República do Rock traz M.i.p.V e Bandinha Di Da Dó

Segunda-feira (1/12), às 19h30, a 16ª edição do República do Rock apresenta Bandinha Di Da Dó e Músicas Intermináveis Para Viagem (M.i.p.V), no Teatro de Câmara Túlio Piva. A cada duas semanas o República do Rock abre espaço para produções independentes, promovendo o encontro de uma banda estabelecida (M.i.p.V) e uma banda emergente do cenário cultural de Porto Alegre (Bandinha Di Da Dó), sempre com a entrada franca. A apresentação fica por conta do jornalista Léo Felipe. O projeto é realizado pela Coordenação de Música da Secretaria Municipal de Cultura. Bandinha Di Dá Dó É o nome da performática banda de clowns formada pelos músicos e palhaços Mauro Bruzza (vocal, kazu e acordeom), Thiago Ritter (baixo), Magnus Viola (guitarra), Ed Lannes (violão) e Paulo Zé Barcellos (bateria). A banda surgiu em 2005 e traz em sua bagagem trilhas sonoras para teatro, circo, apresentações em diversas cidades e, principalmente, em Porto Alegre. Vestidos nos seus figurinos e tendo na linha de frente o Palhaço Cotoco (Mauro Bruzza), as influências do universo da Bandinha vão desde o rock cigano do leste europeu até os tradicionais ritmos étnicos, passando pelos clássicos italianos de Fellini e Nino Rota, desafiando o funk e o blues americano e também o tango argentino, além de pitadas da psicodelia dos anos 70 e de ritmos brasileiros. Participaram do Festival Gig Rock Circus 2007, Festival Palco Giratório Sesc, MorroStock Festival Open Air e do último Gig Rock Festival Independente. Também estão no currículo dos integrantes, trilhas sonoras para espetáculos de teatro e circo como Circo Girassol, Grupo La Chalupa (Chile/Brasil) e O Círculo Sagrado – CELTAS, este indicado ao Prêmio Açorianos de Melhor Trilha Sonora de Teatro em 2005. Músicas Intermináveis Para Viagem (M.i.p.V) Banda de trip rock instrumental A Músicas Intermináveis Para Viagem faz um som instrumental, que pode ser definido como trip rock, que vai do lounge à distorção, experimentando diferentes sonoridades e ritmos do jazz ao eletrônico. O projeto autoral estreou em abril de 2004, em Porto Alegre, e foi criado pela guitarrista Laura L. A formação traz ainda o baterista Dudu Essarts, que entrou para a banda em abril de 2007. Com apenas dois músicos em cena e nenhum recurso eletrônico o resultado sonoro é impactante. A banda conduz o público para os climas determinados por cada música e tem-se, às vezes, a impressão de mais instrumentistas tocando ou, até, de uma parede sonora! Além de freqüentes shows em Porto Alegre, a Músicas intermináveis para Viagem tem músicas rodando em rádios locais, e em programas de rádio em Portugal (Nazaré FM) e Londres (Resonance FM), além de ter links em vários sites da área de música (Spsonica, Last.fm, Showlivre, Sonicbids, Tramavirtual). No ano passado, a banda participou da trilha sonora do filme 3 Efes, de Carlos Gerbase, produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre. A banda assina praticamente toda a trilha do longa-metragem, com a inclusão de seis músicas do seu cd (homônimo), de 2006, e mais outras três inéditas, além de composições solo da guitarrista do grupo, Laura L, e músicas feitas por ela especialmente para o filme. Laura L fez também a direção musical de 3 Efes, que foi lançado ao mesmo tempo no cinema, na TV, na internet e em DVD. SERVIÇOO quê: República do Rock traz M.i.p.V e Bandinha Di Da DóQuando: Segunda-feira (1/12), às 19h30Onde: Teatro de Câmara Túlio Piva (rua da República, 575)Quanto: Entrada franca

Sobre Rock Gaúcho 13635 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!