The Wheels Band

The Wheels Band surgiu no ano de 2001 como uma dupla, quando os irmãos Joh e Johnny começaram a compor suas primeiras canções, gravando diversas músicas próprias em casa, de maneira precária, apenas por diversão, com Joh nos vocais e violão, e Johnny fazendo backing vocals. O trabalho de composição de letras e melodias se estenderia pelos próximos dois anos deste modo. No início de 2004 a The Wheels Band tem sua primeira formação guitarra-baixo-batera, que começava a fazer releituras dos Beatles e de Lennon, além de tocar as músicas compostas por Joh e Johnny. Porém, essa formação dura poucos ensaios. Após isso, Tito (ex-Verdade Relativa) se torna o novo baterista e Johnny torna-se guitarrista, assim como seu irmão. A partir daí todos saem a procura de um novo baixista, que se identificasse com o som produzido por eles. Alguns meses se passam e nesse período quatro baixistas passam pela banda, mas nenhum se firma. Johnny então passa a fazer a linha de baixo em sua guitarra, improvisando a base do instrumento que faltava ao grupo. Durante muitos ensaios, o trio Joh-Johnny-Tito teve uma formação de guitarra-guitarra-bateria. Johnny então decide vender sua guitarra e começa a tocar contrabaixo. Com Joh na guitarra, violão e no vocal, Johnny no baixo e backing vocals e Tito na bateria, a The Wheels Band finalmente tem uma formação estável. O trio Joh-Johnny-Tito viria a realizar, no começo de 2005, suas primeiras duas exibições, na praia de Capão da Canoa. Foram apresentações peculiares, realizadas em quiosques à beira-mar com dois violões e percussão. O mais interessante foi o fato de a banda ter recebido seus primeiros aplausos em pleno Carnaval, algo difícil para um grupo de rock em tais circunstâncias. No repertório, releituras de clássicos e lados B do rock e músicas próprias como Darkhorse e I Am. O ano de 2005 é marcado pelo grande número de ensaios e pelas gravações das primeiras demos em estúdio, nas quais destacam-se as faixas “Fly On Fire”, “You’re My Dream” e “I Am”. Essas três músicas chegam a colocar a banda no 99º lugar dentre dezenas de milhares de bandas do mundo todo, no site internacional Audiostreet.Net. O trabalho culmina na apresentação de 11 músicas (sendo 5 delas próprias) em um programa de tv local. A banda recebe alguns convites para tocar em Porto Alegre e ainda se classifica para tocar no Festival de Verão Cult Music 2006, promovido pela rádio Pop Rock. Que tipo de som a The Wheels Band toca? Rock, é claro. Mas que tipo de rock? Bom, poderíamos dizer que é uma mistura de vários sons, de bandas e artistas cujas músicas prestigiamos e fizemos releituras, como Beatles, John Lennon, George Harrison, The Doors, The Band, Creedence, entre outros. Mas preferimos falar somente rock, pois isso resume tudo. É melhor do que dizer Classic Rock ou rock dos anos sessenta, pois ouvimos também bandas de diferentes estilos e épocas, como Oasis, The Who, Pearl Jam, Jimi Hendrix, Radiohead, U2, Pink Floyd, Joy Division, The Cure, Interpol, Foo Fighters, Nirvana, entre muitas outras. E isso se reflete em nossas composições. Música não é para ser catalogada e arquivada num fichário, e sim, acima de tudo, apreciada. O fato de uma banda brasileira compor em inglês pode ser estranho para alguns. Para nós, compor em uma língua estrangeira, é também uma forma de valorização do rock como um estilo musical por sua língua de origem ser a inglesa. Isso se reflete em nossas letras, que retratam a opinião de três brasileiros sobre importantes ou banais questões do mundo em que vivemos. Metáforas, viagens, fatos concretos que podem ser ouvidos e vividos em qualquer lugar.

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.tramavirtual.com.br/the_wheels_band