Papas da Língua

Histórico – Formada em 93, a banda reuniu músicos experientes. Léo Henkin na guitarra, Serginho Moah no vocal, Zé Natálio no baixo e Fernando na bateria.

A Mídia – Ainda no início da carreira, as músicas foram descobertas pelos produtores das novelas, e a faixa Encontros Amargos foi tema de um personagem em Cara e Coroa, da TV Globo.  Garotas do Brasil virou trilha de Malhação. No encontro chamado MTV Tordesilhas, a banda tocou ao lado dos mais consagrados artistas da América Latina em Porto Alegre, com transmissão pela MTV Brasil e Latina. Com muita execução e sucesso de público, a música Viajar foi escolhida para a campanha de rádio e TV do Shopping Iguatemi Porto Alegre e ficou no ar por 1 ano. A banda foi escolhida pela Coca-Cola para gravar o tema de verão da companhia. O cineasta Jorge Furtado, dirigiu Houve Uma Vez Dois Verões, e escolheu a música “No Calor da Hora” como tema principal.
O diretor Jayme Monjardim, após assistir ao show da banda em São Paulo escolheu o hit Eu sei para fazer parte da trilha sonora  da novela Páginas da Vida, da TV Globo. A banda gravou também uma participação nas cenas da novela. O capítulo  foi ao ar no dia 14 de agosto. No estúdio, a banda fez um show ao vivo, tocando sucessos como Essa não é a sua vida, Blusinha branca, Ela vai passar e Vou ligar.
Eu sei migrou da telinha para as rádios de todo o país, ficando sempre entre as músicas mais pedidas pelos ouvintes. A execução desta faixa nas rádios colocou “Eu sei” em primeiro lugar na Crowley das principais cidades brasileiras por 6 meses continuamente.
Recentemente a música “Pequeno Grande Amor” foi escolhida para fazer parte da trilha sonora da novela Malhação, da TV Globo.
 
Grandes Concertos – Em Imbé foram 100 mil pessoas ao lado de Pericos e Tim Maia. Nos reveillons de Torres foram 350 mil nos anos de 2001 e 2003, no anfiteatro Pôr-do-Sol em Porto Alegre foram 50 mil. No mesmo local, ao lado do Skank, em 2001, foram 70 mil pessoas. O Papas é a banda com maior número de participações no Festival Planeta Atlântida, em 10 edições, somando um público médio de 500 mil pessoas. Na edição de Santa Catarina realizada em Florianópolis em janeiro de 2008, os Papas fizeram um show histórico ao lado do Nenhum de Nós para mais de 30 mil pessoas e, foi considerado pelos internautas que votaram através do site do evento, o melhor show da noite. Em fevereiro de 2007, abriram os 3 shows da banda inglesa Coldplay, no Via Funchal, em São Paulo. A produção do Coldplay recebeu materiais de bandas brasileiras interessadas em abrir e os Papas da Língua foram os escolhidos.

Regravações – As releituras de clássicos nacionais e internacionais são um desafio. No álbum Xa-la-lá, o vocalista Serginho Moah deu um show em falsete em Rock’n Roll Lullaby, de BJ Thomas. No cd Babybum a escolhida foi Baby, de Caetano Veloso.  No quarto álbum foram Sorte, nessa versão executada em parceria com a cantora Adriana Calcanhotto, e a famosa Pet Sematary, dos Ramones, agora em ritmo reggae roots.

Vídeo Clipes – Do primeiro cd “Papas da Língua”, foram Democracy e Música para Dançar. Xa-la-lá trouxe Garotas do Brasil, gravado no Rio de Janeiro e Viajar em São Paulo. Babybum apresentou Vou Ligar e Eu Sei, que reuniu imagens captadas pela banda ao longo dos shows e teve no talento do diretor René Goya, a edição de imagens emocionantes. Lua Cheia/Fica Doida estreou no lançamento do cd Um Dia de Sol. Do último trabalho a banda lançou o clipe da música Viajar, com imagens do show de gravação do CD e DVD “Ao Vivo Acústico”.

Papas Revisitado – Papas da Língua já foram regravados por outros artistas. O cantor baiano Netinho escolheu dois temas: Tentação e Garotas do Brasil. Pedro Mariano, filho de Elis Regina, escolheu Lua pra Guardar e Encontros Amargos, que foi a música de trabalho em seu cd de estréia, assim como a cantora Rosana. Em 2007 Paulo Ricardo (ex-RPM), regravou “Um dia de Sol”.

Premiações – A banda coleciona alguns prêmios e troféus desde 1993. O prêmio máximo da música do Rio Grande do Sul é o Troféu Açorianos, onde os Papas já receberam nas categorias: melhor banda, melhor disco pop, melhor baixista, melhor cantor. Também receberam, em 2002, o Prêmio Lupicínio Rodrigues, concedido pela Câmara Municipal de Porto Alegre pelo conjunto da obra. Já em 2007, Papas da Língua, dentro da categoria “banda”, foi a marca mais lembrada pelos gaúchos através da pesquisa Top Of Mind. Foram indicados também em duas categorias ao Prêmio Multishow de Música Brasileira, como banda revelação e música do ano (Eu Sei). Na Festa Nacional da Música 2007, que ocorreu em Canela-RS, Papas da Língua foi homenageado pela contribuição à música brasileira. O prêmio foi entregue pelo presidente da EMI Brasil, Marcelo Castello Branco.

