Tagua Tagua divulga capa do novo EP, anuncia data de lançamento e agenda de shows.

O compositor e produtor musical, Felipe Puperi, anuncia o segundo EP do seu projeto solo, Tagua Tagua, para 19 de outubro. Pedaço Vivo terá três músicas, dentre elas, Dádiva, single a ser lançado dia 05 nas plataformas streaming. A capa do EP, também divulgada hoje, é assinada pela artista plástica Melina Toffanello. Na agenda de shows, Tagua Tagua vai passar por Bauru (SP), Feira de Santana (BA), Vitória da Conquista (BA), Santa Maria (RS) e Porto Alegre (RS).

Pedaço Vivo é o sucessor de Tombamento Inevitável, primeiro EP lançado por Tagua Tagua em novembro do ano passado. “Tombamento Inevitável foi um trabalho bastante pessoal, num momento no qual estava me redescobrindo enquanto compositor, descobrindo como fazer e por onde começar. É um EP denso, no sentido de colocar sentimentos muito próprios de um momento de vida caótico que eu vivia. Agora, no Pedaço Vivo o momento é outro. Eu entendo mais pra onde estou caminhando e tenho me permitido criar e explorar caminhos novos que vão me chamando atenção durante o processo”, reflete Felipe sobre os dois trabalhos.

Quanto ao que o público pode esperar do disco, Felipe diz: “Não tenho muito receio de soar diferente, nem do que as pessoas que já se identificaram com o Tombamento vão achar. Pra mim essa é a beleza do processo, o Tagua Tagua sou eu e seria impossível que não mudasse junto comigo durante a vida. Pedaço Vivo é questionador, mas fala bastante dessas dores de diferentes maneiras e de como a gente se adapta ou não a elas. Eu vivo questionando tudo, o por quê disso, daquilo, por quê estamos vivos, o que significa tudo isso, o quão volátil é tudo ao mesmo tempo que é extremamente intenso. O EP é isso, o Felipe tentando entender o que é esse Pedaço Vivo, o que é estar respirando, planejando, projetando, se emocionando, sentindo, sorrindo, doendo”.

Já sobre a dor como ferramenta de transformação, explorada ao longo das canções de Pedaço Vivo, Felipe afirma que se trata da representação de um dos sentimentos que mais nos cerca ao longo da vida, e também que mais assusta: “é o que a gente menos quer sentir, o que mais tentamos mascarar, inibir, transformar e ressignificar. Mas, ao mesmo tempo, a dor é a mais poderosa no sentido de transformação porque te tira da rota comum dos pensamentos mundanos e rotineiros, ela mexe com algo lá dentro, o mais profundo que temos e, a partir disso, faz questionar, repensar, racionalizar menos. A dor invade e não pede licença, te deixa vulnerável e daí que é possível perceber o quanto a gente pode aprender com a nossa própria vulnerabilidade”.

Já a capa do disco é assinada pela artista plástica Melina Toffanelo, que comenta o resultado final aliado ao conceito do EP: “a arte representa a transmutação, ao mesmo tempo escuridão e luz. Pedaço vivo em eterna construção, desmembrando suas dores, que se revela uma dádiva e a ferida simbolizada pelo vermelho como porta de entrada para a transformação”.

Shows

A agenda de shows começa com o Sesc Bauru, em Bauru (SP), dia 10 de outubro, quando Tagua Tagua vai apresentar ao vivo Dádiva, primeiro single de Pedaço Vivo. Depois, no dia 19, data de lançamento do EP, o show será em Feira de Santana (BA), no Fervura Feira Noise c/ Maglore, Rubel e Isa Roth. Dia 21, Tagua Tagua estará no Festival Suíça Bahiana, em Vitória da Conquista (BA). No final de semana seguinte, dia 26, é a vez de Santa Maria (RS) conhecer o novo trabalho do compositor, no Rocker. Já no dia seguinte, Tagua Tagua chega em sua cidade natal, Porto Alegre (RS) para se apresentar no Agulha.

No palco, a formação do Tagua Tagua é Felipe na guitarra e vocal, Lucas Victorino nas programações e percussão, Leo Mattos na bateria, Rafael Findans no baixo e Jojo Lone Star na guitarra e synths.

