Paralelo Festival terá shows gratuitos de Erasmo Carlos, Demônios da Garoa e diversas atrações gaúchas em São Francisco de Paula

Yangos / Natália Biazus

A cidade de São Francisco de Paula se prepara para receber neste verão a primeira edição do Paralelo Festival. O evento com entrada franca movimentará a Serra Gaúcha nos dias 19 e 20 de janeiro com oito shows de atrações internacionais, nacionais e locais às margens do Lago São Bernardo. Apresentado pelo ator Werner Schünemann, o festival terá em seu palco artistas dos mais variados ritmos musicais, reunindo estilos como blues, jazz e rock em um mesmo fim de semana.

O festival inicia no sábado, às 17h, com abertura da banda Barba & Blues e segue com show do trio pelotense Musa Híbrida misturando sons orgânicos e eletrônicos. Depois, quem assume o palco é o músico norte-americano Vino Louden, um dos mais respeitados nomes do blues da atualidade que desembarca no Brasil pela primeira vez, vindo de Chicago diretamente para São Francisco de Paula. O encerramento do primeiro dia de evento fica por conta de Erasmo Carlos, que acaba de receber em Las Vegas o Grammy Latino por Excelência da Língua Portuguesa 2018, e apresentará seu novo trabalho, Amor é isso, que tem parcerias com Emicida, Marcelo Camelo, Marisa Monte e Adriana Calcanhoto.

No domingo, as apresentações iniciam às 16h com Yangos, grupo de Caxias do Sul que é referência na música instrumental do sul do Brasil e toca ritmos latinos da América do Sul, seguidos pela cantora Camila Toledo misturando jazz e brasilidades em canções nacionais interpretadas ou compostas por divas negras, como Nina Simone, Billie Holiday e Sandra de Sá. No fim da tarde, quem assume o palco é o grupo porto-alegrense Marmota, que já ganhou o mundo com seu trabalho autoral. A última apresentação do festival será com os músicos paulistas da banda Demônios da Garoa, que já acumula 75 anos de carreira interpretando os grandes sucessos de Adoniran Barbosa, como Trem das Onze e Tiro ao Álvaro, além de hits de outros compositores, como Eu Sou o Samba e Você abusou.

Inédito no Brasil, o Paralelo Festival nasce com a pretensão de unir qualidade e diversidade musical, contemplando as mais variadas faixas de idade. “O evento busca ainda criar um ambiente onde a música, o lazer e a contemplação da natureza se deem de forma livre, fugindo do conceito dos festivais marcadamente comerciais. Por isso mesmo, o festival terá entrada franca e acontecerá em um espaço aberto, o Lago São Bernardo, que é uma atração à parte e um local de beleza indiscutível, e que fica localizado em São Francisco de Paula, uma cidade tranquila, segura e com uma população que crescentemente tem se aberto para eventos culturais e tem avançado na arte de bem receber os turistas”, explica Paulo Heineck, idealizador do Paralelo Festival.

A primeira edição do evento tem patrocínio de Kappesberg, Corsan e Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula, apoio de Postos Charrua e Hidrelétrica Cazuza Ferreira, financiamento Pró-Cultura / Governo do Estado do Rio Grande do Sul, planejamento cultural da MS Produções e realização de Polo Comunicação, Branco Produções, Ministério da Cultura / Governo Federal.

Paralelo Festival – Mundos se encontram aqui.

SAIBA MAIS SOBRE AS ATRAÇÕES DO FESTIVAL

Barba & Blues
Blues dos Campos de Cima da Serra, a Barba & Blues surgiu em 2016 em São Francisco de Paula, como um duo formado por Emerson Mücke (voz e violão) e Andrei Andrade (harmônica). À dupla se somaram Fernando “Poca” (baixo), Juliano Guimarães (guitarra) e Giordano Rocha (bateria), embora as apresentações ocorram em diferentes formatos, de acordo com a ocasião. Com pegada eletroacústica, a banda apresenta versões para clássicos de Robert Johnson, Howlin’ Wolf, Muddy Waters, Little Walter, Sonny Boy Williamson, Jimmy Reed, R.L. Burnside, entre outros bluesmen fundamentais. As primeiras apresentações foram no Taylor’s Pub, em São Chico, e Du Perau Pub, em Cambará do Sul. Em Canela, tocou no projeto Música na Rua e estreou também na Cervejaria do Farol. Em novembro de 2017, a banda foi uma das atrações do primeiro Beatle Weekend, em São Chico. Em julho de 2018, foi a vez de estrear no icônico Mississippi Delta Blues Bar, em Caxias do Sul.

