Morre o radialista e pesquisador musical gaúcho Ricardo Barão

Um dos maiores divulgadores locais do rock e da world music, Ricardo Barão morreu no sábado perto do meio-dia, vítima de uma parada cardíaca. O radialista, pesquisador e produtor musical tinha 56 anos e foi enterrado neste domingo pela manhã no Cemitério Jardim da Paz, em Porto Alegre.

Ricardo Barão estava internado no Hospital Vila Nova, onde fazia desintoxicação por causa do álcool. O radialista, porém, apresentava um quadro sério de anemia e acabou entrando em coma e morrendo no final da manhã deste sábado. Ele deixa dois filhos, Erick e Artur.

Ricardo Espinosa Kurtz nasceu em Passo Fundo e mudou-se ainda garoto para Porto Alegre. Na década de 1980, teve uma atuação destacada na cena roqueira do Estado, tanto incentivando artistas e bandas daqui quanto divulgando a produção nacional e internacional do gênero. Barão foi um dos criadores em 1983 da Rádio Ipanema FM, que marcou época com uma programação musical eclética que ia do rock à MPB, passando pela música urbana gaúcha. À frente do programa Central Rock, o locutor foi o produtor executivo dos discos Rock Garagem (1984) e Rock Garagem II (1985), coletâneas fundamentais que reuniam nomes então emergentes da música jovem sulista como Taranatiriça, Urubu Rei, Garotos da Rua, Replicantes, Os Eles, Prize, Fluxo, Astaroth e Leviathan.

– O Barão foi um cara fundamental para a cena musical do Sul. Malucão, supercriativo, superativo, incendiava as noites com o seu programa Estúdio 576 (Bandeirantes FM, posteriormente Ipanema), que foi uma espécie de cartilha do rock’n’roll pra toda a geração de músicos dos anos 1980 – recorda Kátia Suman, radialista e apresentadora de TV que foi colega de rádio de Barão.

Sempre pioneiro, Barão abriu ainda na década de 1980 o bar Rola Rock na Cidade Baixa, uma das primeiras casas de shows roqueira da Capital, e a Disco Voador, a maior loja de discos de rock da época em Porto Alegre.

Nos últimos anos, Ricardo Barão dedicava-se à divulgação da world music e da música étnica, tanto no programa Música do Mundo, na rádio FM Cultura, quanto no site www.musicadomundo.com.br, atualmente fora do ar.

Leia o obituário completo de Barão e depoimento de amigos no Segundo Caderno da Zero Hora desta segunda-feira.

Veja em vídeo entrevista recente com o radialista sobre o projeto Música do Mundo

 

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!