A faixa-título da obra remete ao Mutantes e ao indie rock. Uma costura quase instrumental dá as caras em “Marlon Brando, Beatles e Pelé” e uma pancada no tímpano foi batizada “Não É Todo Mundo que Tá de Boa Contigo”. A música carrega o melhor de uma disputa Clash versus Small Faces e dá a deixa para “Porco Garrafa”, em levada synth. O pedal steel conduz o clima como se para um filme do Elvis em “A Mais Linda do Verão”, que disfarça o tom para uma nova pancada em “Digby, O Maior Cão do Mundo”. E no violão o disco entra no final com “Ou Provavelmente Estarei Dormindo”. Que fique a advertência: nem um mês depois de fechar a tampa da Cachorro Grande, Beto Bruno corre o risco de ter lançado o disco que marcará o 2019 roqueiro brasileiro.

BETO BRUNO
Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando: 6 de dezembro, sexta-feira, a partir das 21h
Abertura da casa: 19h30
Classificação: 14 anos

Ingressos:

Lote 1:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 35
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 30
Inteira: R$ 60

Lote 2:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 3:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

Demais descontos:
* 50% para idosos: Lei Federal 10.741/03 – obrigatória apresentação de identidade ou documento oficial com foto.
* 50% para jovens pertencentes a famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto.
* 50% para pessoas com deficiência (e acompanhante quando necessário): Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro): Multisom Iguatemi

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de taxa de conveniência de R$ 5 – somente em dinheiro):
– Multisom Andradas 1001, Multisom Praia de Belas e Multisom Barra Shopping Sul
– Lojas Verse Andradas 1444 e Shopping Lindoia
– Online: www.sympla.com.br/opiniao

Realização: Pisca Produtora e Opinião Produtora

Informações:
www.opiniao.com.br
www.facebook.com/opiniao.produtora
www.twitter.com/opiniao
(51) 3211-2838

Sobre Rock Gaúcho 2290 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.