Pata de Elefante e Damn Laser Vampires no Dhomba nesta quarta

A Cervejaria Rasen Bier apresenta o projeto RASEN ROCK, trazendo para o palco do DHOMBA as bandas mais representativas do novo rock gaúcho. Nesta edição teremos shows das bandas Pata de Elefante e Damn Laser Vampires. Ingressos a 20,00 na hora ou 15,00 com nome na lista (encerra às 18h). Chopp Rasen Bier em dose dupla até às 23:30!

Pata de Elefante: Mais de 400 shows pelo Brasil, participação em importantes festivais, inclusão de músicas em longas-metragens, documentários e programas de TV. Surgida em janeiro de 2002, a banda de rock instrumental Pata de Elefante lançou seu primeiro Cd homônimo em dezembro de 2004 pela Gravadora Monstro Discos.

Influenciados pela sonoridade dos anos 60 e 70 (Jimi Hendrix, Cream, Beatles, Bob Dylan, The Who, The Band, Eric Clapton, The Ventures) e por compositores de trilhas sonoras para filmes como Henri Mancini e Ênio Morricone, a Pata de Elefante despertou a atenção da crítica ao fazer canções instrumentais que cativam o público acostumado a ouvir música com vocal. Vale dizer que todos os músicos são compositores. As performances ao vivo da banda são vigorosas e contagiantes. No show são apresentadas músicas conhecidas na internet como “Soltaram!”, “Pata de Elefante”, “Gato que Late” (todas com clipe no Youtube) e “Não Fique Triste” (Myspace). Um aspecto curioso: dois dos músicos revezam-se entre guitarra e baixo, o que confere duas sonoridades distintas que surpreendem o público.

A Pata de Elefante é formada por Daniel Mossmann (guitarra/baixo), Gabriel Guedes (guitarra/baixo) e Gustavo Telles (bateria).

Damn Laser Vampires: formado por Ron Selistre (guitarra & voz), Francis K (guitarra) e Michel Munhoz (bateria), o trio de punk-polka favorito de Satã surgiu em junho de 2005 em Porto Alegre com o EP “The Devil Is a Preacher”. O álbum “Gotham Beggars Syndicate”, de 2006, relançado nos Estados Unidos e Canadá em 2008 pelo selo norte-americano Devil’s Ruin Records, e distribuído também na Argentina pela Rastrillo Records, foi apontado por diversos veículos de imprensa como um dos melhores lançamentos do ano.

A Damn Laser Vampires foi destaque na revista Rolling Stone (Brasil), na canadense Rue Morgue Magazine (por duas vezes: em 2008 e 2010, na edição comemorativa nº 100); teve resenha do álbum na alemã Virus Magazine (principal revista de horror da Europa, publicada em todos os países de língua germânica), além de muitas outras publicações especializadas (Noize, Void, etc); participou de importantes festivais pelo Brasil, além de ter tocado em diversas capitais por todo o país (Brasilia, Goiânia, São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Belém do Pará). A banda tem 4 músicas na trilha do filme “Ainda Orangotangos” (Melhor Filme no Festival de Cinema de Milão 2008), de Gustavo Spolidoro.

Sobre Rock Gaúcho 13840 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!