Estreia na Sala P. F. Gastal documentário sobre o festival de música Cio da Terra

Em 1982, o sonho já tinha acabado – mas cerca de 15 mil jovens dormiram no sleeping bag em Caxias do Sul, entre 29 e 31 de outubro daquele ano, acreditando que um novo mundo era possível. O média-metragem Cio da Terra recupera esses três dias de paz, amor e música em pleno regime militar, ecoando festivais passados e antecipando liberdades futuras.

Cumprindo uma promessa de campanha, a recém-eleita diretoria da União Estadual dos Estudantes (UEE) resolveu organizar em 1982 um festival de música e de encontros político-culturais nos Pavilhões da Festa da Uva. O nome do encontro foi retirado da famosa canção de Milton Nascimento e Chico Buarque – mas o clima tipicamente riponga que marcou o Cio da Terra ecoava a divisa de O Sonho Acabou, música de Gilberto Gil de 1971: “O sonho acabou / Quem não dormiu no sleeping bag nem sequer sonhou”.

Produzido e dirigido por Cacá Nazario e com roteiro e codireção de Eber Marzulo, o documentário Cio da Terra reúne entrevistas com alguns daqueles sonhadores, como os músicos Ednardo, Jorge Mautner e Nei Lisboa, os jornalistas Eduardo Bueno e Juarez Fonseca e o realizador de cinema Giba Assis Brasil – cujos depoimentos são entremeados com imagens recuperadas de um filme em Super-8 realizado durante o festival. Em 42 minutos, o filme relembra o que rolou naqueles três dias na Serra e contextualiza o evento: o amadorismo compensado pelo entusiasmo dos organizadores voluntários, a infra estrutura precária, a expectativa pelos shows, os debates sobre assuntos como feminismo, terapias alternativas, política, alimentação natural e maconha.

Entre os episódios folclóricos rememoradas estão os banhos dos peladões na cachoeira da chácara vizinha ao acampamento, a apresentação antológica de Ednardo – naquela época, o músico cearense só era conhecido pelo sucesso Pavão Mysteriozo – e a empolgação de artistas gaúchos como Nelson Coelho de Castro (leia ao lado). Até hoje o espírito libertário do Cio da Terra é uma influência tanto para festivais locais de música, como o Morrostock (a quarta edição vai se realizar de 15 a 24 de outubro, em Sapiranga), quanto para eventos mais ambiciosos – caso do Fórum Social Mundial, como lembra o produtor e diretor de cinema Beto Rodrigues, um dos organizadores do Cio.

Ainda que não esgote o tema, Cio da Terra exibe na tela ao mesmo tempo o anacronismo e o vanguardismo daquele Woodstock gaúcho – que aconteceu nos estertores da ditadura, tardiamente, mas que celebrou a contracultura com o vigor de quem quer o futuro agora.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!