Obscurity Vision: “20 anos e novo álbum” – ENTREVISTA EXCLUSIVA

Obscurity Vision / Divulgação

Novo álbum, 20 anos de fundação, mudanças na formação e muito mais. Hoje conversamos com a banda catarinense OBSCURITY VISION, para sabermos um pouco mais sobre todos os projetos que cercam este antigo grupo de Death/Black Metal. Confira:

20 anos de fundação do OBSCURITY VISION certo? Conte-nos, como o grupo iniciou seus trabalhos?

Luiz Rodriguez: Saudações. A banda começou, em 1997, como uma brincadeira de um grupo de amigos que se reuniam para ouvir som, tomar velho barreiro e fumar Derby.

E numa dessas “reuniões” surgiu a ideia de montar uma banda, mesmo sem ninguém saber tocar direito. Um foi comprando um instrumento, outro conseguia emprestado, e assim foi o começo, na época não existia uma formação fixa, era uma bagunça sonora. Com o tempo, foi se estabelecendo a formação, em quarteto, e por volta dos anos 2000 assumiu o nome Obscurity Vision.

 

A banda passou por várias mudanças na formação desde seu início? Fale um pouco sobre a atual formação do grupo.

Luiz Rodriguez: Sim, desde seu inicio, bastante gente já passou pela banda. E o principal motivo das paradas que a banda teve, foi devido a dificuldade de encontrar músicos para tocar nosso som, devido a região de origem da banda ser uma cidade pequena.

Hoje a banda conta com Luiz Rodriguez e João Rodriguez nas guitarras, Rafael Vicente nos vocais, Luiz Trentin na Bateria e Altamiro Matos no baixo. Esta formação esta muito focada, grandes músicos e amigos. João um excelente e criativo guitarrista, Rafael um dos melhores vocalistas do estilo na região sul em atividade, Luiz Trentin um garoto que vem evoluindo a cada dia mais, tanto em velocidade quanto em precisão, Altamiro um virtuoso da guitarra, que assumiu a missão de fazer as linhas de baixo, e eu (Luiz Rodriguez) tenho uma guitarra (risos).

 

Fale um pouco sobre o “Dark Victory Day”? O que podemos esperar da banda neste trabalho?

Luiz Rodriguez: Maturidade! Esta é a palavra que define o som do disco. Quando começamos, e gravamos nossa demo em 2002, tínhamos pouca experiência, tanto musical, quanto de produção. A demo demonstra muita força de vontade e uma sonoridade bem crua. Já o disco, esta com a mesma pegada em termos de força de vontade, porém muito mais trabalhado. Nos preocupamos com uma produção mais ríspida, quase ‘old school’. O resultado esta incrível, Obscurity Vision no seu melhor estado. Puro, pesado, melódico e caótico.

 

Há mais detalhes a se revelar deste debut álbum?

Luiz Rodriguez: A capa do disco ficou a cargo do artista sueco Jan Pysander Whitney, muito competente e que pegou a essência da banda, da música e do álbum. Ficou incrível!

O disco conta nossa história musical, com músicas de todas as fases da banda. Desde nossa primeira composição, chamada “Apodrecendo”, feita ainda nos anos noventa, a músicas compostas nos últimos anos.

Ouvindo a música “I Can See” é notável um certo “abismo evolucional” para a última demo. Na visão de vocês, a que se deve este fato?

Luiz Rodriguez: Verdade, no tempo da demo, o negócio era velocidade, e velocidade. Ouvíamos o Marduk, Setherial, e queríamos fazer algo tão rápido quanto, sem teoria musical, equipamentos adequados, e sem nenhuma experiência, fazíamos o que era possível, e o resultado foi aquele. Apesar de toda esta deficiência, nos orgulhamos muito da demo.

Hoje, além de músicos e pessoas mais experientes, os equipamentos, tecnologia e informações estão muito mais acessíveis, facilitando muito o resultado. Nos preocupamos muito em o disco soar bem executado, humano. É com certeza o melhor de nós.

E para a divulgação de “Dark Victory Day”, o grupo pretende trabalhar em algo para impulsionar este novo álbum? Um videoclipe, quem sabe?

