Chega de esperar: começa nesta sexta-feira o Planeta Atlântida 2011 SC em Florianópolis

Hoje e amanhã, os planetários têm um compromisso com a música, a diversão e a alegria. Chegou a hora do Planeta Atlântida, a festa do verão, que neste ano chega com muitas novidades.

A casa nova, o palco giratório, as atrações dos camarotes e os variados estilos das bandas vão balançar o público, no Sapiens Parque, em Canasvieiras, no Norte da Ilha, em Florianópolis.

O Planeta Atlântida começa às 17h30min, com Iriê e Dazaranha, duas bandas da Capital que mesclam seus estilos e fazem um som único. Até às quatro e meia da manhã, outras sete bandas desfilam pelo palco giratório. O som metálico dos israelenses do Infected Mushroom fecha a primeira noite.

Além do palco, a organização do Planeta Atlântida preparou uma megainfraestrutura para receber o público, dotando o Sapiens Parque como palco gigante, camarotes, camarins, área de alimentação e um espaço ainda maior para o E-Planet — um festival eletrônico dentro do festival.

Atenção para a condução

E para não perder nenhum momento da festa é deixar tudo organizado, principalmente a forma você irá até o Planeta. Seja de ônibus, carona, carro próprio, é bom ficar ligado nos trajetos, horários e preços. Lembrando que este ano o festival tem um sistema diferenciado no preço do estacionamento para incentivar a galera a ir de carona, aliviando o trânsito e reduzindo a emissão de gases poluentes.

Quem vai bombar no palco central

:: Iriê+Dazaranha – 17h30min/18h
A banda de Florianópolis divide o palco com outro grupo também da capital: Dazaranha. A Iriê lançou, no final do ano passado, seu quinto disco, Melhor Do Que Eu Sou, A música-título foi escolhida para apresentar o CD às rádios. Claro que não para por aí: o refrão que eleva a delicada Natural já está na fila para estourar e as românticas O Amor e o Tempo e Refúgio têm tudo para fazer bonito no Planeta.

A coroação dos 18 anos da banda, comemorados em 2010, é marcada com o lançamento do primeiro registro ao vivo em CD e DVD do grupo catarinense. Dazaranha ao Vivo traz sucessos de seus quatro discos e três faixas inéditas compostas especialmente para este projeto. O lançamento é uma retrospectiva que cobre toda a carreira do Dazaranha. Agora é só conferir ao vivo.

:: Michel Teló – 18h40min/19h30min
Michel nasceu no Paraná, mas foi criado em Campo Grande (MS). Foi vocalista do grupo Tradição durante 12 anos, saiu em carreira solo e conquistou o país. O carisma de Michel se confirma no palco onde ele canta, dança, toca sanfona e gaita em sintonia com o público. Em 2009, lançou seu primeiro CD Balada Sertaneja e caiu na preferência do público com o sucesso Ei, Psiu Beijo Me Liga. Agora ele está com trabalho novo, Michel Teló – Ao Vivo. O carro chefe do trabalho é Fugidinha. Agora é conferir o talento do menino.

:: Chimarruts – 20h/21h
A banda de reggae de Porto Alegre surgiu em 2000 e é uma das favoritas dos planetários. A sintonia entre os instrumentos musicais e os vocais cria a harmonia para falar dos principais temas das letras: paz e amor, bem no estilo do Planeta. Eles lançaram o álbum Só prá Brilhar, que apresenta um refinamento mais pop. O hit Do Lado de Cá já está tocando em várias rádios do país e com certeza marcará um momento especial no Planeta.

:: Capital Inicial – 21h30min/22h30min
Uma das bandas mais efervescentes do rock nacional desde a década de 1980 chega para mostrar a nova roupagem de sua carreira. As músicas do novo Das Kapital, como Ressurreição, mostram a nova fase da banda, Depois da meia-noite é um power pop dançante que já está bombando nas rádios do país.

:: Armandinho – 23h/0h
Ele assume o reggae como sua música de cabeceira e adequada ao seu estilo de vida. O estilo, para o compositor, é, sobretudo, um dos ritmos que ele, com habilidade pop, casa com a cadência melódica da música popular brasileira para criar canções românticas, suingadas e radiofônicas. E agora ele vem com tudo, novamente!

:: Luan Santana – 0h30min/1h30min
O jovem de Campo Grande (MS), que se tornou inconfundível pelo timbre da voz e carisma com os fãs, mostra um amadurecimento na sua carreira musical. Os hits Meteoro e Tô de Cara foram umas das músicas mais executadas nas rádios do país e acumulam milhões de acessos no YouTube. O show de Luan é um espetáculo de luzes, som e efeitos especiais. Ele faz uma média de 25 apresentações por mês.

:: Monobloco – 2h/3h
O Monobloco chega com seu ritmo batucado no Planeta Atlântida de Santa Catarina com a vibração de uma grande bateria. A banda, composta por 16 integrantes, faz um show que mistura ritmos e estilos musicais à batida do samba. O repertório do grupo é muito diversificado. Encontram-se marchinhas tradicionais, o samba do Cartola, o xote de Alceu Valença, o forró de Luis Gonzaga e o funk de MC Leonardo. Eles chegam na esteira com trabalho novo registrado em CD e DVD, Monobloco 10.

:: Infected Mushroom – 3h30min/4h30min
Formado pelos DJs e produtores israelenses Erez e Duvdev, o Infected Mushroom tornou-se um ícone no mundo da música eletrônica. O duo, que tem formação em música clássica, é conhecido por seu trance pesado e elaborado, considerado por muitos como inovador, melódico e alucinante. Arrastando multidões de adeptos por onde passa, o Infected ajudou muito no crescimento do goa trance, combinando criatividade com muita técnica.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!