Engenheiros do Hawaii: Fernando Deluqui fala sobre o período em que participou da banda em entrevista

O músico Fernando Deluqui, guitarrista da banda RPM, em entrevista para o Blog do Brunocos, falou sobre o período em que participou dos Engenheiros do Hawaii, durante a gravação e turnê do álbum Simples de Coração. Confira alguns trechos da entrevista. Para ler a matéria na íntegra, acesse o link relacionado abaixo.

NOS ANOS 90, DURANTE UM PERÍODO, VOCÊ FEZ PARTE DO ENGENHEIROS DO HAWAII. FORAM TEMPOS DE TURBULÊNCIA, NÃO?

Sim, foi o período do CD e turnê Simples de Coração que durou os anos de 95/96. Foi o período mais caótico da minha vida, pois além de entrar na banda meio a contragosto da própria banda, eu estava me separando da minha primeira mulher. A estória de entrar na banda me foi proposta por Gil Lópes e Carmela que eram empresários nossos (do Paulo e meu) e do João Gilberto também. Quando deixei o que sobrou do RPM em 94 o Gil me ligou e fez a proposta. Adoro o Gil e Carmela e sei que eles não tinham nenhuma má intenção mas o fato é que desde o início, aquilo foi uma confusão muito intensa. O que me era dito por eles, na prática , não acontecia. Detalhes importantes como a formação da nova banda me foram omitidos e os Engenheiros originais que eram o Humberto Gessinger e o Carlos Maltz também estavam com a relação desgastada após muitos anos de banda. A situação era bizarra, com a velha disputa de egos, drogas  (eu tava tentando largar mas ainda não tinha conseguido) e rock´n roll. Mesmo assim, o CD estava vendendo bem e a turnê também foi sucesso. Foi uma pena termos parado os trabalhos relativos ao Simples tão rapido. Hoje eu tenho consciência de que, de alguns ângulos, a vida pode ser considerada longa e com fases. Na época, em 96, eu estava cansado de brigar e quis partir para um trabalho onde eu tivesse autonomia, tomasse as decisões e não tivesse que brigar para gravar um take de guitarra. Mas o CD tinha qualidade e o trabalho com o grande amigo Greg Ladany (Eagles, Fleetwood Mac e Madonna) foi divertido, apesar de tudo e é um dos meus melhores registros da minha carreira. Mesmo assim, deste período, ficou a amizade com o Carlos Maltz e com o Humberto com quem até me encontrei depois.

QUAL FOI O MELHOR E O PIOR MOMENTO DA SUA CARREIRA?

…No período com os Engenheiros teve muita briga mas houve bons momentos e guardo com carinho aquele tempo também…

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!