Eject

A vida não é bela! Aqueles que não passam o tempo alucinados pela maré de Bob Marley – ou pela melancolia emocional do rock romântico atual – já perceberam que o mundo está dominado pelo dinheiro, tráfico, políticos-corrupção e uma série de escolhas erradas na sociedade que inventamos. Nesse contexto o que você escolheria? Enfiar a cabeça no buraco ou colocar pra fora, ejetar, explodir todo o mal-estar e celebrar sua humanidade imperfeita numa catarse estética através da arte? Se você não é um avestruz, você faz a mesma escolha que Jean Domingues e a banda EJECT. E precisa conhecê-la! Jean, tal como um verdadeiro Dwight McCarthy do rock, engoliu, sacudiu, fermentou e arrancou das veias mais de uma dezena de músicas, produzidas em tempo real no estúdio. O resultado é o primeiro disco da banda EJECT, produto da espontaneidade de referências musicais, criadora de uma nova mescla de guitarras e baterias, que lembram o rock dos anos 70 com batidas eletrônicas contundentes. EJECT é a honestidade de um rock vigoroso, potencializado com os mais efervecentes sentimentos nascidos de indignação, descrença e mesmo candura. Numa época de fuga e pouco comprometimento social, as letras de Jean Domingues e Daniel Weinmann falam na cara; mostram o sofrimento de viver hoje e chamam para si a responsabilidade de encarar a vida com o pacote completo. Porque essa é a única saída, irmão… Rock novo invadindo paredes de alto-falantes! Rock enérgico e energético, de composição e produção bem trabalhadas: o fino da pegada e da atitude. Rock que cumpre sua função mais importante e original: celebrar a liberdade e a diversão, pra estrebuchar, ejetar as vísceras, curtir com os olhos, ouvidos, nariz e garganta!

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.ejectrock.com.br