Escola Projeto comemora 30 anos com show de grandes nomes da música gaúcha

Vitor Ramil / Satolep Press

No dia 16 de dezembro (domingo), a partir das 18h, a Escola Projeto comemora seus 30 anos com um grande espetáculo no Auditório Araújo Vianna, que vai reunir mais de vinte artistas referenciais da música gaúcha, como Hique Gomez, Arthur de Faria, Chico Saratt, Nei Lisboa, Gustavo Finkler, Nelson Coelho de Castro, Claudio Levitan, Bebeto Alves, Leo Henkin, Marcelo Delacroix, Tiago Flores e o projeto Ouviravida, Gelson Oliveira, Renato Borghetti, Antonio Villeroy, Monica Tomasi e Vitor Ramil. Os ingressos estão à venda pelo site Sympla (bit.ly/2RsEgw6) e nas secretarias das duas unidades da escola (Rua José Bonifácio, 581 e Rua Coronel Paulino Teixeira, 394).

O show PROJETO – Vem aqui que é muito tri! traz ao palco os músicos que já participaram do programa Encontro com o Compositor, que a Projeto realiza há 18 anos para incentivar seus alunos a conhecer, estudar, pesquisar e envolver-se diretamente com os artistas locais e suas obras musicais. Neste grande encontro musical, os músicos Nico Nicolaiewsky e Giba Giba ganham homenagens especiais. No repertório do show, clássicos, sucessos e até novidades da música popular gaúcha, que aproximam crianças e adultos.

“Este espetáculo representa o resultado de uma iniciativa artístico-cultural exitosa idealizada pela Projeto, voltada à formação de plateia e valorização da cultura”, afirma a diretora da escola, Neca Baldi. “Seguimos um modelo de cidadania frente à arte local que é direcionada de forma destacada às crianças, mas que alcança também seus familiares e a comunidade de Porto Alegre”, explica.

O programa Encontro com o Compositor, desenvolvido pela Escola Projeto, trabalha com compositores locais e de estilos variados, contribuindo para a ampliação do repertório e para a valorização da música produzida no RS. Assim, os alunos têm a oportunidade de conhecer a obra do músico em profundidade, por meio de atividades de apreciação, execução, improvisação e composição que envolvem a participação do próprio artista. Já participaram do programa os seguintes músicos: Hique Gomez (2001), Arthur de Faria (2002), Chico Saratt (2003), Nico Nicolaiewsky (2004), Nei Lisboa (2005), Gustavo Finkler (2006), Nelson Coelho de Castro (2007), Giba Giba (2008), Claudio Levitan (2009), Bebeto Alves (2010), Leo Henkin (2011), Marcelo Delacroix (2012), o maestro Tiago Flores (2013), Gelson de Oliveira (2014), Renato Borghetti (2015), Antonio Villeroy (2016), Monica Tomasi (2017) e Vitor Ramil (2018). Ao final de cada ano, o artista que participou do programa realiza um show especial, aberto à comunidade.

O espetáculo PROJETO – Vem aqui que é muito tri! tem direção e produção artístico-musical de Marcelo Delacroix, com direção de produção executiva de Inês Hübner. Apoio: RBS TV, TVE e FM Cultura.

Serviço
Espetáculo musical PROJETO – Vem aqui que é muito tri!
Hique Gomez | Arthur de Faria | Chico Saratt | Nei Lisboa | Gustavo Finkler | Nelson Coelho de Castro | Claudio Levitan | Bebeto Alves | Leo Henkin | Marcelo Delacroix | Tiago Flores e Ouviravida | Gelson Oliveira | Renato Borghetti | Antonio Villeroy | Monica Tomasi | Vitor Ramil
Dia 16 de Dezembro, a partir das 18h
Local: Auditório Araújo Vianna
Av. Osvaldo Aranha, Parque Farroupilha, 685, Porto Alegre

Ingressos à venda até sexta-feira, 14 de dezembro. Online: bit.ly/2RsEgw6. Presencial: nos endereços da Escola Projeto (Rua José Bonifácio, 581 e Rua Coronel Paulino Teixeira, 394).
No dia do evento, haverá ingressos à venda na bilheteria do auditório, a partir das 14h.
Valores: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada para +60, estudantes, professores e classe artística com identificação)
Informações pelo fone 51 99860 0868

Site: http://escolaprojeto.g12.br
Facebook: www.facebook.com/EscolaProjeto/
Instagram: @escolaprojeto

Sobre a Escola Projeto

A Escola Projeto é uma instituição de ensino particular fundada em 1988, em Porto Alegre/RS, que atende a crianças de educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental (crianças de 1 a 10 anos). A Projeto acredita na força da educação, contemplando o indivíduo e o coletivo, o saber formal e as múltiplas manifestações culturais da sociedade. Para tanto, trabalha na perspectiva do construtivismo – corrente filosófica que tem implicações ou influências em toda a atividade humana. Esse conceito tem uma importância histórica para o ensino, porque traz uma mudança de olhar sobre o sujeito que aprende, compreendendo-o como sujeito ativo e pensante, capaz de aprender na interação com os objetos do conhecimento e com o outro.

Incentivando o fazer artístico-cultural em todas as faixas etárias, o planejamento da Projeto leva em conta o contexto cultural da cidade e tem como diferencial realizar atividades dentro e fora da escola, sendo muitas delas inclusive não computadas como horas-aula. Sua rotina cultural está estruturada em quatro eixos principais: a literatura, a música, o teatro e as artes visuais. A conexão com as artes ganhou ainda mais corpo com a criação dos Sábados Culturais (eventos mensais fora da escola, que mobilizam as famílias a frequentar teatros, shows, espetáculos e exposições), com o projeto dos artistas homenageados (programa que trabalha a obra de músicos, artistas visuais e escritores dentro de sala de aula e com a participação dos próprios artistas) e, mais recentemente, com as Sextas Culturais (espetáculos de música, teatro, dança e performances em geral, voltados ao público adulto e realizados dentro da escola).

Sobre Rock Gaúcho 1824 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.