Sold Out: Planeta Atlântida 2019 reúne 80 mil pessoas na SABA, em Atlântida

Planeta Atlântida / Andréa Graiz

A 24a edição do Planeta Atlântida entrou para a história do festival. Com sold out total, o megaevento fez o público cantar alto e dançar muito embaixo de sol e chuva enquanto mais de 40 atrações se revezaram entre os três palcos do Parque Planeta. Nos dois dias, mais de 80 mil pessoas passaram pela SABA, no litoral gaúcho.

Na sexta-feira (1º), os planetários curtiram surpresas preparadas por artistas como Anitta, que revelou o lançamento Zé do Caroço, além de trazer os DJs do projeto JetLag para uma participação especial no palco. Além dela, Ferrugem, Wesley Safadão, Vintage Culture e dezenas de outros artistas também animaram a galera. No sábado (2), mais novidades: pela primeira vez, os gaúchos puderam assistir ao vivo o trabalho do trio britânico Clean Bandit, além de presenciar o encontro de Thiaguinho e Atitude 67 no mesmo palco e nomes como Alok, Capital Inicial e Pitty de volta ao evento.

Uma atração à parte do festival neste ano foi a TV Planeta, que trouxe entrevistas exclusivas nos telões espalhados pelo evento com as grandes estrelas do festival. Em um estúdio de vidro instalado ao lado do palco, o casal Planeta, composto pelos comunicadores Juju Massena e Arthur Gubert, comandou bate-papos divertidos que foram transmitidos ao vivo para toda a SABA e que puderam ser vistos bem de perto pelos convidados do Lounge RBS, espaço assinado pelo Grupo RBS e a DC Set com uma visão privilegiada dos bastidores do megaevento.

Espaços especiais não faltaram nesta edição. Quem conseguiu garantir seu lugar no Planeta Premium, setor com assinatura do Destemperados, viveu uma experiência única. A galera ainda pôde curtir um set de DJs com curadoria da casa noturna Oito, open food de assados do chef Marcos Livi e open bar de drinks, além de muito conforto. Já no Camarote, o público pôde conhecer a Gourmet Street, rua dedicada especialmente à gastronomia dentro do Planeta, e teve à disposição profissionais para retocar cabelo e maquiagem e um time de tatuadores.

A folia na Arena foi garantida pelos patrocinadores e apoiadores do evento. A Schin fez os planetários virarem celebridades no espaço Estrela do Planeta, entregando fotos megaespeciais para quem passou por lá, enquanto a Renner garantiu uma visão inédita para os planetários que curtiram os shows nas alturas de uma roga-gigante colocada em um local estratégico dentro do parque. A Agibank garantiu fotos instagramáveis no Selfie Spot montado pela marca, e a Coca-Cola garantiu muita interatividade com uma pista borbulhante na Arena Vai no Gás. Já a Claro, patrocinadora do Planeta Premium e do Planeta Lounge, marcou presença com ativações nos dois espaços que incluem totem de carregadores de celular, áreas de descanso e customizações de camisetas.

Mas o festival não se resume apenas às experiências proporcionadas para os milhares de planetários presentes na SABA. Ao contrário, estima-se que o Planeta Atlântida tem um alcance potencial de mobilizar 200 milhões de pessoas em todo o mundo via transmissão de TV, rádio ou por redes sociais, repercutindo o Rio Grande do Sul em outros Estados e países, além de um grande impacto na economia local.

Um exemplo disso é o fato de que, apenas na última edição, a organização e a realização do evento geraram R$ 1,2 milhão em impos­tos diretos – o valor chega a pelo menos R$ 3 milhões considerando também tributos indiretos. Durante a montagem da estrutura, ao menos 3 mil pessoas foram credenciadas para trabalhar durante 25 dias. E, apenas nos dois dias de Planeta Atlântida, 2,5 mil trabalhadores estiveram envolvidos. Nesses períodos, as cidades do litoral do Rio Grande do Sul costumam ver a ocupação nos hotéis e o movimento no comércio aumentarem significativamente.

A edição de 2019 do megaevento também foi marcada pelo ingresso solidário, novidade que ofereceu superdescontos para os ingressos do festival e, ainda, destinou R$ 10 do valor de cada entrada para ONGS selecionadas pela Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS) que trabalham a música na inclusão social de adolescentes e jovens. Como resultado, R$ 300 mil em doações foram entregues para as instituições Ouviravida – Educação Musical Popular e Educando com Arte.

E ano que vem tem mais: realização do Grupo RBS e da DC Set Promoções, o Planeta Atlântida já iniciou os preparativos para oferecer aos planetários a 25ª edição da maior festa do verão gaúcho em 2020.

Sobre Rock Gaúcho 1735 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.