Dingo Bells se apresenta nesta quinta em Novo Hamburgo

Eles são nome confirmado no Lollapalooza 2016 e vêm para Novo Hamburgo mostrar seu disco, considerado um dos melhores lançados no Brasil neste ano. Movi apresenta: Dingo Bells, dia 19 de novembro, no Pubis.

QUANDO? 19 de novembro (quinta), 23h.
ONDE? Pubis (Av. Dr. Maurício Cardoso, 112, Novo Hamburgo)
QUANTO? R$10 (pagamento em dinheiro ou cartão), somente na hora.

A casa abre às 20h, com música rolando e promo de dois chopps pilsen a R$8 a noite toda. O show está marcado para às 23h.

DINGO BELLS:
Com elogios de publicações como Revista Rolling Stone, Folha de S.Paulo, Zero Hora, O Globo, Correio da Bahia, Hoje em Dia e O Estado de São Paulo, o disco é considerado um dos melhores de 2015. Lançado em abril, já rendeu turnês no Sul, Sudeste e Nordeste do país, e recebeu indicação ao Prêmio Açorianos de Música.

Com convidados como Felipe Zancanaro (Apanhador Só), Ricardo Fischmann (Selton) e Tomás Oliveira (Mustache & Os Apaches), a obra de onze faixas tem produção de Marcelo Fruet — que traz na bagagem o álbum de estreia do Apanhador Só — e financiamento do público por meio de um projeto que arrecadou perto de R$ 25 mil.

Formado por Rodrigo Fischmann (voz principal, bateria e percussão), Diogo Brochmann (voz, guitarra e teclado) e Felipe Kautz (voz e baixo), o grupo mostrou as primeiras canções em 2010, em um EP homônimo. Em 2013, eles divulgaram o single e clipe Lobo do Mar, parceria com o líder do Vanguart Helio Flanders.

O trio fundou a Dingo Bells no colégio há pouco mais de uma década. Sem pressa de entrar em estúdio, os músicos se dedicaram intensamente aos palcos, em uma série de turnês — que renderam abertura para Ringo Starr na cidade natal e até viagem ao Japão, onde tocaram no festival Brasil Day.

No verão de 2014, a banda se isolou em um sítio em Viamão (interior do Rio Grande do Sul) para lapidar letras e arranjos do álbum de estreia. Após o bucólico retiro, a agitação da metrópole serviu de cenário para as gravações, realizadas no Estu&769;dio 12 Experie&770;nciasonora, na capital gaúcha.

As angústias da vida urbana conceituam Maravilhas da Vida Moderna, que, graças à elegância pop das melodias e letras, vem conquistando simpatia da crítica especializada nacional.

A Dingo Bells cita Milton Nascimento, Steely Dan, Fleet Foxes e Neil Young como influências. As harmonias vocais também chamam atenção. Faixas como Eu Vim Passear, Mistério dos 30, Dinossauros e Anéis de Saturno buscam beleza em meio ao caos do cotidiano e ainda carregam referências de soul music.

O pacote fecha com um caprichado projeto gráfico: idealizado em parceria com o fotógrafo Rodrigo Marroni, o designer gráfico Leo Lage e o ilustrador Lipe Albuquerque, o CD conta com quatro capas intercambiáveis, numa embalagem de 24 centímetros de altura e largura.

Maravilhas da Vida Moderna (Independente, 2015)
Download gratuito: www.dingobells.com.br.
Também disponível nos serviços de streaming iTunes, Deezer, Google Play, Rdio e Spotify.
Preço médio do álbum: R$ 30,00.

Sobre Rock Gaúcho 6201 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!