Yanto Laitano lança single “Ela Gosta de Garotas”

Depois do sucesso da “Orquestra de Brinquedos”, Yanto Laitano traz uma novidade. Trata-se do single “Ela Gosta de Garotas”, composto de uma forma totalmente diferente de tudo o que o músico já fez.

Os instrumentos foram gravados e recortados, e a música surgiu a partir de colagens. O toque final veio com os sons de videogame, da internet e de engenhocas como o “Speak & Spell” (brinquedo dos anos 70 que fala com voz de robô), que foram acrescentados.

“Gravar usando recortes, colagens e uma mistura mucho loca a la Frank Zappa e Beck, era algo que eu queria fazer há muito tempo”, conta o músico. “Curti tanto, que já estou pensando em fazer coisas novas nessa mesma onda.”

Yanto gravou os teclados, samplers, theremin e, pela primeira vez na vida, o baixo. A bateria ficou a cargo de Fábio “Musklinho” Bockorny (Ex-Bandalheira e TNT) e as guitarras, de Beto Chedid. A produção é assinada pelo próprio Yanto em parceria com Thomas Dreher, responsável também pela gravação, feita em seu lendário Estúdio Dreher.

A letra de “Ela Gosta de Garotas” trata de uma menina que precisa fugir de casa porque o pai promete matá-la ao tomar conhecimento de sua bissexualidade. A ideia surgiu a partir de uma história real que virou notícia na imprensa por conta de seu final trágico. O single, no entanto, ganhou um final feliz. “Prefiro assim”, diz Yanto, que viu a música nascer naturalmente, após ter lido a notícia no jornal. “Percebi que estava cantarolando a melodia o dia todo e, então, resolvi compor.”

“Ela Gosta de Garotas” está disponível no Soundcloud (também para download) e no Youtube.

Soundcloud: https://soundcloud.com/yantolaitano/ela-gosta-de-garotas/
Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=Q0wLCOF13Yw

Sobre Yanto Laitano

A carreira de Yanto Laitano teve início quando, aos oito anos, sua mãe percebeu o interesse do garoto por música e o matriculou numa escola de piano. Não demorou muito, e o pequeno músico já tocava suas próprias composições e montar uma banda.

Foi nos anos 90, porém, que Yanto deu início a sua profissionalização, ingressando no Instituto de Artes da UFRGS. Na mesma época, participou da criação das bandas Bili Rubina (rock) e Ex-Machina (música erudita de vanguarda), cujo primeiro álbum foi produzido pelo próprio artista, em 1998.

A partir de então, Yanto participou de inúmeros projetos e coleciona prêmios como autor de trilhas sonoras para filmes, documentários e peças de teatro e produtor de discos, especialmente de música erudita. Também participou da gravação de álbuns de diversos artistas, como Charles Master, Julio Reny, Nei Van Soria, Ultramen e Funkalister, e de eventos de arte, como o Encontro de Compositores Latinoamericanos (Emcopor) e Bienal do Mercosul, em Porto Alegre, e Bienal de Música Brasileira Contemporânea, no Rio de Janeiro.

Em 2001, passou uma temporada na Europa, estudando no Instituto de Pesquisa e Coordenação de Música e Acústica (Ircam), na França, e participando do Bartok Festival, na Hungria. De volta ao Brasil, retornou à Ufrgs, onde tornou-se mestre em música, em 2006.

Seu maior sucesso é a música “Meu Amor”, gravada em 2000 com a banda Bili Rubina e com ampla execução nas rádios do sul do Brasil. Um clássico do rock gaúcho, a faixa fez sucesso no Planeta Atlântida e no Big Brother Brasil 9, na Rede Globo.

Em carreira solo, lançou dois álbuns, “Nocaute” (2006) e “Horizontes e Precipícios” (2010). Seu projeto mais recente é a Orquestra de Brinquedos, um espetáculo infanto-juvenil em que soldadinhos de chumbo, interpretados pelos próprios músicos, tocam clássicos de artistas como Villa-Lobos, Lupicínio Rodrigues e Beethoven são tocados em instrumentos de brinquedo.

Fotos: Raul Krebs/Divulgação

Sobre Rock Gaúcho 13768 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!