Hibria toca no Rock in Rio nesta quinta-feira, a partir das 16hs

A banda porto alegrense Hibria chegou de sua quinta turnê na Ásia para a sua apresentação no Rock in Rio.

Com o novo álbum “Silent Revenge” lançado em todos os continentes, é a vez dos brasileiros receberem o show do grupo, que está entre os mais vendidos do Japão segundo a maior loja de discos do país, a HMV, e é considerada a “terceira força do Metal nacional”, segundo a maior revista especializada do Brasil, a Roadie Crew.

O show no Rock in Rio será no dia 19 de setembro, no Palco Sunset, a partir das 16 horas e contará, também, com a banda Almah.

O vocalista Iuri Sanson comenta sobre a expetativa:

“Tocar no Rock in Rio vai ser uma grande conquista na carreira do HIBRIA e dos seus integrantes. Quando recebemos o convite da produção foi espetacular e o mais engraçado é que não tínhamos como divulgar antes do anuncio oficial do evento, então, ficamos todos naquela angústia. Afinal, quem não gostaria de sair berrando na rua que vai tocar no maior evento de Rock do mundo, certo?”

O músico também completa: “Esse convite para o HIBRIA é a concretização de um trabalho de mais de 15 anos e vai ser a grande chance de mostrar o nosso show para um público imenso. Estamos trabalhando firmes para fazer o melhor e suar muito a camisa nesse dia. Também será uma honra tocar junto com o Almah. Estamos preparando uma surpresa no final do show com as duas bandas juntas no palco. Será inesquecível para nós”.

Em seu quarto disco de estúdio, o HIBRIA coloca tudo que seu fã se identifica: músicas velozes, virtuose, vocais perfeitos e refrãos marcantes. Mas não para por aí, tem muito mais nesse novo trabalho. A começar pelo direcionamento das músicas, temos uma banda muito mais pesada, com riffs tanto de guitarra quanto de bateria beirando o Thrash Metal! A adição de Renato Osório ao lado do veterano Abel Camargo se encaixou como uma luva, e a dupla desfila alguns dos melhores riffs e solos da história do Hibria.

Tal como a direção mais pesada das músicas, a cozinha seguiu a mesma pegada com Benhur Lima em seu disco mais inspirado, aliando toda sua técnica e feeling à passagens pesadíssimas. Já falar da bateria do Hibria chega a ser redundante, afinal de contas estamos diante de um dos melhores baterista da história deste país, Eduardo Baldo, que mais uma vez se superou, inclusive apresentando algumas levadas que beiram o Death Metal.

Os vocais de Iuri Sanson são os melhores de sua carreira. O músico se mostrou de uma versatilidade inimaginável, percorrendo uma gama de tons e timbres que irá surpreender até o fã mais conhecedor do grupo.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!