Hermano Láser lança “El Problema de La Forma”, seu novo disco

Hermanos Láser / Divulgação

Hermanos Láser (pronuncia-se “lásser”) é uma das bandas de referência da cena independente do rock uruguaio. Desde a sua formação (2011) conseguiu surpreender o público e a crítica. Integrada por Martín Cáceres, Sebastián Cáceres, Flavio Galmarini, Gastón Solari, Ignacio Vecino e Francisco Cunha, lançou seu 1º álbum em 2013, o homônimo “Hermanos Láser”, com dez canções que navegam entre o indie rock, pop e folk. Com linhas melódicas inspiradas, letras reflexivas e sinceras e arranjos surpreendentes, ganharam dois Prêmos Graffiti no Uruguai em 2014: “melhor artista novo” e “melhor álbum de rock & pop alternativo”. Marcando presença em grandes festivais (MVD Rock, We Colour, MVD Sound City e Rock’n Fama) onde tocaram com destacadas bandas internacionais (Pixies, Vampire Weekend e Johnny Marr) se projetaram rapidamente. Também dividiram o palco com grandes nomes do rock uruguaio (La Vela Puerca e No Te Va Gustar). Os Láser se encontram bem próximos de propostas como as das bandas Wilco e Band of Horses, entregando um pop-folk que conserva com boa saúde suas raízes roqueiras.

O selo Ímã Records iniciou a divulgação da banda no Brasil em 2015 com um EP de 05 músicas. Em fevereiro deste mesmo ano eles abriram o show da banda gaúcha Vera Loca no Theatro São Pedro, em Porto Alegre (07 e 08/02). Dois anos depois retornaram à capital gaúcha para show em comemoração ao Dia Internacional do Rock no Bar Opinião (13/07/2017).

Em outubro de 2018 lançaram seu segundo disco, “El Problema de la Forma”, com produção assinada por Gabriel Casacubierta, baixista do grupo Bajofondo Tango Club e também integrante do coletivo musical “Campo” dirigido por Juan Campodonico.

Ímã Records lança “El Problema de la Forma” no Brasil.

Selo que já lançou no Brasil dois álbuns do grupo No Te Va Gustar e um da banda SOCIO (projeto artístico do cantor e compositor Fede Lima), a Ímã Records lança agora Hermanos Láser. O diretor do selo, o produtor Antonio Meira, fala sobre como conheceu a banda uruguaia: “Foi na primeira edição do festival MICSUR, em maio de 2014, em Mar del Plata (Argentina). O MICSUR reuniu artistas de 10 países sul-americanos num intercâmbio para viabilizar enlaces e aproximação da industria cultural nos setores de audiovisual, editoras, música, artes cênicas, videogames e moda. Em um showcase promovido pelo Ministério de Educação e Cultura do Uruguai, eles tocaram seis músicas. Me chamou a atenção um recurso que usam com maestria: arranjos vocais. Os Láser criam verdadeiros ambientes com seus backings. E o próprio repertório, canções de melodias marcantes e refrões autocolantes, onde sofisticação e simplicidade não duelam, é um achado. Saí do show convicto de que eles teriam uma ótima recepção pelo público roqueiro no Brasil, sempre ávido por novidades”.

EL PROBLEMA DE LA FORMA: Ímã Records www.imarecords.com.br
Faixas: 1. Autralia 2.Tormentas 3. Misteriosamente 4. Volcán 5. Selva 6. Panorámica 7. Interior 8. Mercurio 9. Sombra 10. Cárcavas

ONDE ENCONTRAR:
Vendas online do CD Físico: www.multisom.com.br
Vendas de CD Físico: Lojas Multisom (RS e SC) e Livraria Bamboletras (POA)
Streaming e Download: Spotify, iTunes e Deezer

PARA SABER MAIS SOBRE A BANDA:
www.hermanoslaser.com.br
www.youtube.com/channel/UC_yTgkppa6_OKOohb2IctuA
www.instagram.com/hermanos.laser
https://open.spotify.com/artist/1G3t1G8HB4X8DIAaix8JaX
www.facebook.com/hermanoslaser
https://twitter.com/HermanosLaser

HERMANOS LÁSER: A FORMA E O CONTEÚDO (por Jimi Joe / Verão 2019)

Conta uma lenda (uma lenda extremamente urbana) que quando alguém perguntou a Andy Warhol como ele definia o pop, Warhol teria respondido “eu não defino, eu crio o pop”. Forma e conteúdo, pop e suas inevitáveis associações e origens (rock, folk, elementos de world music) são o estofo de “El Problema de La Forma”, segundo álbum dos uruguaios Hermanos Láser que marca a chegada oficial deles ao Brasil. A questão da forma começa pela preocupação com a primeira impressão que temos de um disco como costumava ser: a capa. E a parte gráfica, que é parte fundamental da formação do grupo, não é apenas a ponta do iceberg mas um convite para desembrulhar uma obra que vem recheada de um conteúdo exemplar concretizado no formato de 10 canções aperfeiçoadas ao extremo.

Fique atento aos sinais. O disco abre com “Australia”, uma canção que é muito mais uma metáfora sobre a descoberta de novos horizontes do que exatamente referência explícita ao país continente. Não poderia ser uma abertura mais apropriada, preparando os ouvidos para o que vai se experimentar na sequência. Aliás, todas as 10 canções de “El Problema de La Forma” são estruturas muito bem construídas envoltas em arranjos caprichosos marcados pela sutileza e precisão. Quando se chega ao refrão de “Tormentas”, a impressão é de que estamos diante do hit do disco já na segunda faixa, mas “El Problema de la Forma” reserva muito mais para quem ainda se permite o prazer da audição completa de um álbum em tempos de apressadas escutas efêmeras.

É o caso de “Sombra”, com mais um refrão poderoso e reveladora de todo potencial dos Hermanos Láser no trato perfeito dos vocais extremamente afinados.

Melodias, arranjos e harmonias vocais, aliás, são as molduras ideais para versos profundamente confessionais que espelham preocupações com relações amorosas, mas vão além delas para abraçar uma poderosa visão existencialista da vida como um todo com seus questionamentos inevitáveis.

Em “El Problema de la Forma”, o grupo não propõe soluções fáceis nem canções de auto afirmação mas sim leva o ouvinte a refletir sobre uma multitude de certezas por vezes equivocadas da existência, o que não impede um tom otimista ainda que envolto em sarcasmo como quando eles nos alertam “y además sos lo mejor, preferis reír a morir”. E a cada audição o álbum se revela capaz de surpreender com suas nuances musicais que carregam um DNA muito particular independente de todas as inevitáveis influências.

Sobre Rock Gaúcho 1990 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.