Guri Assis Brasil lança seu disco no Ocidente Acústico da próxima quinta-feira

Guri está sob os holofotes e sua estreia como artista solo já virou notícia de sucesso. Ele assina 10 canções que retratam temas recorrentes como amor, saudades, medo e sorte, embaladas por melodias profundas – com influências do rock gaúcho clássico, mas também muitas baladas – e acordes delicados de violão e guitarras.

Antes mesmo de ser lançado, o disco Quando Calou-se a Multidão já agregava a frase: “este projeto foi bem-sucedido”, que está escrita na página do Catarse – plataforma de crowdfunding que permitiu o financiamento coletivo do álbum em mais de 20 mil reais.

Vitória gostosa esta, que demonstra o carinho de seus fiéis fãs. Guri, o Alexandre Assis Brasil, é um músico quase onipresente pelos palcos do país. Além de ter ficado bastante conhecido como guitarrista da banda gaúcha Pública, ele empunha a guitarra para diversos artistas como Otto, Junio Barreto, Tita Lima, Beeshop (do Lucas, vocal da Fresno), China, Flu, Martin Mendonça, etc.

O primeiro single, “Todos Meus Amigos Vão Me Ouvir Cantar”, tem participação da Orquestra Brasileira de Música Jamaicana e já está cumprindo muito bem o papel de seu título. O segundo,“Azul”, chegou com um belíssimo clipe estrelando Carla Lamarca como uma garçonete surtada. No terceiro, “Ao Sul”, Guri divide os vocais com Pélico. E agora você pode baixar, gratuitamente, o lindíssimo Quando Calou-se a Multidão aqui: www.guriassisbrasil.com.br

Quem é Guri?

Muito prazer, meu nome é Alexandre Assis Brasil. Comecei a tocar guitarra aos 10 anos em Sant’ana do Livramento, fronteira com o Uruguai. Foi depois de juntar a mesada do meu avô e pedir conselhos à minha mãe que resolvi comprar o The Dark Side of The Moon, do Pink Floyd, de presente de aniversário para o meu pai. Desde lá tudo mudou.

Aos 16 anos me mudei para Porto Alegre para ingressar na faculdade. Nesse período entrei para a Pública, banda a qual faço parte há dez anos, quebrei galho como baixista na banda Bidê ou Balde e fundei, junto a amigos, a banda Império da Lã. Também foi nessa época que recebi o apelido de GURI, dado pelo meu amigo Pedro Metz, desde então é assim que respondo quando me chamam na rua. Aos 22 me mudei para São Paulo, onde além de tocar na Pública comecei a acompanhar como guitarrista diversos artistas: Junio Barreto, Tita Lima, Martin Mendonça, Quarto Negro, Flu, Beeshop, DelvinDelux, China, Barbara Eugênia, Otto, etc.

No começo de 2012 decidi que iria gravar o meu primeiro disco solo, compondo e cantando músicas que concebi no começo do ano. Por incrível que pareça, demorei 26 anos para fazer uma canção. Depois de cair a ficha a coisa engrenou e escrevi o resto das músicas que compõe o repertório do meu primeiro disco. O disco ganhou o nome de “Quando calou-se a multidão” e traz dez canções que retratam temas como amor, saudade, medo, sorte, relações e etc.

O disco foi praticamente todo gravado em Porto Alegre, em maio de 2012, no Estúdio Mu Bemol. Foi belissimamente captado por Gilberto Júnior, que também assina a produção do disco comigo. Além de mim, chamei uma banda base composta por Thiago Guerra na bateria, Pedro Porto no baixo, Luciano Leães Teclas e Juninho (Gilberto) como curinga, além da participação de diversos amigos.

Site oficial: http://www.guriassisbrasil.com.br
Escute: soundcloud.com/guri-assis-brasil
Curta: facebook.com/guri.assisbrasil
Assista: youtube.com/GuriAssisBrasil
Twitter: @guriassisbrasil

Serviço:
O QUE: Ocidente Acústico – edição 716 – Show com: Guri lançando o álbum Quando Calou-se a Multidão
Abertura: Bife Simples
QUANDO: 12 de dezembro (quinta) de 2013 – 22 horas  
QUANTO: R$25,00 (vinte e cinco reais )
ONDE: Ocidente – João Telles esq. Osvaldo Aranha
INFORMAÇÕES: 51 3312 1347 – www.ocidente.com.br

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!