Pouca Vogal apresenta-se em Fortaleza nesta sexta-feira

Para o músico Humberto Gessinger, é na estrada que uma banda existe de verdade. Ao lado de Duca Leindecker, ex-cidadão quem, ele redescobre o país ao viajar com o projeto viabilizado pela dupla, chamado criativamente de Pouca Vogal (em alusão ao fato de haver quase nenhuma vogal no nome/sobrenome de ambos).

Hoje, os gaúchos apresentam um som reflexivo na Barraca Biruta. em rápida conversa com o Zoeira, o atencioso e simpático Humberto Gessinger antecipa que o show promete agradar fãs do Engenheiros do Hawaii e Cidadão Quem, além de, claro, mostrar o que a dupla tem produzido de novo.

Eu nunca quis ensinar nada a ninguém por meio das minhas músicas. Elas levam à instrospecção. no caso do Pouca Vogal, a diferença principal em relação ao Engenheiros é o desafio que eu e Duca temos de, em um duo, trabalhar diversos instrumentos. Mantemos o violão caipira do Engenheiros. No palco, toco teclado com os pés e Duca faz o mesmo, só que com a bateria! O resultado é ver o público realmente impressionado com o resultado, explica o cantor, entusiasmado.

Gessinger chegou um dia antes da apresentação em Fortaleza, está curtindo a cidade e diz ter com os fãs locais uma ligação inesquecível. Afinal, foi aqui que o Engenheiros fez show, pela primeira vez, quando começou a se apresentar além do Rio Grande do Sul. Venho a Fortaleza desde 1987. Fico impressionado com a fidelidade dos cearenses e também dos mineiros. Eles vão muito além dos modismos, declara.

Para 2011, os projetos são muitos. Ainda tenho um disco a ser feito com o ´Pouca Vogal´. Quero também realizar um projeto com o ´Gessinger Trio´. Em março lanço um novo livro, afinal, tenho afinidade em me expressar no campo da literatura. (Em 2009, ele lançou o livro ´Pra ser sincero´), adianta.

O cantor também comenta a movimentação dos fãs para que o Engenheiros se una para participar do Rock in Rio. Fico muito lisonjeado. Mas, se for para o Engenheiros voltar, tem que ser para valer. No caso de se reunir só para um evento, é algo muito fugaz. Se for para eu participar do Rock in Rio, é mais fácil ser com o ´Pouca Vogal´ , especula.

E como anda a comunicação de Gessinger com os Engenheiros Licks e Maltz? Sempre falo com Maltz, mas quase não ouço falar de Licks (os dois tiveram um desentendimento antes de Licks sair da banda). Mas teria muito prazer em encontrar e tocar com os dois, garante ele, sem ressentimentos.

MAIS INFORMAÇÕES

Show do duo Pouca Vogal, composto por Humberto Gessinger e Duca Leindecker. Hoje, a partir das 22h, na Barraca Biruta (Av. Zezé Diogo, 4111). (3230.1917).

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!