Da Canja à Rave num acorde

por GUSTAVO BRIGATTI Mal lançou seu primeiro disco oficial e o Canja Rave caiu pelas highways norte-americanas. Em sua primeira turnê internacional, a dupla Paula Nozzari (bateria e voz) e Chris Kochenborger (guitarra e voz) passou as duas últimas semanas pelos Estados Unidos divulgando Da Canja à Rave!, o debut que Porto Alegre conhecerá apenas no dia 31 de julho, no Ocidente. Até lá, é possível degustar um pouco do trabalho na página da banda no MySpace (www.myspace.com/canja raveoficial). Para gravar o primeiro disco, chamaram Duca Leindecker e Leandro Schirmer e cometeram 11 faixas no Estúdio Submarino Amarelo, em Porto Alegre. As canções Aqui Agora, Filme do Elvis, Chega, 11 Dias e Vontade de Encontrar, disponíveis para audição, dão uma idéia do que o duo oferece. Cozinha competente, arranjos simples e vocais limpos fazem a cama para letras pouco inspiradas, mas que devem fazer sucesso entre os apreciadores de duplas na linha dos White Stripes, Black Keys e The Ting Tings. É nestes primeiros e ainda em Black Sabbath, Led Zeppelin e Weezer que os Canja buscam referências musicais desde que surgiram. Mas o Canja Rave não é de agora. Pelo menos não seus integrantes. Paula é figurinha fácil na cena rock gaúcha, carimbando sua carteira de trabalho no De Falla e Cidadão Quem, além de passar pelos baianos radicados no Rio de Janeiro do Penélope. E, no Rio, Chris não é nenhum ilustre desconhecido, tendo prestado serviços para Jimi James e Leela, entre outros.

Sobre Rock Gaúcho 13796 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!