Tonho Crocco e Banda no Segunda Maluca

O projeto SEGUNDA MALUCA está comemorando nove anos e para celebrar esta data no próximo dia 8 teremos a grande festa de aniversário. Sem dúvida, o projeto SEGUNDA MALUCA é um dos mais importantes no cenário gaúcho. Sempre dando oportunidade para que bandas locais e emergentes do cenário gaúcho e nacional mostrem seu talento TONHO CROCCO E BANDA Quem denuncia sou eu mesmo / Vulgo Tonho Crocco / Louco? Trouxa? Doido varrido ou de cara? / De mim alguns acham tudo / Eu não acho nada, sou sem sorte / Igual a qualquer habitante do gueto / 100% Partenon- mensageiro do beco-, porta-voz da paz / Vem junto quem é duz meu / Amigos e inimigos fiéis / Sempre temente a Deus Talvez com esse trecho de Justiça divina a gente consiga começar a falar um pouco sobre o cantor/compositor/músico Tonho Crocco. Um branco de alma Black. E inquieto. E extremamente musical. Talvez assim a gente consiga começar a falar um pouco sobre Tonho Crocco. Em 91 ele assume os vocais da Ultramen. E em 16 anos de banda produz muita, mas muita coisa boa. Paralelo a isso, como se não bastasse capitanear uma das bandas mais importantes e criativas do Brasil de todos os tempos, Tonho gravou um disco como vocalista do De Falla (1996), pegou a estrada fazendo quase 500 shows com a Black Master (1993-1997), é co-fundador da Casa da Sogra (banda pioneira no resgate do samba rock em POA) (2001), criou a big band Tonho Crocco e Brazilian Sound Machine (2005), entre outras inúmeras atividades. Tonho compôs vários hits da Ultramen e a parada por tempo indeterminado da banda não parou sua capacidade vital de trabalhar com música. Cinco dias depois do último show da Ultramen, partiu para uma temporada de seis meses em Nova York e lá fez de tudo um pouco: fez show no MI-5 Bar, com músicos de todo mundo residentes em NY (americanos, cubanos, porto-riquenhos e até brasileiros!!!). Depois vieram shows no Zync Bar de bossa nova com Cidinho Teixeira (gaúcho radicado em NY que já gravou com Tim Maia). Tonho Crocco gravou no estúdio Music Building cinco músicas inéditas com produção do londrino Simon Katz (guitarrista do Gorillaz e do Jamiroquai de 1995-2000) e do brasileiro o lendário saxofonista/flautista Zé Luís Oliveira carioca radicado em NY há 18 anos; bisneto do escritor gaucho ÁLVARO MOREYRA; como músico e engenheiro de som, gravou mais de 200 discos. Em 2008 e 2009 Tonho Crocco dá continuidade a sua carreira solo divulgando seu trabalho pelo Brasil. A banda é: Tonho Crocco – voz e guitarra / Everton Velasquez – baixo / Gelson Ribeiro -bateria / Marcos Farias – teclado / Anjinho – trumpete / Siervo – sax / Serginho – trombone / Guinter Jr. – sax / Paulinho Mclaren – percussão A abertura fica por conta da banda EMBAIXADA e sua mistura de música brasileira com funk, hip hop, reggae e drum`n bass, num conceito onde a sonoridade se dá sob várias formas e influências. O QUE: Segunda Maluca comemorando 9 anosShow com TONHO CROCCO E BANDAAbertura: EmbaixadaDiscotecagem: DJ JamaicaQUANDO: segunda-feira, 08 de dezembro de 2008 – a partir das 22 horas.QUANTO: Ingressos antecipados a R$ 15,00 (quinze reais) na Lancheria do Parque (Av. Osvaldo Aranha, 1086 – Fone: 3311. 8321). Na hora R$ 20,00 (vinte reais). Cerveja em dobro até a meia-noiteONDE: Bar Opinião – Rua José do Patrocínio 834 – Cidade Baixa – Porto Alegre/RSProdução e realização: Rei Magro Produções

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!