SERVIÇOS:

Tagua Tagua no Sesc Bauru (Bauru – SP)

Data | 10 de outubro
Horário | 21h
Local | Área de Convivência do Sesc Bauru – Av. Aureliano Cardia, 6-71
Capacidade | 500 pessoas
ENTRADA GRATUITA

Tagua Tagua no Fervura Feira Noise 3a edição (Feira de Santana – BA)

Data | 19 de outubro
Horário | 21h
Local | Jhonnie Club – R. São Domingos, 486 – Capuchinhos
Atrações | Isa Roth, Tagua Tagua, Maglore, Rubel

Tagua Tagua no Festival Suíça Bahiana (Vitória da Conquista – BA)

Data | 21 de outubro
Horário | 16h (Tagua Tagua se apresenta às 17:40h)
Local | Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima – Av Rosa Cruz, s/n
Atrações do dia | Rubel, Tagua Tagua, La Pichanga (CHI), Taro, Young Lights, Sangue Real, TR MC, Roça Sound, Kbsativa MCs e Complexo Ragga
Ingresso | R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Venda online | https://www.sympla.com.br/festival-suica-bahiana—vi-edicao__327175

Tagua Tagua no Rockers (Santa Maria – RS)

Data | 26/10
Abertura da casa | 23h
Início do show | 01h
Local | Rockers (Avenida Hélvio Basso, 1241)
Ingressos | Entrada franca para estudantes / R$ 10 (geral)

Tagua Tagua no Agulha (Porto Alegre – RS)

Data | 27/10
Abertura da casa | 19h
Início do show | 21h
Local | Agulha – R. Conselheiro Camargo, 300
Atrações | Tagua Tagua e Poty
Ingressos | ainda sem informação

DISCOGRAFIA:
Tombamento Inevitável (EP – 2017)
Te Vi (single – abril/2018)
Preso no Amanhã (single – junho/2018)

SOBRE TAGUA TAGUA

Tagua Tagua, projeto assinado pelo compositor e produtor musical gaúcho, Felipe Puperi, nasceu com um EP de três faixas intitulado Tombamento Inevitável, registrado em fevereiro de 2017, numa casa de veraneio em São Lourenço do Sul (RS) e no seu próprio estúdio, em Porto Alegre (RS). Lançado em novembro do mesmo ano, o EP foi produzido por Felipe, mixado por Tiago Abrahão e masterizado pelo norte-americano Brian Lucey, que já trabalhou com nomes como Black Keys e Chet Faker.

No início de 2018, a música “Rastro de Pó” – que está na playlist “Música Brasileira pra Gringo Ouvir” no canal do Bananas Music no Spotify -, ganhou clipe filmado no interior da Bahia, que retratou a cultura e tradição da Guerra de Espadas. O filme, dirigido por Douglas Bernardt, foi premiado como melhor Music Video Latino no Ciclope Festival, realizado no México, em junho. Ainda no primeiro semestre de 2018, Tagua Tagua se apresentou no palco do SESC Interlagos, em São Paulo (SP) e no Agulha, em Porto Alegre (RS). Também fez parte do line-up do Festival Path, ao lado de nomes como Rubel, Luiza Lian, Castello Branco, Dona Onete, Tono e Giovani Cidreira.

Após sete anos dedicados às composições da Wannabe Jalva, banda que tem turnês nacionais e internacionais no currículo, com festivais como Lollapalooza, Bananada, Meca, Planeta Atlântida e dividido palco com artistas como, Jack White, Pearl Jam, entre outros, atualmente, Felipe Puperi segue focado nos próximos passos do Tagua Tagua. Dessa forma, o músico segue um novo caminho, compondo em português e explorando percussões brasileiras, ritmos africanos, além de soul rock, elementos etéreos e eletrônicos.

Além disso, Felipe também atua como produtor musical, sendo responsável pelo disco CATTO, de Filipe Catto e pela versão de Johnny Hooker, da música “Beija-Flor”, originalmente cantada pelo Timbalada, pra novela das 21h da Globo, “Segundo-Sol”.

por Tchaina por Sub_Discos

Fonte: Sub_Discos

Sobre Rock Gaúcho 6521 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!