Vera Loca retorna aos palcos com show no Opinião

Vera Loca / Gian Michailoff

Depois de anunciar uma pausa nas suas atividades em meados do ano passado, a Vera Loca irá retornar aos palcos, para uma série de reencontros com os fãs. O quinteto, considerado um dos nomes mais importantes e consagrados do rock gaúcho, vai estar no Opinião, no dia 7 de setembro, para matar a saudade de toda a geração que cresceu ouvindo os sucessos do grupo, que até hoje tocam nas rádios FM’s de todo Estado e que até viraram grito de guerra da torcida do Grêmio. Após um tempo em que se dedicaram a projetos paralelos e pessoais, a banda vai retornar ao nosso palco, onde já gravou um CD e DVD ao vivo, para passar a limpo quase 20 anos de carreira, sete álbuns e inúmeros hits. No repertório, não faltarão músicas para o público cantar do início ao fim do show com a Vera Loca, como “Graffiti”, “Palácio dos Enfeites”, “Suadinha”, “Velocidade”, “Cuidado Ana”, “Aos Meus Amigos” e a eterna “Borracho y Loco”, cujo videoclipe já foi assistido mais de cinco milhões de vezes no Youtube.

VERA LOCA

Em 2001, a afinidade e a paixão pelo rock uniu, em Porto Alegre, cinco caras e uma ideia em mente – criar, tocar e viver de música. No ano seguinte, após alguns ensaios e pequenos shows pela capital, o quinteto gravou o seu primeiro álbum, chamado “Meu Toca Discos se Matou”, com a produção de Duca Leindecker. “Homenageando” a vizinha do andar de baixo do prédio onde moravam e ensaiavam, a Vera Loca conseguiram já na sua estreia emplacar o single “Maria Lúcia” em várias rádios, abrindo diversas portas.

Em 2005, o grupo conseguiu gravar e lançar o seu segundo álbum, “Distúrbios do Amor e Rock’n’ Roll”, também produzido por Duca Leindecker. O registro, que perdeu um pouco a veia psicodélica se comparado com o trabalho de estreia, verteu para um lado mais clássico, beirando o hard rock. “Suadinha”, “A Despedida” e “A Vida é de Graça” foram as canções que mais se destacaram no repertório, colocando novamente a Vera Loca nas rádios FM’s de toda a região sul.

Conhecida em todo o cenário gaúcho a partir dos seus dois CD’s, o grupo realizou diversos shows até retornar ao estúdio, em 2008, para preparar o lançamento de “Vera Loca III”. O trabalho, que circulou com o videoclipe de “Velocidade”, levou a banda a fazer a sua primeira turnê pela Argentina. “Aos Meus Amigos” também despontou como outro destaque do álbum, mas foi por conta da excepcional “Borracho y Loco” – uma versão do clássico do rock argentino “Lamento Boliviano” – que a Vera Louca estourou. O seu videoclipe já conta com mais de quatro milhões de views no Youtube e virou até mesmo grito de guerra da torcida do Grêmio.

Com o seu nome em evidência, a Vera Loca foi uma das atrações do Planeta Atlântida 2011 e soltou, no ano seguinte, o seu quarto CD. “Parece que Foi Ontem” foi masterizado nos Estados Unidos, por Brian Lucey (The Black Keys e Liam Gallagher) e ficou marcado pela faixa “Cuidado Ana”, o principal destaque do material. Em 2014, a banda ousou e, no Theatro São Pedro, registrou CD e DVD “Vera Loca Acústico”. O projeto, que se tornou um grande sucesso, rendeu diversas temporadas de apresentações nos anos seguintes. No mesmo clima, a banda soltou em 2015 o CD e DVD “Ao Vivo”, gravado no Opinião.

O sétimo disco do Vera Loca, intitulado “A Certeza de Como Navegar Nesse Mar”, chegou às lojas e aos serviços de streaming em 2017. Já credenciada como uma das principais referências do rock’n’roll no Rio Grande do Sul, a banda conseguiu levar a turnê do álbum para outras capitais do país, como São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Curitiba. O primeiro single da obra, “Amanhã Pode Ser Bem Melhor”, contou com a participação especial de Humberto Gessinger e foi executada bastante em todas as rádios do Estado, assim como as novatas “Vai Buscar”, Pode Ser Pra Sempre” e “Todo Amor Que Cabe em Nós”.

Após 17 anos de estrada, a Vera Loca pegou os fãs de surpresa quando, em 2018, anunciou uma pausa nas suas atividades. “Nunca tivemos um tempo para cada um fazer as suas coisas ou se dedicar aos filhos. Muitas bandas acabaram por causa de brigas, o que não é o nosso caso”, explicou o vocalista do grupo, Fabrício Beck, em uma entrevista à Zero Hora. Depois de um período em que todos se dedicaram a paralelos e pessoais, a Vera Loca está de volta, para fazer uma turnê de retorno aos palcos no segundo semestre de 2019.

VERA LOCA
Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando: 7 de setembro, sábado, a partir das 21h
Abertura da casa: 19h30
Classificação: 14 anos

Ingressos:

Lote 1:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80

Lote 2:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100

Lote 3:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120

Lote 4:
Solidário (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140

* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.

Demais descontos:
* 50% para idosos: Lei Federal 10.741/03 – obrigatória apresentação de identidade ou documento oficial com foto.
* 50% para jovens pertencentes a famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto.
* 50% para pessoas com deficiência (e acompanhante quando necessário): Lei Federal 12.933/13 – obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Pontos de venda:

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência – somente em dinheiro): Multisom Iguatemi

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de taxa de conveniência – somente em dinheiro):
– Multisom Andradas 1001, Multisom Praia de Belas e Multisom Barra Shopping Sul
– Lojas Verse Andradas 1444 e Shopping Lindoia
– Online: www.sympla.com.br

Informações:
www.opiniao.com.br
www.facebook.com/opiniao.produtora
www.twitter.com/opiniao
(51) 3211-2838

Sobre Rock Gaúcho 2103 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.