O que está acontecendo com os universitários?

Durante o ano de 2009 tivemos uma explosão de mau gosto com o pagode e o Sertanejo Universitário, uma desculpa usada pelos organizadores de festas, donos de gravadoras e rádios pop para empurrar goela abaixo da galera desinformada, o velho pagodão meloso sem nexo, muito longe do sambão de morro, aliás, isso é partido alto, e não pagode, mas isso eu conto outro dia para vcs,  e o Sertanejão, dos clássicos Tonico e Tinoco e Trio Parada dura, agora repaginados, sem histórias bacanas como eram as histórias cantadas pelos véinhos sertanejos, agora cantada em duetos, por duplas Romanticuzonas que enrolam a música toda e não chegam a lugar nenhum, termina a música e vc se pergunta: do que trata este som?

Mas enfim, esta onda de qualquer coisa Universitária, tá enchendo o saco e dando no que falar, na verdade é um rótulo para dar um status de  algo mais cool, bacanão, legalzão, pra sons, e festas que já rolavam antes, no meio brega e popular, e que agora, com esta cara nova, tentam pegar galera com mais grana, e desinformada,pra gastar uns pilas nestes eventos, e o pior, muitas vezes conseguem!

Mas faça o teste, não do pezinho, nem do bafômetro, não que os frequentadores destas festas de gosto duvidoso sejam loucos ou bêbados, faça o teste do Universitário! boa essa, faça o teste do Universitário, nas festas universitárias, e irá constatar que a maioria que tá lá no máximo passou na frente da universidade, ou na rua do lado, pô, eu fui universitário, universitário é um inferno, você nunca tem grana, tem que gastar com o estudo, tá sempre duro, no máximo consegue juntar os amigos e tomar umas cervejas, um show? só aqueles de graça que rolavam na redenção e no gasômetro, o universitário é um amaldiçoado, ele tá no limbo, entre o céu e o inferno, o tempo livre que ele tem pra ir nas festas, tem que ficar estudando, tu acha que vai encontrar universitário em festa universitária , que cobra ingresso de R$50,00 ? NEM A PAU!

E se encontrar universitário nestas festas, o cara já tá rodado mesmo, aí é quase ex-universitário, ou veio ao mundo a passeio, ou rodou no teste do pezinho ou do bafômetro, ou todas as alternativas acima.

O Sertanejo Universitário chega no campus da UFRGS, lá em viamão, de cavalo, chapéu, berrante (ou celular em forma de guampa) apeia do cavalo, bate com chapéu na roupa pra tirar a poeira, e se apruma na cela (cadeira) pra assistir a uma aula de filosofia, em muitos cursos, uma cadeira obrigatória, e na aula sobre ética a nicômaco, o sertanejo universitário pira a cachola, a cabeça ferve, as caspas viram milhopã, sim, cara que usa um chapelão daqueles todo dia tem muita caspa né? pô,  não oxigena o couro cabeludo, aí já era, o sertanejo sai correndo da sala de aula, vai pro bar, encontra outro sertanejo universitário desesperado que nem ele, bebem, choram, bebem, choram mais um pouco, se abraçam e montam uma dupla sertaneja.

Sertanejo Universitário… é dose!

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!