Ultramen

A Ultramen iniciou suas atividades em Porto Alegre no ano 1991. Na época era um trio: Zé Darcy (bateria), Júlio Porto (guitarra) e Pedro Porto (baixo). A idéia inicial era misturar som pesado (Sepultura, Slayer, Anthrax…) com balanço black (James Brown, Sly and the Family Stone…) e vocais rap (Public Enemy, Beastie Boys…). Essa formação chegou a gravar uma demo com duas músicas, com o Zé nos vocais. As primeiras letras eram em inglês. O Tonho apareceu pra ocupar a vaga de canário. Na seqüência entraram o Malásia (percussão) e o Perú (sax). Essa formação fez os primeiros shows em Porto Alegre e interior do estado. Também foi como sexteto que a Ultramen gravou as duas fitas-demo oficiais. Através desses shows e divulgação das demos, a banda começou a se firmar como uma das principais bandas da cena portoalegrense, chamando atenção a nível nacional, sendo convidada a participar de festivais como o Superdemo (Rio de Janeiro e Curitiba, 1995) e shows em outros estados, como Santa Catarina, Espírito Santo e Bahia.Em 1996, ocorre uma mudança na formação: sai Perú e entra Marcito (percussão). Mais ou menos nessa fase, outras influências começaram a aparecer com força na mistureba musical do grupo, como a música brasileira e o reggae. Em 1997 a Ultramen entra em estúdio para gravar seu primeiro CD. Essa gravação, que havia sido totalmente bancada pela banda, chegou aos ouvidos do Dado Villa-Lobos, que resolveu contratar a banda e lançar o disco pelo seu selo, o Rock It! Esse CD saiu no final de 1998 e proporcionou à banda um maior reconhecimento do público e da mídia do resto do país, principalmente pela músicaVou a mais de 100 que chegou a tocar bastante em rádios paulistas. No Rio Grande do Sul, a faixa que ficou mais conhecida foi Bico de Luz. Ambas as músicas renderam video clipes.Nessa época a banda fez shows importantes em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília.Os shows passaram a contar com dois convidadois especiais: DJ Anderson nos toca-discos e Leonardo Boff nos teclados. Em 2000 sai o segundo CD: Olelê. As gravações foram realizadas em um sítio próximo a Porto Alegre. Esse disco representa uma fase importante na carreira da Ultramen. Várias de suas faixas (como Peleia, Dívida e Esse é o meu Compromisso) tocaram bastante nas rádios gaúchas e a banda fez dezenas de shows no Rio Grande do Sul. Esse disco também rendeu uma turnê por universidades e escolas do Rio e São Paulo no Início de 2001. Mais uma mudança na formação, dessa vez troca de guitarristas: sai o Júlio e entra Alexandre Guri. O Guri fez todos os shows do Olelê, além de participar da composição e gravaçao do terceiro CD, o Incrível Caso da Música que Encolheu e Outras Histórias. Esse disco saiu no final de 2002 pela gravadora Sum Records. Já rendeu vár ios shows em São Paulo e Rio de Janeiro. As faixas Máquina do Tempo e De Canto e Sossegado já viraram clipes. No inicio do ano de 2004 sai o guitarrista Alexandre Guri e retorna um dos fundadores da banda o Julio Porto. Em Dezembro de 2004 e Ultramen recebeu o prêmio de melhor banda de pop/rock da Secretaria Estadual de Cultura. A Ultramen encontra-se em turnê com o show do Incrível Caso… acaba de gravar o gravar o Acústico MTV Bandas Gaúchas, ao lado de três nomes gaúchos; Wander Wildner, Bidê ou Balde e Cachorro Grande, que vai ao ar no dia 29 de maio na MTV e o especial será lançado pela Sony em DVD e CD. A banda também está preparando o seu 4 CD que deve sair no segundo semestre de 2005.

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.ultramen.com.br