Primeiro estúdio público de Porto Alegre entra em operação

Entrou em operação, na manhã da última quarta-feira, dia 18, o primeiro estúdio público de Porto Alegre. Localizado no anexo do Teatro de Câmara Túlio Piva, em Porto Alegre, o Estúdio Geraldo Flach, que leva o nome de um dos maiores nomes da música instrumental brasileira, foi concebido com financiamento do Ministério da Cultura, idealizado pelo vereador DJ Cassiá e será totalmente gerenciado pela Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre. O objetivo do projeto, há muito acalentado pela prefeitura, é o de atender gratuitamente a novos talentos musicais da Capital. Neste primeiro momento, oito grupo musicais foram contemplados pelo primeiro edital para o início da primeira etapa de gravações.

A cerimônia de abertura das operações contou com as presenças do prefeito José Fortunati, do Secretário da Cultura do Município, Roque Jacoby, produtores, representantes de grupos musicais e familiares do músico homenageado Geraldo Flach, como a filha Cíntia e o neto Lorenzo, que também já dá seus passos musicais em Porto Alegre. No ato de abertura das atividades, o prefeito destacou a importância do espaço público de produção musical no incentivo de novas oportunidades a talentos de Porto Alegre. “É uma oportunidade sem custos para aqueles que mais precisam do nosso apoio. Espero que este estúdio seja uma referência nacional, e que este exemplo possa ser multiplicado”. “Esta homenagem faz jus a um traço talvez pouco conhecido do maestro Geraldo Flach, o de grande incentivador do novo na música. Temos a missão de divulgar, incentivar cada vez mais novos projetos para manter este espaço colmo tem que ser, livre, ativo, criativo e produtivo com a benção do maestro”, disse a filha do músico, compositor e arranjador homenageado, Cíntia Flach.

A utilização do espaço, que oferece equipamentos de alta tecnologia com a possibilidade de gravações em até 22 canais, será estabelecida através de dois editais públicos anuais. O lançamento do próximo edital está previsto para o primeiro semestre de 2014. Os projetos apresentados sempre serão analisados por uma comissão integrada por representantes da comunidade cultural e da Secretaria da Cultura de Porto Alegre, por meio da coordenação de Música.

Os contemplados no primeiro edital:
Família Sarará
Cintia Verri
Matheus Dorneles
Rita Cassiane Barros
Lind Seiara Peres
Igor Nicolau Vurmo
Banda Kapaz
Joca Bandeira

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!