Comunidade Nin-Jitsu lança novo CD King Kong Diamond

Comunidade Nin-Jitsu, completando 20 anos de carreira, lança seu novo álbum de inéditas: King Kong Diamond. Produzido por Edu K, o álbum traz 10 canções, entre os destaques “Dona da Boca”, “Bonde do Cachorro Quente” e “Maremoto”.

O novo disco pode ser adquirido tanto no formato digital, em sites especializados na venda de música digital, quanto na sua forma física em lojas como a Stereophonica: www.stereophonica.com.br .

Assista aos vídeos de lançamento em youtube.com/comunidadeninjitsu

The chalaça never ends

Você acaba de entrar no baile que comemora as duas décadas de chalaça da Comunidade Nin-Jitsu. Pega teu drink, aquece o corpinho e vem pra pista, porque “King Kong Diamond” está na área.

Pode se jogar. “Aqui não tem preconceito. Aqui, a gente voa!”, como afirma o refrão de “Dona da Boca”, a faixa que abre o sétimo álbum da banda, composto durante longos e divertidos encontros em estúdio, onde naturalmente pairou um clima “Broncas Legais” (1998), o disco de estreia da CNJ. Muito por conta da amizade entre os integrantes – Mano Changes (voz), Fredi Chernobyl (guitarra), Nando Endres (baixo) e Cristiano Bertolucci (bateria) –, quanto pela presença dos filhos, em especial Erick Endres, rebento de Fredi que, aos 17 anos, acabou assumindo a inédita segunda guitarra em algumas faixas de KKD. Já o produtor Edu K (DeFalla), que assina o primeiro trabalho, foi chamado pra segunda fase, a das gravações, que rolaram num estúdio a poucos metros do reduto da putaria porto-alegrense, o que ajudou a dar o tom certo de sacanagem e ironia, sempre presentes no lifestyle ninja.

Como já deu pra sentir com “Dona da Boca”, o baile começa no ritmo da boa & velha mistura de rock com funk carioca, estilo no qual a banda é precursora, e um tanto de programação eletrônica de bass – miami bass, trap, dubstep e rap.

Trabalhado num conceito de “lado A, lado B”, o álbum segue com mais quatro faixas perfeitas pra descer até o chão: “Bonde do Cachorro Quente” é uma ironia à cultura da ostentação em ritmo de trap com heavy metal; “Diamantes Verdadeiros” faz uma declaração de amor à mulher no clássico estilo inventado pela banda, o miami bass com hard rock; “Moneypulator” é uma crítica à corrupção e conta com vocais especiais de Igor Endres, filho de Nando; e a sexy-romântica “Gata Sincera” é uma versão contemporânea dos antigos charms dos anos 90.

Lançada como single no fim do ano passado, a marota “Maremoto” é a primeira do “lado B”, que traz um groove pesado, trabalhado organicamente em trio.

Na sequência, vêm “Enlouquecida”, com os dois únicos solos de guitarra do álbum, um de Fredi na malandragem melodiosa, outro de Erick com toda sua virtuose adolescente; “Amigo da Onça”, que filosofa sobre as tentações e remete ao hip hop com influências de Dr. Dre, só que executada com banda de rock; “Tipo Loco”, um hino vidaloka que mistura hardcore com rap, estilos inspiradores pra CNJ; e Deixa a Batida”, uma homenagem explícita ao deus do funk George Clinton (Parliament/Funkadelic). E é ela que encerra essa festa, que “não pode parar…

Sobre a Comunidade Nin-Jitsu

Mais do que comemorar 20 anos, a Comunidade Nin-Jitsu levanta a taça de champagne com morango pra brindar a intensidade dessa história que começou no verão de 1995.

A banda nasceu de forma despretensiosa, o que não a impediu de querer inovar. O resultado foi a mistura de miami bass, rock, rap, heavy metal, reggae e funk, todas influências dos integrantes.

“Detetive”, o single de estreia, rendeu à CNJ seu primeiro prêmio, o de melhor clipe independente no VMB, extinta premição da MTV Brasil. A música faz parte do álbum “Broncas Legais” (1999), que foi produzido por Edu K (DeFalla) e trazia ainda outras faixas que tornaram-se hits radiofônicos no Sul do país – “Merda de Bar”, “Rap do Trago (Der Kommissar do Falco em português)”, “Quero Te Levar” e “Melô do Analfabeto”.  Outros hits saíram dos quatro discos que vieram na sequência:

– “Maicou Douglas Syndrome” (2001): “Não Aguento Mais”, “Cowboy”, “Arrastão do Amor”, “Ah!Eu To Sem Erva”
– “Aproveite Agora” (2003): “Aperitivado”, “Me Faz Bem” , “Fubanga”
– “Comunidade no Baile” (2005): “Toda Molhada” , “Martiny”
– “Atividade na Laje” (2008): “Chuva nas Calcinha”, “Sem Vacilar”

Dois álbuns ao vivo também fazem parte da discografia da CNJ. Um saiu em 2000, encartado na Revista Atlântida, e teve sua edição esgotada, o que motivou a gravadora Rock It!, de Dado Villa-Lobos, a fazer uma nova prensagem e disponibilizá-la nas lojas. Já o outro, “Ao Vivo no Opinião”, foi lançado em 2013 em CD e DVD e contou com a participação de Chorão (Charlie Brown Jr.), BNegão, Xis, Edu K (DeFalla), Serginho Moah (Papas da Língua), Lucas Silveira (Fresno) e Erick Endres.

A CNJ ainda acumula mais de mil shows pelo Brasil e exterior (Espanha, Portugal) nesses anos de estrada. Só no festival Planeta Atlântida, são mais de 15 apresentações, duas delas dividindo o palco com Raimundos e Ultramen. A banda também tocou em festivais como Bananada, RecBeat e Casarão, mas a abertura do show do Red Hot Chili Peppers foi, sem dúvida, o mais importante, ainda mais pelo fato de Chad Smith (baterista do RHCP) ter subido ao palco pra cantar um clássico do Funkadelic com os ninjas. Em 2015, a CNJ voltou a sentir o gosto de tocar com uma grande atração internacional. Exatamente no dia em que completava 20 anos, a banda abriu o show de estreia da tour do Foo Fighters no Brasil.

O lançamento de “King Kong Diamond” vem pra coroar a trajetória da CNJ, que foi non stop até aqui. Sem férias nem paradas estratégicas, apesar dos projetos paralelos dos integrantes, a banda se prepara agora pro lançamento do clipe de “Maremoto” e pra tour de divulgação do novo álbum, porque the chalaça¹ never ends.

¹ Chalaça: tipo de festa que você vai gostar, com tudo o que tem direito no que se refere à prazer & diversão

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!