Cypress Hill se apresenta pela primeira vez em Porto Alegre

Cypress Hill / Eitan Miskevich

O Cypress Hill, um dos grupos mais emblemáticos do cenário hip hop norte-americano, irá fazer a sua primeira apresentação em Porto Alegre. A banda, que conquistou o mundo todo com a sua batida forte e as suas influências que passeiam pela música latina e pelo rock, vai subir ao palco do Pepsi on Stage, no dia 9 de outubro, para mostrar, em primeiríssima mão, algumas canções do ainda inédito “Elephants on Acid” – álbum que deverá chegar às lojas e aos serviços de streaming muito em breve. O grupo, recentemente, encerrou a turnê comemorativa do 25º aniversário da sua obra de estreia, “Cypress Hill”, que vendeu mais de duas milhões de cópias, em todo o mundo, e que também vai estar muito bem representada nessa excursão pelo Brasil. Abordando temas ligados à vida na periferia, indo da violência às drogas, passando ainda pela política e pela sobrevivência nas ruas, as suas faixas novas e ainda desconhecidas ganharão a companhia de vários hits consagrados, como “Hand on the Pump”, “How I Could Just Kill a Man”, “The Phuncky Feel One”, “Insane in the Brain”, “Superstar” e “I Ain’t Goin’ Out Like That”. Indicado ao Grammy e com o status de ser o primeiro representante do rap a ganhar um Disco de Platina, o Cypress Hill ainda vai contar com a presença de Mix Master Mike, DJ do Beastie Boys, para impressionar a todos e para mostrar ao vivo o porquê de ser considerado um dos maiores nomes do gênero de todos os tempos. Simplesmente imperdível e histórico!

CYPRESS HILL

O DVX, embrião do Cypress Hill, foi formado em 1986 pelos irmãos cubanos Sen Dog e Mellow Man Ace, ao lado dos seus amigos de Los Angeles Muggs e B-Real. O grupo, um dos primeiros a aparecer no cenário underground misturando elementos da música latina com o hip hop tipicamente norte-americano, assinou com a gravadora Columbia Records em 1991, quando já se chamava Cypress Hill e não contava com mais com a presença de Mellow Man Ace no seu line-up.

Com a sua batida forte, a voz potente de B-Real e letras que muito falavam sobre a violência diária vivida pelos moradores dos guetos da Califórnia, o Cypress Hill se tornou uma grande sensação nos Estados Unidos, em 1992, quando saiu o seu primeiro trabalho de estúdio. O álbum autointitulado, que foi embalado pelos singles “How I Could Just Kill a Man” e “The Phuncky Feel One”, se desvencilhou do universo alternativo ao conquistar uma grande quantidade de admiradores, também entre os fãs de rock e da música pop.

Já no ano seguinte, o grupo chegou ao topo das paradas da Billboard com o disco “Black Sunday” e com mais um grande hit, “Insane in the Brain”. Com cada vez mais fãs espalhados pelos Estados Unidos, não só entre a comunidade negra dos subúrbios, o Cypress Hill foi uma das principais atrações do Lollapalooza 1995, ao mesmo tempo que chegava às lojas mais um álbum, chamado “Temples of Boom”. O sucesso comercial do registro foi menor, em comparação com o seu antecessor, e por diferenças musicais Sen Dog deixou a banda, em 1996, enquanto Muggs passou um tempo dedicado à sua carreira solo.

Três anos depois, o Cypress Hill voltou a se reunir novamente em estúdio. “IV” saiu em 1998 e acabou com as dúvidas sobre a continuidade da carreira do grupo. “Skull & Bones”, lançado em 2000, voltou a incorporar os elementos do rock ao som dos norte-americanos, que tiveram a sua credibilidade reconstruída naquele momento. “Superstar” foi um dos grandes sucessos do álbum e teve o seu videoclipe executado intensamente pela MTV, tanto lá fora como aqui no Brasil. Em meio a longas turnês, o Cypress Hill ainda teve tempo de soltar mais um disco extremamente pesado, “Stoned Raiders”, em 2001.

Experimentando referências da música jamaicana, a banda inovou um pouco em 2004, quando chegou às lojas o seu sétimo trabalho de estúdio, intitulado “Till Death Do Us Part”. O álbum esteve perto de entrar para o Top 20 da Billboard e mostrou que o Cypress Hill continuava pelo caminho certo. Com um novo contrato, dessa vez assinado com a gravadora Priority Records, empresa de Snoop Dogg, a banda lançou outro CD, “Rise Up”, evidenciando a sua capacidade de estar sempre se reinventando e produzindo novas canções.

Em comemoração aos seus 25 anos de carreira, a banda voltou a excursionar pelo mundo todo, entre 2016 e 2017, também impulsionada pelo relançamento do seu trabalho de estreia, que ganhou uma edição limitada e luxuosa, com bastante material extra, versões remasterizadas, uma caixa em forma de caveira e um livro de 100 páginas. Depois de passar pelos Estados Unidos e pela Europa, o Cypress Hill chegará ao Brasil, no segundo semestre de 2018, com a turnê de “Elephants on Acid”, o seu disco novo e ainda inédito.

CYPRESS HILL
Onde: Pepsi on Stage (Avenida Severo Dullius, 1995)
Quando: 9 de outubro, terça-feira, a partir das 22h
Abertura da casa: 20h
Classificação: 16 anos

Ingressos:

Pista:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 80
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 100
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 90
Inteira: R$ 180

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 120
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 110
Inteira: R$ 220

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 140
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 130
Inteira: R$ 260

Pista VIP:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 140
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 130
Inteira: R$ 260

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 160
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 150
Inteira: R$ 300

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 180
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 170
Inteira: R$ 340

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 200
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 190
Inteira: R$ 380

Mezanino:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 120
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 110
Inteira: R$ 220

Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 140
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 130
Inteira: R$ 260

Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 160
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 150
Inteira: R$ 300

Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 180
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 170
Inteira: R$ 340

* Os alimentos deverão ser entregues no Pepsi on Stage, no momento da entrada ao evento.
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

Demais descontos:
* 50% para idosos: Lei Federal 10.741/03 – obrigatória apresentação de identidade ou documento oficial com foto.
* 50% para jovens pertencentes à famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto.
* 50% para pessoas com deficiência (e acompanhante quando necessário): Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro): Youcom Bourbon Wallig

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
– Youcom: Shopping Praia de Belas, Iguatemi, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul, Shopping Total, Bourbon São Leopoldo, Bourbon Novo Hamburgo, Park Shopping Canoas e Canoas Shopping
– Multisom: Andradas 1001 (Centro de Porto Alegre)
– Online: www.blueticket.com.br/grupo/opiniao

Informações:
www.pepsionstage.com.br
www.facebook.com/pepsionstageoficial
www.twitter.com/pepsionstage
(51) 3371-1948

Sobre Rock Gaúcho 6521 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!