Musa Híbrida
Formada em Pelotas por Camila Cuqui, Alércio PJ e Vini Albernaz, a Musa Híbrida produz um som orgânico e eletrônico, utilizando elementos vindos do bandolim, contrabaixo e uma guitarra azul piscina combinada com beats, samples, sintetizadores e ambiências. A banda já possui três trabalhos lançados: Musa Híbrida (2012), Verde Fosco Roxo Cinza (2014), Respirei o Poema Cuspi (2016) e o recém lançado Piscinas Vazias Iluminadas em Pé (2018), com apoio cultural da Natura musical, distribuição digital pelos selos Escápula Records e Pwr Records e distribuição de exemplares físicos pelo Selo 180.

Vino Louden
Um dos mais respeitados nomes do blues da atualidade, Calvin “Vino” Louden foi guitarrista e bandleader da Koko Taylor’s Blues Machine, além de ter atuado com nomes como Bobby Rush, Cicero Blake, Otis Clay, Mighty Joe Young. Suas influências musicais começaram aos seis anos, quando Louden mudou-se do Missouri para Chicago, com a mãe, em busca de uma vida melhor, e ela passou a cantar num coral. Outra influência foi seu tio Len Bland, que ele ia ver nos clubes de blues tocando músicas de Howlin’ Wolf e Muddy Waters. O músico também foi influenciado pelas rádios americanas em que ouvia gospel, blues e rhythm’n’blues, com nomes como John Lee Hooker, Solomon Burke, Sam Cooke, Sam & Dave, Koko Taylor, The Temptations e Lighning Hopkins. Vino iniciou sua carreira tocando aos domingos, nos cultos da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Aos poucos, começou a se apresentar nos clubes de blues de Chicago e outras cidades. Sua grande chance surgiu em seus de 20 anos, quando o lendário Mighty Joe Young o convidou para tocar. Tocou também com Bobby Rush e outros grandes nomes do gospel e do soul, como Otis Clay, Eddie King e, principalmente, na Koko Taylor’s Blues Machine, a lendária banda da grande cantora Koko Taylor, uma das grandes damas do blues. Com Koko, gravou diversos discos e participou de inúmeros shows como guitarrista e bandleader. Seriamente machucado após um acidente com a van que levava a banda de Koko Taylor para um show em Thief River Falls, voltou a atividade em 2013, se apresentando com sua banda em festivais e clubes de blues por todo o mundo.

Erasmo Carlos
O músico, que acaba de receber em Las Vegas o Grammy Latino por Excelência da Língua Portuguesa 2018, apresentará na Serra Gaúcha seu novo trabalho Amor é isso, que traz parcerias com Emicida, Marcelo Camelo, Marisa Monte e Adriana Calcanhoto. Depois de uma trilogia em que o rock and roll era o foco principal, Erasmo dedica seu novo álbum ao gênero canção. O 31º trabalho do cantor e compositor carioca em 53 anos de carreira fonográfica, retoma a trilha explorada no clássico LP Carlos, Erasmo, lançado pelo cantor em 1971 e que se tornaria referência fundamental aos artistas da geração da música brasileira do século 21. Além do álbum de inéditas, Erasmo atua no filme Paraíso Perdido e tem sua vida emplacada nas telonas no longa Minha Fama de Mau, que mostra a vida do Tremendão desde sua infância, passando pela Jovem Guarda e o estouro artístico, que estreia no dia 15 de fevereiro em todo o Brasil, com Chay Suede no papel principal.

Yangos
Grupo referência na música instrumental do sul do Brasil, Yangos toca ritmos latinos da América do Sul. Hoje é reconhecida como criadora de um novo estilo a partir da música de raiz e alcança grande destaque também por sua performance em shows carregados de energia que já agradaram público e crítica em todas as regiões do país e mais de dez países em quatro continentes. Contemplado com o selo Natura Musical em 2017, Yangos lançou o álbum Brasil Sim Senhor (2018), em uma afirmação de que ritmos do sul fazem parte da cultura brasileira. Segue em movimento, envolvido pelo hibridismo de dançantes ritmos sul-americanos, adicionados a um brasileirismo sulino como jamais se ousou. O grupo foi escolhido junto com outros onze grupos de todo o Brasil para se apresentar em shows da programação oficial na Copa do Mundo FIFA/Rússia 2018. O álbumChamamé (2017) foi indicado na categoria Melhor Álbum de Música de Raízes no Latin Grammy 2017. Também em 2018, Yangos foi selecionado entre os dois artistas brasileiros que se apresentaram na FIMPRO-2018 em Guadalajara/México, uma das maiores feiras de música da América Latina.

