Na véspera de estrear álbum, Rod Krieger divulga quarto single: ouça Despertar

Rod Krieger / Divulgação

Despertar, originalmente, nasceu como uma balada psicodélica folk, mas, ao ganhar o riff de guitarra que abre a música, encarnou o mood British sixties, enquanto canção de rock. A faixa, que tem o título inspirado no livro Um Novo Mundo: O Despertar de uma Nova Consciência, do alemão Eckhart Tolle, fala sobre a rotina de Rod Krieger, como acordar antes do sol nascer, alinhada a uma percepção mais generosa com o mundo.

Com uma letra simples e direta, a canção é o quarto single do álbum A Elasticidade do Tempo, que será lançado dia 20 de Março. “Despertar foi a minha escolha para ser o single que antecede o disco, porque acredito que ela consiga resumir o conceito do álbum e a minha atual fase de uma maneira mais direta. A batida dos anos 60, com a influência mod/psicodélica que vem da minha formação musical, misturada com elementos eletrônicos, mostra muito as referências que eu busquei para o trabalho. Não só a parte musical, mas também a parte lírica definem muito do que se trata o disco, Despertar é uma letra que fala sobre ampliar a consciência e quebrar um pouco dos padrões que temos impostos na nossa mente. Uma mensagem de paz e de descobrimento interior, acho que estamos precisando um pouco disso nesses tempos tão turbulentos, penso que para enfrentarmos as barreiras do cotidiano temos que estar com a mente alinhada”, conta o compositor.

Magic Beans Studio

Paralelo aos preparativos para divulgação do disco, Krieger está finalizando um estúdio em Lisboa com dois sócios brasileiros e um português. Com o nome de Magic Beans Studio será um espaço para ensaios, aulas de música, pré-produção e projetos de curadoria localizado dentro do Arroz Estúdios, centro cultural que fica em Beato. Previsão de inauguração é no início do mês de Abril.

Rod Krieger - Despertar

SOBRE ROD KRIEGER

Radicado em Lisboa desde o início de 2019, no Brasil Rod Krieger foi baixista durante 15 anos na banda Cachorro Grande, com a qual gravou cinco discos de estúdio e um DVD ao vivo, além de ter percorrido as principais cidades do país com uma intensa agenda de shows.

Além disso, devido a uma performance explosiva nos palcos, a Cachorro Grande conquistou o prêmio de melhor show na extinta premiação Video Music Brasil, da MTV, e ao longo dos anos, dividiu o palco com bandas como Oasis, Supergrass, Primal Scream, Iggy Pop, Aerosmith e abriu o show dos Rolling Stones em Porto Alegre durante a turnê Olé, em 2016. Em 2018, a banda lançou um disco ao vivo com a participação de Samuel Rosa (Skank) e no final do ano, eles anunciaram o fim do grupo.

Neste período, Rod trocou cartas com seu grande ídolo, Arnaldo Baptista, com quem nutriu uma verdadeira amizade. Foi aí que o músico criou um projeto de homenagem a Arnaldo, que contou com o próprio na primeira fila na estreia que aconteceu no Teatro da CAIXA Cultural, em São Paulo, em 2018. O projeto já reuniu nomes como Karina Buhr, Thunderbird, Tatá Aeroplano, Hélio Flanders, Charly Coombes (ex-Supergrass que mora no Brasil), entre outros.

Sobre Rock Gaúcho 2822 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.