Workshop de Circuit Bending no Farol, em Porto Alegre

Sobre Circuit Bending Tradicionalmente, a construção de objetos eletrônicos funcionais necessitava de um bom conhecimento de teoria e uma idéia bem clara do que você queria antes de pegar seu ferro de solda. David Tudor, Gordon Mumma e outros designers musicais dos anos 70 escantearam essas presunções. Sendo auto-didatas, eles tinham apenas fragmentos de conhecimento de teoria eletrônica e estavam menos preocupados em fazer as coisas apropriadamente do que fazer algo que soasse bem. Valorizavam o acaso e eram altamente receptivos a descobertas acidentais. Reed Ghazala colocou o acaso novamente à frente da prática eletrônica com sua defesa fervorosa do que chamou Circuit-bending: quando adolescente no final dos anos 60, Ghazala encontrou sons de interação acidental de circuitos: um amplificador aberto deixado em sua gaveta entrou em curto contra algum metal e começou a apitar. Após algumas experiências, Ghazala adicionou switches para que pudesse controlar os curtos, e o Circuit Bending nasceu. Público Alvo: Todas as pessoas interessadas em artes (compositores, músicos, artistas visuais, arquitetos, dançarinos) que pretendem conhecer o Circuit Bending e as técnicas de manipulação de instrumentos eletrônicos de baixa voltagem. Dia e horário: 12 de setembro, 13h às 19h.Local/Inscrições/informações: Farol – Observatório da Artes (R. Garibaldi, 872) – Porto Alegre – Telefone: (51) 3239 9921 Material individual necessário para a oficina: – pelo menos um disposivo eletrônico que emita sons, funcionando alimentado por bateria ou pilhas como: rádios, brinquedos, teclados, pedais de efeito -bateria ou pilhas para o dispositivo -uma bateria de 9v (não precisa ser alcalina) para montar o oscilador -clip para bateria de 9v -ferro de soldar de 15-30w com suporte -esponja vegetal para limpeza do ferro de solda- rolo de solda (azul) 60Sn-40Pb- alicates de qualquer tipo (atenção que vamos trabalhar com componentes pequenos) -chaves variadas (fenda, philips, estrela pequenas)- 3 circuitos integrados HEF40106- 3 foto resistores – LDR- 5 resistores de cada valor (1KOhm, 10KOhm, 100KOhm e 1MOhm)- 1 potenciômetro linear de 1MegaOhm- 5 capacitores cerâmicos de poliéster de cada valor (0.01 microfarad, 0.1 microfarad, 1 mi-crofarad)- 5 capacitores eletrolíticos de cada valor (1 microfarad, 10 microfarad, 100 microfarad), to- dos por 25 volts -jack de áudio P10 ou P2 – fio rígido para usar na placa de protótipos Opcionais: – sucatas eletrônicas diversas como: brinquedos quebrados, peças de computador, disco rígido, teclados de brinquedo.- outros valores de componentes citados acima. Coordenação & ministrante: Cristiano Rosa (Pan&Tone).mais informações: www.panetone.net

Sobre Rock Gaúcho 13654 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!