Luiz Rodriguez: Assim que terminamos as gravações, já saímos procurando shows, mídias, afim de divulgar este nosso trabalho. Já estamos fazendo algumas apresentações e outras estão marcadas, o material físico já esta na fase de finalização da arte e indo pra prensa, ansiosos pelos reviews e comentários a respeito do mesmo.

Estamos finalizando também um lyric vídeo, da música “Violência”, cantada em português, que esta na fase final da produção e já colocaremos no ar, afim de ajudar na divulgação. A música “Dark Victory Day” também vai ganhar um videoclipe, estamos na parte de criação do roteiro ainda, e estará no ar em breve também.

 

Como funciona a parte de composição, tanto lírica quanto instrumental do OBSCURITY VISION?

Luiz Rodriguez: No começo da banda, a parte instrumental ficava mais para mim, mas com o passar do tempo, e a entrada de novos integrantes, o negócio foi mudando. No álbum tem músicas minhas, do João, e do Nery (nosso antigo baixista). Agora com entrada do Altamiro, teremos mais um compositor. A intenção sempre foi de todos em tudo, onde a ideia de todos conta e muito em qualquer parte do processo da banda. Seja composição, ou qualquer outro assunto referente a banda.

Já na parte lírica, a maioria das músicas fica a cargo do Rafael, que tem um feeling muito bom para escrever, e cria letras excelentes em pouco tempo. No disco tem algumas letras minhas, mas a maioria é do Rafael.

 

Quais são as temáticas abordadas nas músicas?

Luiz Rodriguez: Abordamos vários assuntos, desde distúrbios sociais, guerras, dilemas humanos, conflitos internos, depressão, até temas anti-religião, bastante usado na maioria das composições por sinal.

 

Fale um pouco das influencias musicais da banda?

Luiz Rodriguez: Boa pergunta! O que é engraçado nisso, é que ouvimos praticamente as mesmas coisas de 20, 15 anos atrás, bandas como Rotting christ, Azaghal, Handful of Hate, Sarcófago, Death, Carcass, Morbid Angel.

Pelo menos para mim, estas são as grandes influencias no som que fazemos.

 

Como a vocês veem a cena underground na região em que vivem?

Luiz Rodriguez: Ela esteve na UTI, em estado grave e delicado, sem nenhuma perspectiva de melhora, teve uma geração que não se interessou pelo Metal. Mas notamos de um tempo para cá, que as coisas estão mudando, surgindo shows, festivais, bandas novas, pessoal mais antigo voltando a tocar, casas abrindo as portas para o estilo. As mídias digitais tem um papel importantíssimo nisso, levando material e informação a todos os lugares, aproximando as bandas do público, estamos esperançosos, claro que existe o pessoal que esta sempre de ‘mimimi’, procurando treta, mas procuramos não nos envolver, pois é totalmente desnecessário e só enfraquece a cena.

 

A banda sonha com turnê nacional ou europeia? Se sim, este sonho está perto de se realizar?

Luiz Rodriguez: Com certeza. Não é um sonho tão distante, mas precisamos de muito trabalho. Nosso foco agora é divulgar nosso disco, estamos fechando uns shows regionais, e para ano que vem, festivais maiores e lugares mais distantes estão em nossos planos. E dependendo de como for isso no ano de 18, novidades e voos mais longes acontecerão em 19.

 

Há algum projeto futuro que queira apresentar aos nossos leitores?

Luiz Rodriguez: Estamos agora com o disco e os vídeos chegando, estamos trabalhando na atualização e modernização de nossa página oficial. Onde estarão todos estes materiais, agenda, história, e uma shop para venda de camisas, CD´s, demo e possíveis materiais futuros que estamos planejando.

 

Deixamos este espaço para as considerações finais.

Luiz Rodriguez: Queremos avisar a todos que já conhecem a banda, e os que ainda não, que estamos trabalhando duro para disponibilizar nosso som em todas as plataformas, videoclipes, para que possam acompanhar esta evolução da banda e se possível, consumir nossos materiais. Queremos ver todos nos shows, conversar pessoalmente ou online, e quem quiser chamar a banda para fazer um som em sua cidade, será um prazer.

Obrigado.

Ave Obscurity Vision!

Contato para shows e assessoria: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/obscurityvision.br
http://www.obscurityvision.com/
http://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/ObscurityVision/40

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!