Na boleia com Lítera

Idealizada no bairro Sarandi, em Porto Alegre, a banda Lítera vive para fazer música, mas sem se preocupar com o gênero musical, e sim com a qualidade. O grupo se formou graças aos amigos Rodrigo Bonjour (bateria) e André Neto (vocal), que juntos tiveram a ideia de compor músicas próprias. O baterista conta que no inicio chegou a ser o guitarrista da ‘Absolon’, primeiro nome da banda:

– Nosso ponto alto foi a participação no Festival de Música de Porto Alegre pela primeira vez, para nós foi o máximo, nem lembro que ano era. Depois a banda foi mudando, a formação foi mudando até que ficamos sem baterista. O Thiago entrou para a guitarra e eu passei para bateria. Neste momento que mudamos o nome da banda para Lítera e que começamos a compor as músicas que entraram para o nosso primeiro disco.

Formada por André Neto (vocal), Rodrigo Bonjour (bateria), Thiago Marques (guitarra) e James Pugens (baixo); a Lítera já passou por grandes experiências apesar da ainda curta trajetória. Em 2007 a banda foi finalista do Festival de Música de Porto Alegre, além de ter participado das coletâneas da Ipanema FM e Rádio Pop Rock. Para Bonjour essa experiência vivida com a banda mudou muito sua vida e a dos outros integrantes:

– Éramos piás quando começamos, não tínhamos grandes compromissos com quase nada. Hoje temos mais peso, mais filhos (eu tenho 3), menos tempo útil e muito mais compromissos. Nosso compromisso com a banda hoje é muito maior pois hoje tem pessoas que nos ouvem, então tem uma certa pressão nossa mesmo de fazermos tudo com a maior qualidade possível pois queremos que as pessoas ouçam, tenham vontade de ir nos shows, queiram compartilhar e acompanhar nosso trabalho.

Sobre a história do nome Lítera, Rodrigo fala que a ideia original era que o que tivesse sido escolhido não significasse absolutamente nada: Fizemos uma reunião e cada um trouxe sugestões e o André sugeriu Lithium, que era uma música do Nirvana. Como já tinha bandas covers de Nirvana com esse nome, trabalhamos em uma variação do nome até que saiu Lítera.

O que vem por aí

Atualmente a banda está trabalhando na produção do segundo trabalho, que deve ser lançado no segundo semestre de 2015: Em 2013 lançamos um EP chamado ‘A Marquesa’, que contava com quatro músicas dedicadas a Domitila. Já em 2014 foi lançado outro EP com quatro músicas desta vez dedicadas ao Dom Pedro I. Nosso disco terá, além das 8 músicas já, outras 4 inéditas.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!