Os Pampa Haoles na onda da sexta-feira 13 com música inspirada em lenda urbana de Porto Alegre

Os Pampa Haoloes / Marcelo Allende

A sexta-feira 13 costuma colocar em pauta assuntos macabros. E Os Pampa Haoles entraram na onda, mas de maneira antecipada. É que em 30 de janeiro, o trio de surf music formado por Rodrigo Nizolli (guitarra), Gabriel Bard (guitarra) e Luigi Rokero (bateria) disponibilizou um vídeo para a faixa ‘Espectro Claussner’. O tema é inspirado na lenda urbana porto-alegrense conhecida como “crimes da Rua do Arvoredo”, a qual versa sobre gente que era assassinada para virar linguiça.

Os Pampa Haoles - Espectro Claussner

Conta-se que restos mortais humanos eram misturados à carne bovina e usados para fazer a iguaria. O título da música faz referência a um dos envolvidos, o alemão Carlos Claussner, proprietário do açougue no qual o embutido batizado era vendido e quem ensinou o ofício de carniceiro a José Ramos. Esse último e sua esposa, a húngara Catarina Paulsen, eram quem abatiam as vítimas. Uma delas foi o próprio Claussner ao manifestar insatisfação com a cidade e o desejo de ir embora.

“Certa noite eu estava passando pela Fernando Machado (antiga Rua do Arvoredo) rumo a algum bar da Cidade Baixa. Foi quando veio o riff central da música na cabeça. Para não perder a ideia, enviei para o Rodrigo e o Gabriel assoviando como áudio de Whatsapp, apenas como um registro. No ensaio seguinte, os guris tinham “tirado” esse assovio nas guitarras e começamos a trabalhar a composição. Ainda não tínhamos um nome, mas chamamos de ‘Fantasma’, pois o riff é daqueles bem clássicos de filmes estilo lado B. Foi então que o Gabriel veio com a sugestão de ‘Espectro Claussner’ fazendo referência à lenda”, explica o baterista Luigi.

Nem só de mitos sinistros da capital gaúcha são compostos os sons d’Os Pampa Haoles. Temáticas cotidianas e praianas também estão entre as inspirações. O primeiro álbum de estúdio do grupo compila essas referências em sete faixas que têm a surf music como norte, mas que navegam também por ritmos latinos e pelo rock garageiro.

Aliás, a banda precisa da sua ajuda para viabilizar esse registro. Por isso, está promovendo uma campanha de financiamento coletivo que oferece recompensas variadas junto ao CD. Adesivos, camisetas, ecobag e entrada para o show de lançamento estão entre as opções.

Acesse e colabore neste link.

Embarque nessa e não deixa a produção independente encalhar!

Sobre Rock Gaúcho 2654 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.