Stereoplasticos

A Stereoplasticos nasceu em 2004, na cidade de Porto Alegre, ao som de britpop, anos 80 e indie rock. As referências vão de Death Cab for Cutie a The Killers, passando por The Cure, Wilco e Snow Patrol. Formada por Rafael, Cristina, Tito e Rapha, o grupo demonstra uma maturidade singular tanto nas composições, como na postura. E é dessa forma que absorve as influências e consegue soar de uma forma absolutamente própria e original. Com duas linhas distintas de composição, Cristina Teixeira e Raphael Schenini brincam com métrica, surrealismo e cultura pop, imprimindo através de suas histórias uma plasticidade que poucas bandas do cenário nacional alcançam. No histórico de apresentações, figuram as principais casas do circuito alternativo de Porto Alegre, como Garagem Hermética, Bar Ocidente, Dr. Jekyll, Beco 203 e Mosh. Com o lançamento de sua primeira demo, em 2006, a Stereoplasticos alcançou novos públicos, marcando presença também na região metropolitana de Porto Alegre e interior do Estado, com shows em Novo Hamburgo, São Leopoldo, Canoas, Gravataí, Viamão, Pelotas e Santa Maria. Como divulgação de seu trabalho, a banda teve canções executas em rádios da capital e do interior do Estado. Além disso, foi apontada pelo jornal Zero Hora, na matéria Juventude Enlouquecida (Segundo Caderno, pág. 5, no dia 06 de setembro de 2006), como uma das bandas responsáveis pela nova cena roqueira no Rio Grande do Sul. Ainda em 2006, a banda ganhou destaque em sites e fanzines nacionais ao figurar entre as finalistas do Festival Trama Universitário – ficando entre 20 das 1700 inscritas – e ao ser indicada ao Prêmio London Burning de Música Independente, concorrendo na categoria de Melhor Demo de 2006. No momento, a banda encontra-se em estúdio produzindo o seu segundo EP, com previsão de lançamento para a segunda metade de 2007.

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.myspace.com/stereoplasticos