Zica Latina: Entrevista exclusiva com Primo Loco, agente da banda

Depois de muito tempo, conseguimos a entrevista exclusiva com o agente da banda Primo Loco, como é conhecido. Nesta entrevista vamos procurar sanar muitas curiosidades sobre a banda, espero que os fãs gostem. Bem, vamos a ela.

Qual foi seu primeiro contato com a banda?
Primo Loco: Foi, quando o Willian me falou que tava com uma banda e tinha feito musicas de achacadas. Dali em diante, comecei frequentar a Zicaverna(casa do Lauro).

Como você se sente sendo o agente da banda?
PL: É engraçado, só fui descobrir depois que eles colocaram meu contato no final de um vídeo no youtube, como ‘Primo Loco Agente da Banda’ com meu telefone para contato. 

Como você vê o cenário atual do rock brasileiro?
PL: Para mim, não tá dos melhores. Tem surgindo muita banda que se diz que é rock e não passa de emos. Rock no Brasil que se salva são bandas mais antigas, principalmente nos anos 80 e algumas dos anos 90 e 00. 

Qual sua música preferida da banda? E por quê?
PL: Sentido da vida (Lógico). Além da nova versão com bateria mais pegada a música fico muito foda. Além disso, a música não tem sentido nenhum, isso a torna engraçada.

Como você lida com a questão da fixação por milhos, sempre comentada pelos integrantes da banda?
PL: HAHAHAHAH (Risos) Essa é uma brincadeira da banda, mas nunca vou esquecer no aniversário de um amigo nosso, que o Lauro falou aquilo, foi engraçado.

Todos sabemos que a banda possui um mascote, o Tonho… Como é dividir as glórias com um animal de pelúcia?
PL: Nenhum problema, fã mulher prefere o mascote que a mim, mas isso não é problema, cada um faz sua fama do jeito que for. Que alias não sou tão famoso como os integrantes da banda dizem.

E a final, porque ele usa um capacete?
PL: Vish, isso não sei explicar porque o uso do capacete. Nunca me veio à cabeça de perguntar pro Lauro ou Willian.

Conte-nos mais sobre o de onde surgiu o apelido primo loco?
PL: Cara, vou falar a verdade, até hoje nunca soube a razão desse apelido. Começou a pegar mesmo quando eu, Willian, Lauro, Guto e Billis fomos pra Capão da Canoa, que além disso, virou nome de uma bebida no capeta feito por mim, mandando ele colocar os ingredientes no copo.

Como é lidar com a fama?
AIUHAUHAAIUHA Tá, a gente sabe que não é famoso, não ganhamos dinheiro, nem (muitas) mulheres, mas faz parte da mágica da banda. A final, ‘Frango bom é frango morto”.

O que você acha que o futuro guarda para a zica?
Só o futuro dirá (Leia-se Willian, Lauro, Lacerda e Xedar), mas tomara que tenha um rumo bom, até porque as musicas não tem sentido nenhum, isso torna a banda uma promessa.

Alguma consideração final?
Queria agradecer principalmente meus amigos, que são vários, que não posso citar nomes que se faltar um sou um homem morto, ao infeliz que me colocou esse apelido, e principalmente a banda, que além de comandar, são meus amigos de bebedeiras, tragos etc…

A equipe RockGaucho.com agradece ao Primo Loco, pela atenção e dedicação a entrevista.

Sobre Rock Gaúcho 14180 Artigos
O portal Rock Gaúcho está há 15 anos levando o que há de melhor do rock feito no sul do Brasil para todo o mundo através da Web! Siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que acontece por aqui!