Internet – O site www.papasdalingua.com.br entrou na rede em maio de 2000 e já acumula mais de 2 milhões de acessos. É um site completo onde o navegador pode encontrar matérias de jornais, as músicas dos 5 cds em real áudio, fotos de shows, vídeos clipes, agenda, e link para fã clube. A banda tem várias comunidades no Orkut, e a maior delas já ultrapassa 63 mil pessoas.  O clipe da música “Eu Sei” já ultrapassou 1 milhão e novecentos mil acessos no YouTube.

Papas Internacional – O primeiro show fora do Brasil foi em 1996, em Sanary Sur Mer, sul da França as margens do Mediterrâneo, no Festival Sud a Sul. No mesmo ano se apresentaram em Montevidéu, no Uruguai. Em 1997 fizeram parte do projeto Porto Alegre em Buenos Aires no Teatro Presidente Alvear. Durante a Copa do Mundo de 1998 na França, foram novamente convidados pela cidade de Sanary Sur Mer, onde ao lado dos Paralamas do Sucesso, Gilberto Gil, Skank, Fernanda Abreu, O Rappa e Ivete Sangalo, integraram o elenco do Brahma Brasil Festival. Em 2000, durante as festividades do Brasil 500 anos foram em missão oficial a Viena, capital austríaca. Em junho de 2005 retornaram a Europa para mais uma turnê de 4 shows e divulgação na França e Portugal. Em julho de 2006 a banda voltou a Sanary Sur Mer para participar da décima edição do Festival. Já em março de 2007, a banda realizou sua primeira turnê americana: se apresentaram em Boston, Nova Iorque, Bridgeport e Newark. Após esses shows, seguiram direto dos EUA para Portugal, onde participaram do evento Globos de Ouro, dia 1 de abril, em Lisboa. Realizaram outros grandes shows em Portugal. Na cidade do Porto, em 11 de maio, no tradicional evento Queima das Fitas, para um público de 55 mil pessoas.  Em julho um novo show em Lisboa, no Festival Delta Tejo, e dia 27 de outubro em Coimbra, na recepção aos calouros da Universidade de Coimbra, uma das mais antigas do mundo, para mais de 20 mil pessoas. Em fevereiro de 2008, o grupo realizou sua primeira turnê africana: participaram do Festival Super Bock Super Rock, realizado no Estádio da Cidadela em Luanda, Angola, tocando para um público estimado em 15 mil pessoas.

O Boom – Os Papas da Língua conheceram o sucesso na região sul com o segundo cd, o Xa-la-lá, em 1998. Praticamente todas as 13 faixas do cd tiveram execução nas rádios do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Puxados pela explosão de Garotas do Brasil, vieram Viajar, Blusinha Branca, Tentação, Mary Jane, e Noite de Reggae. Foi um marco na história do pop do sul nos anos 90. O cd e dvd  Ao Vivo Acústico, lançado regionalmente em 2004 e nacionalmente em 2006 pela EMI, trouxe outro excelente momento.

Os Números – Em 2007 já superando os 14 anos de carreira com a mesma formação, foram mais de 1000 shows em 2 continentes, mais de 2 milhões de acessos no site, mais de 1,8 milhão de pessoas já assistiram aos shows, mais de 300 mil discos vendidos em sua trajetória, 5 álbuns oficiais, 1 dvd, participaram de 10 coletânea, mais de 900 cidades…

Acústico 2004 – Em um final de semana, nos dias 30 de Abril, 01 e 02 de maio, foi gravado no Theatro São Pedro em Porto Alegre, o cd e dvd “Papas da Língua ao Vivo Acústico” e chegou às lojas em outubro de 2004. Este novo trabalho lançado pela gravadora Orbeat Music é uma retrospectiva dos 10 anos de carreira da banda trazendo grandes sucessos e músicas inéditas. Em 2006 ele foi lançado nacionalmente pela gravadora EMI e em Portugal pela Vidisco.

Lançamento/Disco de Ouro – Menos de 6 meses após o lançamento do CD “Papas da Língua Ao Vivo Acústico”, a banda recebeu o reconhecimento pela vendagem de 50 mil cópias. A entrega do Disco de Ouro ocorreu no show de lançamento no Salão de Atos da UFRGS, em Porto Alegre. Repetindo a dose de sucesso do evento de gravação, o show de lançamento também marcou recorde. Foram 3 sessões lotadas.

Papas e os melhores do mundo – Em dezembro de 2005 o craque Ronaldinho Gaúcho voltou ao Brasil de férias e realizou uma grande festa em seu sítio próximo a Porto Alegre, convidando seus amigos e suas bandas preferidas. Estavam lá a cantora Alcione, o pagode do Samba Tri e o pop dos Papas da Língua. Também estava lá a atleta de várias medalhas de ouro, Daiane dos Santos, também uma fã da banda. Nas noites de 30 e 31 de dezembro, os Papas tocaram na Praia Brava em Florianópolis e, lá estava outro amigo, o tenista Guga Kuerten.

Discografia :
Papas da Língua, gravadora Sony Music, 1995.
Xa-la-lá, Gravadora Acit, selo Antídoto, 1998.
Babybum, gravadora Acit, selo Antídoto, 2000.
Um Dia de Sol, gravadora Orbeat Music, 2002.
Ao Vivo Acústico, gravadora Orbeat Music, 2004 (CD e DVD).

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.papasdalingua.com.br
Twitter: http://twitter.com/papasdalingua
MySpace: http://www.myspace.com/papasdalingua