Prefeitura autoriza início de obras no Araújo Viana

A Prefeitura de Porto Alegre entregou, nesta terça-feira, a autorização para o início das obras do Auditório Araújo Viana, no Parque da Redenção. A recuperação do espaço será realizada pela empresa Opus Produções, que venceu a licitação. O local está fechado desde abril de 2005 devido aos problemas na estrutura, como infiltrações e falhas na acústica. Com a autorização, a área será cercada por tapumes e as obras deverão começar até o início de abril. A previsão é de que a restauração seja concluída em 18 meses.

Segundo o secretário municipal da Cultura, Sérgius Gonzaga, a obra será um marco para a Capital. “Com o passar do tempo, o vandalismo e a degradação tomaram conta do espaço. É o momento de voltarmos às atenções para o Araújo”, avaliou. O auditório se tornará uma referência arquitetônica da cidade e permitirá a revitalização da região. Ele destacou que a demora para a autorização das obras ocorreu pelo grande impacto ambiental que o empreendimento causará na Redenção. Dez secretarias estiveram envolvidas no processo de liberação.

Pelo convênio firmado, a Opus será responsável pela obra e pela manutenção nos próximos 10 anos. Neste período, a utilização do espaço será compartilhada. A empresa ocupará 75% do ano e a prefeitura os outros 25%. “Teremos uma estrutura qualificada para realizar eventos como o Festival de Inverno, o Porto Alegre Em Cena e o 24 Horas de Cultura”, disse o secretário.

A Parceria-Público-Privada (PPP), segundo ele, é a alternativa para viabilizar empreendimentos de grande porte. “O custo da reforma e da manutenção são elevados. O auditório também não era totalmente aproveitado pela prefeitura. A PPP é uma maneira de preservar o bem tombado pelo Patrimônio Histórico e compartilhar o valor com a iniciativa privada”, avaliou.

Estão previstas ainda a instalação de um telhado fixo e a recuperação do piso e das cadeiras. Será refeito o revestimento acústico e a vedação, além da ampliação do palco e da reforma elétrica e de saneamento. Haverá a instalação de um sistema de ar-condicionado integrado e a construção de bilheterias e banheiros. Com a nova estrutura, o espaço terá capacidade para 3,5 mil pessoas. Inicialmente, a obra custaria cerca de R$ 7 milhões. No entanto, o valor atual está estimado em torno de R$ 14 milhões.

O secretário lembrou que um dos impasses em relação ao projeto é o estacionamento subterrâneo. A ideia é construir o espaço na área onde existe um campo de futebol. O local teria capacidade para 600 veículos. “É um serviço importante para àqueles que forem utilizar o Araújo Viana ou visitar a Redenção, mas ainda não há definição”, ressaltou o secretário. Além disso, existe a expectativa de formular um projeto social para ser desenvolvido na estrutura do auditório.

O Araújo Viana foi inaugurado em 12 de março de 1964. O auge foi durante a década de 70, quando ocorreram importantes shows no espaço. Atualmente, a situação é crítica, devido à deterioração da estrutura e a presença de moradores de rua e de gatos nas imediações.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!