VÓRTEX

Surgida na cidade de Tramandaí, por garotos que a princípio pensavam apenas em se divertir e tocar punk rock. Ao longo dos anos a Vórtex construiu um estilo próprio e marcante. Em 1999 foram convidados pelo selo Atitude Records, para participar da coletânea Punkadaria, cuja proposta era divulgar as novas bandas da cena gaúcha para o Estado. A partir desse trabalho, a banda tornou-se conhecida no cenário punk gaúcho e ganhou o destaque que poucas conseguiram. Em 2001 participaram da coletânea da Radio Ipanema FM que contou com bandas independentes que se destacaram na programação. No programa Tchê Rock, na rádio Transamérica, a Vórtex teve um dos maiores índices de execução na programação. A rádio investiu em festivais que rederam um público fiel à banda. A banda já fez abertura de vários shows de bandas conhecidas dentro e fora do Estado, como Tequila Baby, Replicantes e a banda Sueca Millencolin. Tocaram várias vezes em casas conhecidas como Opinião, Garagem Hermética e outros. No ano de 2002, a Vórtex concluiu o seu primeiro CD independente, que contou com a produção de Glauco Minossi, o técnico responsável por bandas como Tequila Baby e de outras do circuito rock gaúcho. As influências de Beatles, Ramones, Blink 182, Millencolin, MxPx, No Use for a Name, NOFX e uma série de outras que trouxeram à banda uma base forte para se posicionar e criar composições que ganham, cada vez mais rápido, fãs e elogios. No ano de 2004, com um som bastante diferente, mais experiência e outras abordagens, a banda lança o Single “Tanto faz”, que mostra muito bem os rumos que estão sendo seguidos. “Tanto faz” mostra o que mudou, e o que continua sendo Vórtex.

Contato:
E-Mail: [email protected]
Site: http://www.oficialvortex.com