Entrevista exclusiva com AMADUSCIAS

Hoje conversaremos com um dos principais nomes do Metal extremo gaúcho: o AMADUSCIAS! O guitarrista Evandro fala um pouco sobre os atuais trabalhos, métodos de composição, início de carreira e muito mais, confira agora:

Muito obrigado pela entrevista, ok vamos lá! O AMADUSCIAS já pode ser considerado vanguarda do Metal Extremo Gaúcho, conte-nos, como surgiu a banda, qual o significado do nome e fale um pouco da atual formação.
Evandro: Nós que agradecemos amigos da Rock Gaúcho. Formado em 2001 pelo baterista/vocalista Rodrigo e o guitarrista Evandro Pinheiro. O Amaduscias surgiu com a proposta de criar composições extremas, próprias e que mesclassem as influências de cada integrante. O nome é resultado de nossa busca por um nome forte, que pudesse “suportar” o metal extremo e que tivesse um significado histórico, e assim surgiu o “padroeiro e protetor da música pesada…”.

Falem um pouco aos nossos leitores sobre a discografia do grupo. Qual álbum vocês mais gostaram de produzir e gravar?
Evandro: “Moral, Honour, Truth”; demo de 2004, “Only One Nation”; EP de 2008, “Surrounded By Darkness”; EP 2010, “War And Conflicts”; Compilation de 2013, “Decaptation”; Single 2016 e “Triumph And War”; Single de 2018. Trabalho que mais marcou pra mim foi “Only One Nation”. Ali a banda começou a tomar uma forma mais sólida, mais consistente e também recebeu boas resenhas e convites para shows grandes. Já o trabalho que mais gostamos de produzir foi o “Triumph And War”, afinal, mostra a atual fase da banda, tanto nas composições, quanto da formação e evolução musical.

Quais são as influências de cada músico e como se dá o processo de composição nos dias de hoje? Quais os principais temas abordados nas letras?
Evandro: O processo de criação desde o início da banda acontece da seguinte forma, eu faço toda estrutura da música na guitarra, em forma de guia, já com metrônomo, passo para o Rodrigo que no estúdio dele já cria diversas partes de bateria e traz para o ensaio, depois sim juntamos com baixo e vocal.
As influências nossas são diversas. De minha parte curto muito Nevermore, Rebaelliun, Krisiun, Emperor, Primordial e Nile. Nosso baixista, Mauricio Taube, gosta mais de Sepultura, Iced Earth Necrophagist e Testament. O David, vocalista, de Sólstafir, Alcest, Agalloch e Anathema. Já o Rodrigo, baterista, Mental Horror, Exterminate, Obituary, Benediction, Bolt Thrower, Monstrosity, Malevolent Creation, Deicide, Brutality, Suffocation…

Nosso cenário do metal extremo é um dos melhores do Brasil, quiçá sul-americano. Na opinião de vocês, quais as principais bandas gaúchas (ou que vocês mais ouvem) nos dias atuais?
Evandro: Aqui no RS temos uma cena muito forte ligada ao Metal Extremo. Temos maior orgulho de acompanhar e fazer parte da mesma, por isso, posso citar bandas que curto e tenho como influência: Krisiun, Rebaelliun, Mental Horror, Nephasth, Exterminate, Burn The Mankind, DyingBreed e The Ordher.

Como vocês sentiram que foi a recepção do público para o single “Triumph And War”?
Evandro: Excelente! Foi um som que não iríamos usar no início, por ter riffs diferentes do que estávamos acostumados a usar, mais abertos, meio guitarras power metal, com outras partes extremas do death metal. No fim, quando estávamos compondo e foi criado as linhas de batera e vozes o som ficou brutal e único, mas que mesmo assim, tinha a cara do Amaduscias, em sua nova fase. Outro fator que vale a pena ressaltar é que neste lançamento também contamos com todo suporte de divulgação e assessoria da Sangue Frio, que levou o nome da banda a diversos meios de comunicação.

O início da banda deu-se em 2001, portanto, são 17 (dezessete) anos de estrada. É muito difícil – comparado com antigamente –ter uma banda nos dias atuais?
Evandro: Hoje eu gostaria de ter a idade de quando começamos a tocar, porém com experiência e produção que temos hoje. A cena está muito boa, acho que até melhor do que antigamente em termos de show, meios de comunicação e mídia, porém o que era melhor quando começamos era o público, que comprava material e ia aos shows.

Como está o processo do vindouro “Conceived Annihilation”? Qual sua previsão de lançamento? Por qual selo será laçado?
Evandro: Estamos com todo instrumental gravado e 80% dos vocais também. Tivemos muitas mudanças de formação até a atual fase, o trabalho atrasou mais do que esperávamos. Outro fator que vale a pena ressaltar é que a cada retomada da banda, uma nova faze se cria, são novos integrantes e banda sempre dava um passo a frente e vai um tempo até isto ser passado as músicas. O lado positivo é que o trabalho está muito mais maduro, tivemos muito tempo de produção e muitas coisas foram regravadas várias vezes. Estamos com a mixagem e gravação como queríamos desde início. Já sobre o lançamento se possível agora fim de ano ou no início do ano, quando começa os lançamentos de 2019.

Após este trabalho ser lançado, tem previsão para uma turnê no velho continente?
Evandro: Com certeza é um sonho antigo e um dos objetivos de todos na banda. Estamos trabalhando duro para isto!

Obrigado pela entrevista! Para finalizar, deixe uma mensagem para a galera:
Nós do Amaduscias agradecemos por esta grande oportunidade de divulgar e levar mais informação aos seguidores do Rock Gaúcho!!! Temos a certeza de que nosso cenário continua vivo e forte como nos “anos de ouro”, existe público, existe shows, lojas para comprar materiais… Existe ótimas bandas que merecem ser valorizadas, enfim, se queremos a cena “de ouro”, devemos nós, cada um, fazer sua parte e valorizar “parelho” quem trabalha sério. É momento de separar quem não leva esse trabalho a sério dos que investem, se esforçam e procuram dar o seu melhor nos trabalhos e shows, que respeitam o público… Abraço e obrigado!

AMADUSCIAS é:
David Alexandrino – vocalista
Evandro Pinheiro – guitarrista
Maurício Taube – baixista
Rodrigo Sardi – baterista

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato

Sites relacionados:
https://www.facebook.com/amadusciasofficial/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Amaduscias/48

por Aline Pavan

Fonte: Sangue Frio Produções

Sobre Rock Gaúcho 6516 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!