Embrio: A banda continua firme e forte

Manter uma banda na ativa não é fácil, ainda mais quando ela atinge uma década de vida, muitas coisas se passam e se dividem, desde tristezas a alegrias. E com o EMBRIO não seria diferente, 10 estradas, diversos shows pelo Brasil e fora também e 5 discos lançados.

Certamente muita coisa rolou nessa trajetória, e no momento atual do grupo, mais algumas mudanças acontecem, e para explicar falamos o com o líder e mentor Emerson Pereira, que fala sobre o recém lançado “Déjà Vu”, a nova formação e o cenário underground.

Confira:

O Embrio lançou recentemente o disco “Déjà Vu”, que são alguns b-sides regravados, como surgiu está ideia?

Eu comecei em 2005 a escrever músicas e tenho muitas sobras, algumas que acabei terminando com o tempo, outras que apenas guardei e comecei a mostrar para o pessoal da banda, os caras acharam do caralho algumas e surgiu a ideia de lançar em uma nova abordagem, agora completando 10 anos de Embrio acho que foi o momento ideal. Ainda tenho muita coisa guardada com o tempo, e vou pensar em alguma forma de disponibilizar mais material.

Atualmente o Embrio é um trio, como está sendo os ensaios com está nova formação?

Estávamos com uma formação muito boa, músicos competentes, mas não deu certo por algum motivo, quem tem banda sabe, as vezes não rola uma química entre os integrantes. E acaba ficando um clima cansativo de ensaios e shows, precisávamos de um novo gás, foi aí que reencontrei meu amigo das antigas Welligton, que veio para assumir as baquetas e conheci um guitarrista muito talentoso pela net, o Diego Thrasher, guitarrista que veio para somar e muito na formação, e estamos muito bem nos ensaios e já compondo algumas coisas juntos. A banda continua firme e forte. Fechamos algumas datas também dentre elas o renomado festival Otacílo Rock de SC, onde será uma grande honra participar.

A banda já está pensando em material inédito ainda para esse ano?

Não. No momento agora a prioridade é tocar ao vivo em 2016. Na verdade, estamos sempre compondo, mas não é esse o foco agora. Queremos tocar o material “novo”, para o maior número de pessoas possíveis e continuar a desbravar as terras brasileiras.

De um modo geral, tendo já mais de 10 de estrada e também tocado com grandes nomes do Metal mundial, como o Embrio enxerga o cenário metálico atualmente?

Sempre tem altos e baixos, quando começamos em 2005 era mais restrito os lugares para tocar, depois que lançamos nossos discos e alguns anos de estrada, acabamos conhecendo muitas pessoas novas, promotores, bandas e etc. Hoje em dia é bem mais fácil para trabalhar, temos uma estrutura legal para ensaios, estúdio próprio que nos ajuda muito, investimento no Embrio que fizemos, pois acreditamos no potencial da banda, e de resto usar as ferramentas que todo mundo sabe hoje, redes sociais e correr atrás de novos ouvintes e fãs. Tem espaço para todo mundo. Basta ter respeito e união.

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/EmbrioMetalPR
http://www.embrio.com.br/
http://embrio.bandcamp.com/
https://soundcloud.com/embriobrasil
https://dmmcompany.com/Embrio
Twitter: @embriothrash

Fonte: http://heavyandhellpress.blogspot.com.br/

Contato: https://www.facebook.com/Renato.Sanson.Thrash

Facebook: https://www.facebook.com/HeavyAndHellPress

Soundcloud: https://soundcloud.com/heavy-and-hell-press

Sobre Rock Gaúcho 13383 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!