Pretinho Básico e Neto Fagundes no último Encontros com o Professor de 2010

Na quinta-feira, dia 9 de dezembro, Ruy Carlos Ostermann se encontra com as vozes mais ouvidas do FM gaúcho: Alexandre Fetter, Cagê, Maurício Amaral, Mister Pi, Piangers e Porã, a turma do Pretinho Básico. Na canja musical, uma das estrelas móveis do programa: Neto Fagundes. O último Encontros de 2010 vai ser no StudioClio (José do Patrocínio, 698), a partir das 19h30min, com entrada franca. As senhas começam a ser distribuídas às 19h.

Em ano de Copa do Mundo de futebol – que interrompeu o calendário de atividades por quase dois meses – o Encontros com o Professor encerra 2010 com um saldo pra lá de positivo: foram 21 eventos em Porto Alegre e oito no interior – Capão da Canoa, Canoas, Bento Gonçalves, Santa Cruz do Sul, Vera Cruz, Montenegro, Três Coroas e Santana do Livramento.

Neste ano, Ostermann conversou com nomes de peso de todas as áreas da cultura: Yamandú Costa, Kledir Ramil, Thedy Corrêa, Humberto Gessinger, Francis Hime, Neto Fagundes e Wander Wildner na música; Laurentino Gomes, João Ubaldo Ribeiro, Eduardo Bueno, Donaldo Schüller, José Hildebrando Dacanal, Guilherme Fiúza, Frei Betto e Milton Hatoum na literatura; Mino Carta, Hélio Nascimento, Alice Urbim e Mauro Borba na comunicação; Flávio Del Mese e Luis Carlos Felizardo na fotografia; Júlio Conte, Marcos Breda e Celso Frateschi na dramaturgia, Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado no cinema e Maria Tomaselli nas artes plásticas.

Encerrando 2010 em clima de festa, na quinta-feira, dia 9 de dezembro, o anfitrião do Encontros se verá rodeado por Alexandre Fetter, Cagê, Maurício Amaral, Mister Pi, Marcos Piangers e Porã, que juntamente com Luciano Potter, apresentam o programa mais ouvido do FM gaúcho, o Pretinho Básico. O Pretinho, ou PB, conta também com as participações itinerantes de David Coimbra, Neto Fagundes, Lelê Bortholacci e Rodaika Daudt, além dos personagens Alcemar e Jeiso.

O programa estreou no dia 2 de abril de 2007, transmitido a partir dos estúdios da Rádio Atlântida FM de Porto Alegre. Com duas edições diárias, vai ao ar às 13h e às 18h de segunda a sexta-feira, na Rede Atlântida no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Segundo pesquisa do Ibope Easymedia, o PB é o preferido entre os jovens de classe AB e é líder de audiência entre as rádios de entretenimento que se enquadram neste perfil. O programa registra a maior audiência do FM nos dois horários, com 100.2951 ouvintes por minuto e 82.719 ouvintes por minuto, respectivamente.

Produzido a partir de e-mails mandados pelo próprio público que interage, o PB possui personagens já conhecidos dos ouvintes dentre os quais Almir, Marcelo Demente e Leila Torraca interpretados por Marcos Piangers; Cid Moreira, imitado por Mister Pi; Clô, imitação do costureiro e deputado Clodovil Hernandez por Alexandre Fetter e Dr. Alceu, imitação de Maurício Amaral do ex-governador Alceu Collares, entre outros.

Canja musical

Uma das estrelas móveis do Pretinho Básico, o músico Neto Fagundes sempre contou com o estímulo do pai, Bagre Fagundes, e do avô, Euclides Fagundes, por quem foi intitulado o cantor da família. A sala da casa do avô foi o primeiro palco e a plateia era a família e convidados. O contato com a diversidade cultural da fronteira e a experiência adquirida nos festivais nativistas tornaram Neto Fagundes um dos principais cantores da música gaúcha, acumulando prêmios, muitos deles de melhor intérprete dos principais festivais do Estado. Iniciou a carreira ao lado do pai e do irmão Ernesto no grupo Inhanduy. Nas primeiras apresentações já entoava o Canto Alegretense e Origens, compostas por Bagre e Nico Fagundes.
O primeiro registro solo foi o LP Gauchesco e Brasileiro, lançado em 1991 e relançado em CD dez anos depois. Em 1994, ele lançou dois álbuns: Som do Sul e Neto Fagundes com composições próprias e canções premiadas em festivais. Em 1997, lançou o CD Regional Brasileiro e, em 1999, o álbum Metendo Chamamé, conquistando todos os troféus do Prêmio Açorianos a que foi indicado: melhor cantor, melhor disco regional e melhor espetáculo. Em 2001, Neto lançou Festa em Porto Alegre, álbum com canções de um dos principais compositores da música regional gaúcha, Elton Saldanha.

Desde 2004, comanda o projeto Rock de Galpão ao lado da banda Estado das Coisas. Neste trabalho, a guitarra distorcida se mistura ao toque da gaita gaúcha e abre caminhos para releituras de autores gaúchos.

ENCONTROS COM O PROFESSOR: OSTERMANN ENTREVISTA PRETINHO BÁSICO
CANJA MUSICAL COM NETO FAGUNDES
Quinta-feira, 9 de dezembro, às 19h30min
StudioClio (José do Patrocínio, 698)
Entrada franca.
Distribuição de senhas a partir das 19h.
www.encontroscomoprofessor.com.br
Twitter: @Encontros_prof

Patrocínio: FIAT
Financiamento: Lei Federal de Incentivo à Cultura – Ministério da Cultura
Realização: Signi – Estratégias para Sustentabilidade
Apoio: Holliday Inn Porto Alegre, Radioativa Produtora, Saccaro, Salton, Trino, Vértice.

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!