Matanza Fest 2013: Ingressos no terceiro lote

No ano passado, o Matanza criou o seu próprio festival. E o sucesso da empreitada foi tanta que a banda vai repetir a dose em 2013. O Matanza Fest, que tem como principal bandeira o fortalecimento da cena roqueira nacional, vai ser realizado em Porto Alegre, no dia 7 de dezembro. Além dos anfitriões do Matanza, que serão os responsáveis pelo último show da noite, também irão passar pelo palco do Pepsi on Stage o Velhas Virgens, um dos nomes mais importantes do rock brasileiro nas últimas duas décadas, a Distraught, que é um representante de peso do thrash metal gaúcho, e o Peixe Voadores. E os ingressos para o encontro das quatro bandas acabou de passar para o terceiro lote. As entradas seguem à venda nas lojas Multisom e pelo site www.opiniaoingressos.com.br por R$ 60 (pista) e R$ 80 (mezanino).

MATANZA

O Matanza foi idealizado nos idos de 1996 por Jimmy London e Donida, com a ideia de explorar as melodias simples da fase inicial do cantor norte-americano americano Johnny Cash. A banda gravou a sua primeiro demo em 1998, chamada “Terror em Dashvillie”. Completavam a formação o baterista Nervoso e o baixista Diba.

Em 1999, uma nova demo atrairia a atenção do produtor Rafael Ramos e levaria o Matanza a assinar com a hoje extinta Abril Music. O primeiro CD do grupo foi gravado em dezembro de 2000 e lançado em março do ano seguinte. “Santa Madre Cassino” não emplacou nenhum sucesso radiofônico, mas serviu para que o Matanza fosse conhecido em todo o Brasil.

Já a história de “Música para Beber e Brigar” (2003), o segundo álbum do grupo, foi um pouco diferente. Os videoclipes das músicas “Pé na Porta, Soco na Cara” e “Bom é Quando Faz Mal” estouraram na MTV e o Matanza começou a lotar todos os seus shows pelo país. Em, em meados de 2006, o lançamento de “A Arte do Insulto” revelou uma banda imensamente mais profissional, apta a encarar a estrada. O destaque do disco foi “Clube dos Canalhas”, um dos principais hits do Matanza até hoje.

Famosa pelos seus shows intensos, o Matanza é hoje formado por Jimmy London (vocal), Maurício Nogueira (guitarra), China (baixo) e Jonas (bateria). E a novidade da mais recente turnê da banda é o álbum “Thunder Dope”, lançado em novembro de 2012. É com ele que a banda busca um retorno ao rock cru e direto dos seus primeiros trabalhos. É o Matanza mais Matanza do que nunca: pesado, rápido, mal-humorado e tocando o country-hardcore que é a sua marca registrada.

VELHAS VIRGENS

1986 foi um ano acidentado, marcado pelo trágico acidente nuclear em Chernobyl, muito relembrado agora, após a tragédia no Japão. No entanto, outro acidente, quase tão terrível, aconteceu no México, no mesmo ano: a argentina foi bicampeã de futebol. No céu, o cometa Halley deu as caras. No Brasil, o querido fusca deixou de ser fabricado. Pouca gente lembra, mas em 1986 nosso dinheiro passou a se chamar cruzado, durante o governo Sarney. Sim, ele continua em Brasília até hoje.

Com muito menos alarde do que todos esses acontecimentos, no conservatório musical de Santana, zona norte de São Paulo, dois jovens tramavam o plano maligno de fundar a banda mais desbocada, mais divertida e mais embriagada do Brasil. Foi em 1986 que Alexandre Dias (Cavalo) e Paulo de Carvalho (Paulão) criaram a banda das Velhas Virgens, inspirados num filme de Mazzaropi. Sem a menor pretensão de durar um quarto de século, lançar discos ou sequer compor músicas. No máximo, um show e umas cervejas no Bixiga. Nada mais.

E não é que eles conseguiram? Chegaram às bodas de prata, tendo na formação, além de Paulão (vocal) e Cavalo (guitarra), Tuca Paiva (baixo), Roy Carlini (guitarra), Simon Brow (bateria) e Juliana Kosso (vocal). São onze CDs, três DVDS, uma cerveja e uma revista em quadrinhos. Pioneiros na cena independente, politicamente incorretos quando esse conceito sequer havia sido inventado, as Velhas Virgens entram nesse ano comemorativo com muitas novidades.

Novo visual, novos figurinos homenageando ícones do rock n’ roll, além de palco e iluminação renovados. Isso tudo será o pano de fundo para a turnê comemorativa aos 25 anos do Velhas Virgens, sem falar na volta de alguns personagens históricos, como o “Homem Lindo” e o “Senhor Sucesso”. E o set-list apresentará duas faces distintas: as canções sempre pedidas e pouco executadas nos shows e os sons clássicos que fizeram a fama underground das Velhas nessas mais de duas décadas.

DISTRAUGHT

Formado no inicio da década de 90 no Rio Grande do Sul, a Distraught é um dos principais nomes do thrash metal brasileiro, já tendo lançado cinco álbuns de estúdio, sendo eles “Nervous System” (1998), “Infinite Abyssal” (2002), “Behind the Veil” (2004), “Unnatural Display of Art” (2009) e “The Human Negligence is Repugnant” (2012). A banda é atualmente formada por André Meyer (vocal), Everton Acosta e Ricardo Silveira (guitarras), Nelson Casagrande (baixo) e Dio (bateria) e tem em seu currículo shows ao lado de bandas como Megadeth, Vader, Tankard e Destruction, entre muitos outros. O grupo está divulgando o novo álbum, intitulado “The Human Negligence is Repugnant”, que teve seu lançamento em maio de 2012. O disco foi gravado em Porto Alegre, no estúdio Navarro, e mixado em São Paulo no estúdio Mr. Som, por Heros Trench (Korzus). Em 2013, o Distraught segue com a sua nova tour pelo Brasil e pelo exterior, com shows já realizados na Argentina e no Chile.

MATANZA FEST 2013
Abertura: Peixe Voadores
Onde: Pepsi on Stage (Avenida Severo Dullius, 1995)
Quando: 7 de dezembro, sábado, a partir das 21h
Classificação: 14 anos

Ingressos:
Pista – 1º lote: R$ 40 [ESGOTADO]
Pista – 2º lote: R$ 50 [ESGOTADO]
Pista – 3º lote: R$ 60
Mezanino – 1º lote: 60 [ESGOTADO]
Mezanino – 2º lote: 70 [ESGOTADO]
Mezanino – 3º lote: 80

Pontos de venda:
Lojas Multisom: Shopping Iguatemi, Praia de Belas, BarraShopping Sul, Moinhos, Total, Bourbon Ipiranga, Bourbon Wallig, Andradas 1001, Shopping Canoas, Bourbon Novo Hamburgo e Bourbon São Leopoldo
Aplace: Rua Voluntários da Pátria, 294/150
Zeppelin Rock Wear: Rua Marechal Floriano, 185/209
Online: www.opiniaoingressos.com.br

Informações:
www.opiniao.com.br
www.twitter.com/opiniao
www.pisca.com.br
(51) 3211-2838

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!