Camila Toledo
A artista apresentará seu trabalho Camila e A Ponte, projeto de jazz e brasilidades que está completando três anos de apresentações e que tem Dado Silveira na bateria, Fernando Spillari no piano, Gabriel Nunes no baixo e voz de Camila Toledo. O grupo é responsável pelo Especial Billie Holiday que, com interpretações de canções gravadas pela cantora norte americana e leitura de trechos biográficos e poéticos, já foi atração dos festivais jazz a Bordo – Cisne Branco (2018), Jazz Week do London Pub (2016/2017/2018), Homenagem ao Jazz – João Bosco (2018) e Villa do Jazz (2017). O novo projeto nasce da intenção de pensar a linguagem do jazz como possibilidade de nova roupagem para clássicos da música brasileira. O recorte escolhido foi o de canções nacionais interpretadas ou compostas por divas negras: uma proposição político-poética sobre ancestralidades compartilhadas entre as artistas africanas da diáspora. Fazem parte do repertório Nina Simone, Billie Holiday, Ella Fitzgerald, Leci Brandão, Dona Ivone Lara, Ludmilla, Sandra de Sá, Martnalia, Dolores Duran, Etta James entre outras artistas.

Marmota
A Marmota é uma banda em constante metamorfose. Fundada em 2011, adequa seu trabalho aos mais diversos ambientes. Além de dois álbuns autorais com um estilo bastante próprio, realizou shows nas casas mais conhecidas de Porto Alegre; turnês pelo Brasil e Europa; além de direção musical, criação de trilhas sonoras e execução destas em diversos contextos. Seu primeiro disco, Prospecto, foi lançado em 2015 e recebeu cinco indicações ao Prêmio Açorianos. A Margem, seu mais recente álbum, não segue tendências: antes constitui, com suas influências, caminhos a serem margeados. Lançado em 2017 em parceria com estúdio Audio Porto, conta com sete composições autorais da banda, e é coroado por um sofisticado trabalho gráfico de Alice Oliveira e André Bergamin. Em 2018, o álbum ainda foi finalista do Prêmio Profissionais da Música, na categoria Artista Instrumental, ao lado de grandes nomes como Yamandu Costa, Gabriel Grossi e Quarteto Radamés Gnatalli. A Marmota é formada pelos músicos André Mendonça (baixo acústico), Bruno Braga (bateria), Leonardo Bittencourt (piano) e Pedro Moser (guitarra).

Demônios da Garoa
No show, o grupo paulista interpreta os grandes sucessos de Adoniran Barbosa, como Samba do Arnesto, Saudosa Maloca, Trem das Onze, Tiro ao Álvaro e Iracema, além de hits de outros compositores, como Eu Sou o Samba e Você abusou. A formação atual do grupo, que começou na década de 40, tem Izael (timba e voz), Sérgio Rosa (afoxé e voz), Ricardinho (pandeiro e voz), Canhotinho (cavaquinho e voz) e Dedé Paraizo (violão 7 cordas e voz). A banda, que sempre se apresentou somente com os seus integrantes, a partir da gravação de seu primeiro DVD intitulado Demônios da Garoa ao Vivo, agora conta também com uma banda de apoio, formada por bateria, violão de 6 cordas e contrabaixo.

SERVIÇO
PARALELO FESTIVAL
Dias 19 e 20 de janeiro de 2019
Lago São Bernardo, em São Francisco de Paula
Entrada franca

Sábado, a partir das 17h
Barba & Blues (São Francisco de Paula)
Musa Híbrida (Pelotas)
Vino Louden (EUA)
Erasmo Carlos (Rio de Janeiro)

Domingo, a partir das 16h
Yangos (Caxias do Sul)
Camila Toledo (Porto Alegre)
Marmota (Porto Alegre)
Demônios da Garoa (São Paulo)

Patrocínio: Kappesberg, Corsan e Prefeitura Municipal de São Francisco de Paula
Apoio: Postos Charrua e Hidrelétrica Cazuza Ferreira
Financiamento: Pró-Cultura / Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Planejamento Cultural: MS Produções
Realização: Polo Comunicação, Branco Produções, Ministério da Cultura / Governo Federal

por Barcellos

Sobre Rock Gaúcho 2437 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.